Problemas de comportamento em casa e na escola

Problemas de comportamento em crianças e adolescentes geralmente têm como raiz conflitos familiares e emocionais. Por isso, leve a sério se o seu filho estiver agindo de forma agressiva em casa e na escola.

46,505 views   |   242 shares
  • Estudos sobre mau comportamento escolar mostram um fato preocupante: a educação do lar pode ser o fator principal. Afinal, as crianças refletem socialmente a maneira como lidam dentro de suas casas. No entanto, muitos pais ainda acreditam que a escola tem o dever de educar, quando na verdade ela tem o dever de ensinar.

  • A relação entre família e escola

  • Estudos apontam que as primeiras relações vividas pela criança na família implicam no processo escolar. Por isso, a importância de os pais se relacionarem com a escola. Para que, de certa forma, eles também sejam “educados”, obtendo informações sobre o aprendizado do filho, sobre as atividades que a escola promove e, principalmente, aprendendo a participar da vida escolar do filho, e o estimule a estudar e participar dessas atividades. É importante que os professores também saibam a respeito de alguns pontos da vida familiar dos alunos, para que possam lidar com cada um de forma individual e particular em sala de aula, mas ainda, possam entender o que se passa na cabeça da criança e orientar os pais, se possível.

  • Tipos de mau comportamento

  • Exemplos de mau comportamento em sala de aula estão ficando cada vez mais comuns. Casos extremos têm sido constantemente apresentados na mídia, mas não é somente com os casos extremos que as pessoas precisam se preocupar, afinal, atitudes agressivas e rebeldes em crianças e adolescentes quase sempre denotam problemas emocionais, e se eles não forem cessados, a tendência é que se agravem. Tais comportamentos podem ir desde:

    • Uma simples rebeldia, em que aluno não quer participar das aulas e se isola dos colegas.

    • Quando o aluno passa a desafiar o professor ou os alunos.

    • Ou ainda, a partir do momento que o estudante acredita que o único meio de resolver seus problemas é partindo para a agressão verbal e física.

  • Todos esses problemas, no entanto, mostram que o aluno está sofrendo emocionalmente, e é quando pais e mestres precisam tomar alguma atitude para que os problemas não se agravem ou não gerem consequências mais sérias depois.

  • Por que do mau comportamento

  • Alguns problemas de mau comportamento podem ser resolvidos pelos próprios professores ou pela instituição de um modo geral, de acordo com este artigo, já que em muitos casos, o aluno não está sofrendo necessariamente de problemas emocionais. Existem casos muito comuns de alunos que sofrem de hiperatividade, déficit de atenção ou têm energia em excesso. Nesses casos, os próprios professores normalmente já são informados sobre métodos de lidar com tais comportamentos.

  • Advertisement
  • O problema é quando a criança não sofre de nenhum desses problemas e, mesmo assim, age de forma inadequada em sala de aula e em casa. Muitas dessas crianças:

    • Acompanham a violência dentro de suas casas.

    • Convivem com amigos violentos ou que se comportam mal.

    • Comportam-se mal porque querem chamar a atenção, já que não a tem dos pais.

    • Sofrem bullying na escola.

    • Estão passando por conflitos de idade.

    • Estão passando por outros problemas psicológicos.

  • O que fazer

  • A primeira atitude a se tomar diante de um mau comportamento de uma criança ou um adolescente é analisar se tal atitude não é uma característica natural da idade. Muitos pais se desesperam porque o filho passou a ser mais teimoso ou fazer mais birras. Mas em determinadas idades é normal que a criança ou o adolescente aja dessa forma, até mesmo na escola. O que não significa que os pais devam ser permissivos e ignorar tais atitudes. Eles devem orientar e corrigir os filhos para que eles não acreditem que atitudes assim são aceitáveis.

  • O que pode se caracterizar como transtornos sérios, de fato, é a prolongação ou o agravamento do problema. Ou seja, se a criança está demorando demais para “melhorar” ou se as atitudes estão ficando mais constantes e sérias é sinal de que algo não vai bem. Então, os pais precisam urgentemente procurar um meio de descobrir as causas de seus problemas, bem como maneiras de solucioná-los.

  • E claro, os pais, bem como os professores, precisam aproximar-se sempre das crianças ou adolescentes com o intuito de conhecê-los e procurar entender seus conflitos. E antes de julgá-los por suas atitudes, devem tentar identificar a raiz do problema, para que ele não permaneça enraizado, ou não gere efeitos mais sérios no futuro. 

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

Problemas de comportamento em casa e na escola

Problemas de comportamento em crianças e adolescentes geralmente têm como raiz conflitos familiares e emocionais. Por isso, leve a sério se o seu filho estiver agindo de forma agressiva em casa e na escola.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr