5 dicas de fotografia para iniciantes

A arte de fotografar vai muito além do simples pressionar de um botão e não é uma tarefa tão fácil quanto parece. Este artigo apresenta cinco dicas básicas para melhorar suas fotos.

6,063 views   |   26 shares
  • Fotografia é uma arte apaixonante. Não é à toa que as câmeras digitais se multiplicam em bolsos e bolsas de todo tipo. Nunca tanta gente clicou ao mesmo tempo. Bem diferente da época em que tive meu primeiro contato com fotografia, quando o universo dos leigos convivia com câmeras que eram pequenos tijolos cujo disparador fazia um ruidoso "clact" mecânico, usavam filme de 126 mm e flashes cúbicos com quatro pequenos bulbos de vidro preenchidos com um tipo de "bombril" que se queimava ao ser disparado. As fotos, impressas em papel fotográfico, só eram vistas após submeter o filme a um dispendioso e demorado processo de revelação que poderia demorar semanas para quem dependia dos laboratórios dos fabricantes. Não sinto saudade nenhuma daquele tempo.

  • Uma das muitas grandes vantagens da fotografia digital é permitir aprender com os próprios erros instantaneamente. Saiu ruim? Apaga e tenta de novo. Mas muita gente não tem noção do que pode ser melhorado numa fotografia, por isso vive repetindo erros básicos. Neste artigo pretendo mostrar alguns desses erros e como evitá-los.

  • 1. Enquadramento

  • Ao fotografar pessoas, um dos erros mais básicos é colocar a cabeça do fotografado no centro da imagem, deixando um vazio acima dela. Isso gera o inconveniente de deixar de mostrar uma parte maior da pessoa e criar uma área inútil na foto. Ou, também, colocar-se muito distante da pessoa resulta numa foto cheia de nada com uma pessoinha no meio. Se o assunto da imagem é o fotografado, ele deve predominar sobre qualquer outra coisa, portanto aproxime-se bem dele e faça o alto de sua cabeça beirar a borda superior da foto, como neste exemplo.

  • Só se justifica deixar áreas vazias acima da cabeça ou dos lados quando a intenção é criar uma composição onde o fotografado é parte da cena, e não o assunto dela, como neste caso.

  • 2. Pra quê flash?

  • Há situações em que ele pode atrapalhar mais do que ajudar, pois uma das coisas mais complicadas na fotografia é aprender a usá-lo corretamente.

  • A primeira coisa a se ter em mente é o alcance do flash de sua câmera e a necessidade de respeitar esse limite. O manual da máquina informa a que distância máxima você pode ficar do assunto sem correr o risco de a foto sair escura. Perto demais também não pode, pois a foto pode sair "queimada".

  • Advertisement
  • Um bom exemplo de mau uso do flash são eventos como shows e outros. Normalmente esses locais já são suficientemente iluminados para dispensar o flash, como quando há pessoas no palco (veja este exemplo). Se você estiver no meio de uma plateia, usar flash só fará iluminar a cabeça das pessoas à sua frente e poderá deixar todo o resto escuro. O mesmo vale para eventos noturnos ao ar livre, estádios, etc.

  • 3. Cadê o flash?

  • Engana-se quem pensa que só se usa flash em ambientes escuros. À luz do dia ele pode salvar uma foto quando houver contraluz (luz por trás do objeto), como neste exemplo. Ligue o flash para compensar essa luz em sentido contrário ou a foto mostrará apenas a silhueta da pessoa, como neste caso.

  • 4. Atenção ao fundo

  • A escolha do que aparece em segundo plano é tão importante quanto a do que aparece em primeiro. Se sua intenção é destacar o assunto da foto, evite fundos que roubem atenção dele, como cores vibrantes, linhas e outros objetos que possam interferir ou tirar a atenção do assunto. Se sua câmera tiver zoom, você pode aplicar um zoom no assunto de modo a desfocar o resto, como neste exemplo.

  • 5. Fazer curso ou não fazer curso? Eis a questão

  • Eu não seria tolo o bastante para desaconselhar fazer curso(s) de fotografia, mas, se minha experiência servir para alguma coisa, digo que isso não é imprescindível. Se um curso desses não cabe na sua agenda ou no seu bolso (ou em ambos), eis dois conselhos úteis:

    • Felizmente não estamos mais na era do filme fotográfico, portanto não tenha medo de errar. Aprenda com seus erros. Experimente. Um dos segredos da fotografia é a tentativa e erro. Até os profissionais erram e aprendem com isso.

    • Leia o manual de sua câmera de capa a capa para saber tudo de que ela é capaz, depois explore seus recursos e experimente todas as configurações possíveis. Isso lhe dará uma boa noção dos limites dela ? e dos seus também.

  • Advertisement
  • Há muitíssimo mais a ser dito sobre o básico da fotografia do que cabe neste artigo. E o que não faltam são artigos e tutoriais facilmente localizáveis com a ajuda de São Google. Divirta-se!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Marcelo Todaro é paulistano radicado em Itajaí/SC, SUD, fotógrafo profissional e bacharel em Sistemas de Informação.

Website: http://www.todarophotowork.com

5 dicas de fotografia para iniciantes

A arte de fotografar vai muito além do simples pressionar de um botão e não é uma tarefa tão fácil quanto parece. Este artigo apresenta cinco dicas básicas para melhorar suas fotos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr