Crise no casamento: Competição entre cônjuges

A competição no casamento pode representar o fim da união, portanto é de grande importância refletir sobre como sair dessa postura destrutiva.

3,727 views   |   14 shares
  • A divergência de pontos de vista sempre existirá na relação amorosa, já que é composta por dois seres diferentes, com pensamentos e atitudes diversos. Claro que existem situações que não se pode ceder, tais como a que dizem respeito aos valores próprios. Questões assim devem ser discutidas com assertividade, esclarecendo ao cônjuge a impossibilidade de agir conforme a vontade dele. Mas o grande problema é a falta de compreensão que transforma simples conflitos em competição pela qual ambos desejam ter razão e não abrem mão disso.

  • Assim, se você tem sentido que seu cônjuge compete o tempo todo com você, desejando menosprezar suas atitudes seja no trabalho ou em casa, leve em consideração os itens abaixo.

  • 1- Autoconhecimento

  • Diante de um conflito a primeira coisa a se fazer é analisar a própria postura na situação e isso também exige autoconhecimento. Trata-se de uma análise muito particular e sincera pela qual você busque realmente perceber se existe em você e em suas atitudes algo que provoque a competição no seu cônjuge. Caso consiga detectar isso é preciso que você se empenhe em mudar, em agir diferente e buscar uma relação mais pacífica.

  • 2- Compreensão do outro

  • Deixando a mágoa de lado é possível iniciar um caminho de compreender o que faz o seu cônjuge querer competir com você. Por que ele acha que tem que lutar por ser ou se sentir melhor? Pode ser que o problema não tenha a ver com você, pode ser que exista algo no passado dele que o faça sentir-se inferior. Você só vai conseguir compreender o que passa com ele e como lidar com isso a partir de uma conversa franca e, em muitos casos, com a ajuda de um profissional.

  • 3- Sabotagem

  • Mas caso a situação chegue a ponto de seu cônjuge, consciente ou inconsciente, passar a atrapalhar as suas atividades, sabotando seus planos, você terá que buscar uma maneira mais efetiva de gerenciar essa situação. Acredite que de nada adiantará aceitar o jogo da competição e assumir junto a seu cônjuge uma postura destrutiva. Você terá que ser muito paciente e atenciosa, primeiro para aceitar as dificuldades de seu cônjuge, segundo porque você terá que tomar alguns cuidados, do tipo de evitar comentários que possam instigar o espírito competitivo dele.

  • 4- Admiração

  • Foque nas qualidades de seu cônjuge; treine seus olhos para enxergar o que ele faz e você admira nele. Um casal em crise costuma dar prioridade aos aspectos negativos do cônjuge; saia desse patamar, lembre-se do quanto você já admirou seu cônjuge e queira resgatar isso. Roberto T. Shinyashiki no livro Amar pode dar certo escreveu: "O elogio verdadeiro e a capacidade de admirar o parceiro tendem a apagar os resíduos do passado e ajudam a tomar consciência de que a realidade de hoje é completamente diferente da situação vivida no passado".

  • Advertisement
  • A competição afasta o amor, enquanto a colaboração o amplia e edifica!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Crise no casamento: Competição entre cônjuges

A competição no casamento pode representar o fim da união, portanto é de grande importância refletir sobre como sair dessa postura destrutiva.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr