Um marido casado há mais de 30 anos revela 5 chaves para um casamento duradouro e feliz

À medida que o tempo passa, a tendência natural é que ocorram mudanças no casamento. Fica, no entanto, na mão de cada um dos cônjuges, a capacidade de fazer com que essas mudanças sejam para melhor. Tive uma época em minha vida que entrevistei mu

43,435 views   |   76 shares
  • À medida que o tempo passa, a tendência natural é que ocorram mudanças no casamento. Fica, no entanto, na mão de cada um dos cônjuges, a capacidade de fazer com que essas mudanças sejam para melhor.

  • Tive uma época em minha vida que entrevistei muitos casais casados de diferentes faixas etárias e tempo de relacionamento. Foi uma experiência extraordinária pelo conhecimento que adquiri para meu próprio casamento.

  • Gostaria de compartilhar esse conhecimento como uma forma, principalmente, de ajudar casais mais novos que estejam iniciando a grande caminhada, a dois, do casamento.

  • 1. Dividir as tarefas

  • No casamento, com o passar dos anos, algumas determinadas ações são assumidas especificamente por um dos cônjuges. Um cuida do café da manhã, de jogar água no jardim, de trocar o gás; o outro, de repor a água no bebedouro, de levar o cão para passear etc. Essas tarefas que parecem apenas rotina propriamente dita, na prática, alimentam a segurança e inspiram confiança no relacionamento. Esse trabalho em conjunto, em equipe, acaba fortalecendo o casamento. Descubra sua parte e a pratique, regularmente.

  • 2. Não guardar ressentimentos

  • Conflitos, desencontros de ideias ou formas diferentes de abordagens são normais e mesmo aceitáveis na junção de duas pessoas que carregam personalidades e passados diferentes. É natural. A questão primária não é como parar os desentendimentos nem resolvê-los sumariamente, mas aprender e desenvolver a maneira de como conduzi-los. Certa vez, uma esposa me disse: “Eu valorizo muito mais o que ele representa para mim, como um todo, do que o que ele me disse num momento de tensão. No final do dia, dou a mão para ele e oramos juntos”.

  • 3. Ficar receptível às mudanças do outro

  • Os anos chegam, perspectivas se deslocam, incidentes de percurso ocorrem e, naturalmente, os cônjuges mudam. O desafio aqui não é lidar com as suas mudanças, mas com as mudanças de seu cônjuge. Não casamos com uma pessoa estática, insensível às variações intempéries da vida. Os cônjuges mudam com o passar do tempo. E não me refiro aos aspectos físicos, apenas. Por isso, precisamos regularmente desenvolver nossa capacidade de readaptação de um ao outro. Um esposo me confidenciou: “Fico feliz pelo crescimento da minha esposa, por sua maturidade. E isso tem refletido positivamente em mim”.

  • 4. Não desenvolver o domínio

  • Ninguém é dono de ninguém. Não se comprou, ao casar, o direito de “posse” do outro. Quanto mais cedo esse entendimento surgir, maiores serão as chances de ter um casamento bem sucedido. O objetivo não é ficar puxando um ao outro, mas correrem de mãos dadas. Não se dê mais importância do que é. Ao contrário, busque valorizar seu cônjuge. Quando isso é amplamente aceito e trabalhado numa vida a dois, o crescimento é completo e conjunto.

  • Advertisement
  • 5. Valorizar a vida sexual

  • Mesmo considerando que num bom casamento deve-se preservar qualidades como a amizade e o respeito, não se pode esquecer a importância da vida sexual. Veja sua própria esposa ou esposo como a mais linda ou lindo de todos. A fidelidade é fundamental, pois ela renova e sinaliza constantemente o amor. Seja carinhoso (a). Faça com que seu cônjuge sinta que sua forma de amá-lo o faz sentir-se o mais belo, querido e desejado de todos.

  • Uma das construções mais belas, empolgantes e capazes de nos tornar pessoas melhores é uma vida a dois. É o melhor investimento que podemos fazer. Ele produz o verdadeiro lucro da vida: a felicidade.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Irineu dirige uma empresa de recursos humanos que presta serviços na área educacional para escolas e faculdades, em Curitiba/PR. Pratica corrida de rua, diariamente.

Um marido casado há mais de 30 anos revela 5 chaves para um casamento duradouro e feliz

À medida que o tempo passa, a tendência natural é que ocorram mudanças no casamento. Fica, no entanto, na mão de cada um dos cônjuges, a capacidade de fazer com que essas mudanças sejam para melhor. Tive uma época em minha vida que entrevistei mu
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr