Como Nicole ensinou-me a encontrar alegria na jornada

Uma amiga diagnosticada com câncer que tem lutado para ajudar aqueles que a apoiam nessa luta a encontrar alegria nessa jornada.

1,911 views   |   2 shares
  • Nicole é minha amiga, tem 42 anos e três filhos. Ela é uma pequena mulher latina entusiasmada, que por acaso tem câncer de mama. Nicole faz da vida uma piada.

  • Ela foi diagnosticada há dois meses, quase que imediatamente passou por uma mastectomia dupla e agora está passando por oito rodadas de quimioterapia que será seguida pela radiação. Por tudo isso, ela tem impulsionado seus parceiros na luta! Aqui está um exemplo das ferramentas que ela usa para entreter as tropas da Equipe de Nicole:

  • Ela canta e dança

  • No Natal ela dançou ao redor da sala de estar com sua filha de seis anos de idade e eu cantando, "Tudo o que eu quero para o Natal são os meus dois peitos na frente!" Eu aplaudo a atitude dela. Ela sabe que é mais do que apenas seus seios. Ela nos colocou todos à vontade.

  • Ela compartilha

  • Quando seu cabelo começou a cair, ela raspou a cabeça, mas não completamente em primeiro lugar. Ela fez seu doce marido, Rick, cortar seu cabelo no estilo moicano, o qual naturalmente tingiu primeiro de rosa. O que mais? Ela fez disso um evento familiar onde até mesmo foram tiradas muitas fotos. Ela fala com as pessoas a respeito do seu câncer.

  • Ela serve

  • Ela continua a servir ao próximo em abundância. Ela não tem tempo para a autopiedade e procura sempre pelas oportunidades de cuidar das pessoas que ama. Sou a beneficiária de muito de sua caridade e bondade.

  • Ela tem fé

  • Nicole não duvida. Ela não duvida do amor de Deus por ela e não gasta horas perdendo seu tempo em perguntar por que isso lhe aconteceu. Ela continua a orar, a acreditar, a estudar e a crescer como ser humano.

  • Ela não é mártir

  • Ela se permite receber o que as pessoas lhe dão. Ela entende que isso irá ajudá-las através de sua provação. Ela não se afasta das pessoas porque entende que não trouxe isso para si mesma. Ela vai à manicure - com fitas cor de rosa. Ela brinca com perucas e maquiagem.

  • Para ela, suas atividades são as costumeiras

  • As rotinas são ainda seguidas, com episódios intermitentes de espontaneidade. Seus animados filhos já estão em pé às 5h30 da manhã e ela está lá com eles. Ainda há tempo para a família, noite para o namoro e natação na ACM.

  • Ela continua a crescer

  • Sabendo que clinicamente está em boas mãos e que seu futuro parece brilhante, ela continua a crescer e a aprender. Ela aprendeu recentemente a fazer tricô.

  • Não há morbidez ou tristeza aguda em sua casa. Trata-se apenas dos afazeres costumeiros com a interrupção ocasional de um procedimento médico. Há amor e alegria e muito ensinamento acontecendo por lá. Seus filhos são felizes, saudáveis e esperançosos.

  • Advertisement
  • Nicole é um brilhante exemplo da expressão, "Aconteça o que acontecer... Aprecie." Coisas acontecem em nossa vida que nunca esperamos que aconteçam. Há uma infinidade de maneiras de lidar com elas. Espero que não importe o que ocorra no meu caminho, serei forte o suficiente para ficar na equipe da Nicole.

  • Traduzido e adaptado por Ana Maria Castellano do original How Nicole taught me to find joy in the journey, de Rebecca Rickman.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Becky Lyn is an author and a 35+ year (most of the time) single mom.

Website: http://www.beckytheauthor.weebly.com

Como Nicole ensinou-me a encontrar alegria na jornada

Uma amiga diagnosticada com câncer que tem lutado para ajudar aqueles que a apoiam nessa luta a encontrar alegria nessa jornada.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr