Como superar uma criança rebelde juntos

Dificuldades para lidar com crianças são normais, mas algumas exigem muito mais dos pais. O que fazer se você tem uma dessas?

12,464 views   |   39 shares
  • Conviver com uma criança difícil requer, naturalmente, paciência, mas só isso não resolve. Precisa ter, também, uma boa dose de coerência, disciplina e objetividade. Com a autoridade e amor paternos, somos capazes de enfrentar corretamente as situações provocadas por uma criança rebelde ou de convivência mais desafiadora.

  • Tive uma. Minha filha, quando criança, deu-nos muito trabalho. Criança rebelde já nasce assim e vai manifestando isso à medida que cresce. É preciso saber lidar bem com ela para não rotulá-la e criar preconceitos que, na maioria das vezes, está muito mais na cabeça dos pais.

  • Descrevo alguns passos que me ajudaram a passar por essa fase, que creio, pode ajudar quem está ainda, ou entrando, nela.

  • Avalie a si mesmo

  • Preste sempre atenção como você está se sentindo a cada dia. Se está bem, enfrente a situação que a criança está provocando, caso contrário, não. Não se preocupe se ela vai achar que ganhou. Isso é apenas um recuo estratégico. Funciona.

  • Imagine uma situação em que sua diarista faltou e a casa está imunda, exigindo que você a limpe. Em meio a tudo isso, seu filho está mais rebelde do que nunca, desobedecendo e desarrumando o que não devia. Aja com cautela. Não se deixe levar pela emoção. Se o fizer, sob stress, o resultado sempre será danoso na sua relação com o filho.

  • Olhe o comportamento, observe o temperamento

  • Mantenha a calma e observe a maneira como a criança está se portando. Pergunte-se: Já vi isso antes? Tenho uma ideia disso? Esse é o padrão de comportamento dela? Perceba a diferença entre o comportamento e o temperamento. Todos somos diferentes, quando adultos. E isso começou na infância. Não há problema algum aqui. Considerando que seja o temperamento, sugiro assumir uma atitude de compreensão e entendimento, ao invés de castigá-la.

  • Avalie a importância

  • Nem todas as situações-problema que a criança apresentar são realmente dignas de toda a atenção. Se percebeu que o comportamento é não relevante, não ligue. Deixe passar e siga em frente. Não crie pressão além do necessário. Lembre-se que o adulto é você e lhe cabe o controle e a avaliação de cada situação.

  • Castigue, quando necessário

  • O castigo eficaz é seu maior e melhor instrumento para enfrentar um comportamento relevante. As regras foram dadas e, se quebradas, a criança deverá receber a penalidade correspondente. É a lei. Claro, se houver tempo ou condição para uma advertência, faça. Se não, castigue-a rapidamente mandando-a para o seu quarto e/ou retirando privilégios. Se a criança, por exemplo, jogou o copo no chão, diga: Você sabe que não deveria jogar o copo no chão, por isso vá para seu quarto. Se ela não for, pegue-a pelo braço e leve. Não negocie. Seja firme.

  • Advertisement
  • Lembre-se que essa é uma fase que precisa ser bem conduzida. Preste bem atenção na diferença entre comportamento e temperamento. Essa é a chave. A vida adulta está cheia de exemplos de crianças rebeldes que se tornaram adultos normais e mesmo exemplares. Contam os historiadores de Winston Churchillque ele era uma criança birrenta, briguenta, bem desobediente e com notáveis dificuldades de aprendizagem, o que fazia com que todos previssem para ele uma história de fracassos. Bem, a sua vida adulta provou o contrário.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Irineu dirige uma empresa de recursos humanos que presta serviços na área educacional para escolas e faculdades, em Curitiba/PR. Pratica corrida de rua, diariamente.

Como superar uma criança rebelde juntos

Dificuldades para lidar com crianças são normais, mas algumas exigem muito mais dos pais. O que fazer se você tem uma dessas?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr