Como lidar com o ciúme do irmão em relação ao novo bebê

Compreenda o mau comportamento do seu filho, causado pelo ciúme do novo irmãozinho. Saiba como lidar com essa situação.

2,491 views   |   5 shares
  • O medo de perder a atenção e o amor dos pais é a maior razão do ciúme do irmão em relação ao novo bebê. Esse ciúme é normal. As reações das crianças variam de acordo a sua faixa etária.

  • Segundo este site, as crianças entre 18 e 24 meses têm "muita dificuldade de compreender e aceitar a chegada de um irmão", pois estão descobrindo o medo da separação. As de 3 anos podem ter uma adaptação difícil, por associar a chegada do bebê com o ingresso na pré-escola. Pensam ser o bebê o culpado pelo afastamento de perto da mãe. As crianças entre 4 e 5 anos aceitam um pouco melhor, já que compeendem o que está acontecendo, além de que são mais capazes de fazer as coisas sozinhos, dependendo menos da mãe. As crianças de 6 anos geralmente encaram positivamente a chegada do irmãozinho, "assumindo mesmo o papel de irmão mais velho".

  • Esse ciúme pode manifestar-se por meio de:

    • Agressividade;

    • Irritabilidade;

    • Preguiça;

    • Tiques, como roer unhas;

    • Birras;

    • Regressão, como voltar a fazer xixi na cama, querer comida na boca;

    • Pesadelos, que ocorrem normalmente quando não podem verbalizar seus sentimentos;

    • Distanciamento da mãe e do bebê.

  • Veja como lidar com o filho enciumado:

  • 1. Prepare-o para a chegada do irmãozinho

  • Conte coisas sobre quando ele era bebê, mostrando-lhe fotos. Envolva-o na compra do enxoval e em outros preparativos. Converse sobre os cuidados que o bebê precisará e sua rotina.

  • 2. Compre um presente bem legal para dar-lhe na chegada da maternidade

  • Pode dizer que é um presente do irmãozinho para ele.

  • 3. Envolva-o nos cuidados do bebê

  • Pergunte se ele gostaria de ajudar. Não o force.

  • 4. Evite mudanças

  • Principalmente na rotina dele. Quanto menos mudanças forem feitas, melhor. Não tire-o do lugar em que dorme ou faça mudanças radicais no seu quartinho para acomodar o bebê.

  • 5. Dê-lhe tratamento e atenção inividual

  • Aproveite que o bebê dorme quase o dia todo e dê-lhe bastante carinho e atenção.

  • 6. Evite comparações

  • Em vez disso, expresse o apreço pelas qualidades individuais que os tornam únicos.

  • 7. Mostre-lhe as vantagens de ser mais velho

  • Advertisement
  • Diga-lhe o que ele pode fazer, que o irmãozinho não pode, como ir ao cinema, andar de bicicleta, brincar no parquinho.

  • 8. Oriente os parentes e amigos a darem-lhe mais atenção

  • É bastante comum que tudo gire em torno do recém-nascido, como as visitas, os assuntos, os presentes, e o outro filho acaba sentindo-se abandonado e triste.

  • 9. Não deixe que os problemas que ele está causando vire assunto

  • Esse é o objetivo dele, chamar atenção. Seja indiferente ao seu mau comportamento. Trate sobre esse assunto quando ele não estiver por perto.

  • 10. Faça comentários que estimule a ligação afetiva entre eles

  • Diga coisas como: "Veja como ele te olha! Ele gosta muito de você!" ou "Tenho certeza que ele não vê a hora de crescer para poder brincar com você."

  • 11. Não o impeça de abraçar, beijar ou pegar o bebê no colo

  • Pelo contrário, incentive essa aproximação. Muitos pais temem que o irmão enciumado machuque o bebê. Fique por perto cuidando, e tudo estará bem.

  • 12. Permita que ele expresse seus sentimentos

  • Não o censure. Mostre compreensão pelo ciúme que sente.

  • Segundo a psicoterapeuta Marilena H. Teixeira Neto, "quando essa fase se estende muito, pode ameaçar o equilíbrio da personalidade infantil, levando a distúrbios, como: sinais de ambivalência e indecisão, dificuldade em tarefas que exijam capacidade de abstração ou chegar a conclusões com clareza. Como característica do comportamento desse irmão ciumento, pode surgir o oposicionismo que é dirigido contra os pais."

  • Seja sábio ao lidar com seu filho. Não faça ou fale nada que intensifique seu ciúme. Ao usar de sabedoria você estará criando um ambiente de amor fraterno e de saúde emocional.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Como lidar com o ciúme do irmão em relação ao novo bebê

Compreenda o mau comportamento do seu filho, causado pelo ciúme do novo irmãozinho. Saiba como lidar com essa situação.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr