Como evitar que seu primeiro filho a deixe maluca

Conversa para gestantes e mães de primeira viagem, dicas de sobrevivência super úteis para evitar que o primeiro filho a deixe maluca.

1,214 views   |   shares
  • Todas as mães já foram em algum ponto, uma mãe de primeira viagem. As famosas mães de primeira viagem, geralmente, sofrem mais emocionalmente ao lidar com seu bebê. Isso porque entram em desepero por qualquer coisa, sentem-se incapazes ou despreparadas, assustam-se com o peso da responsabilidade, tem uma preocupação, e às vezes, exagerada em relação ao bem estar do bebê e tudo isso enquanto ainda estão se adaptando às mudanças no próprio corpo e tentando não entrar em depressão. É uma experiência maravilhosa, mas também desafiadora.

  • Em muitos casos só o tempo ajuda as coisas a voltarem ao eixo. De qualquer forma, seguem algumas dicas que podem ajudar:

  • 1. Saiba antes do bebê nascer que, muito provavelmente, a sua rotina de sono entrará em colapso. Estar consciente com antecedência permite se preparar psicologicamente. Os recém nascidos dormem bastante, mas bem picadinho, você terá que atendê-lo várias vezes durante as madrugadas e geralmente não conseguirá compensar de dia. Não se preocupe, apesar de sentir o contrário, ninguém morre de sono, você vai sair bem dessa!

  • 2. Não entre em pânico cada vez que o/a bebê chorar

  • O choro é a forma dele(a) se comunicar, mas normalmente não é sinônimo de sofrimento. É claro que, eventualmente, ele vai chorar para avisar que não está bem, mas na maioria das vezes, eles só querem: leite, colo, trocar a fralda, dormir ou mesmo conversar, um pouco de atenção. Procure não entrar em um estado de tensão quando ele/ela estiver resmungando ou manhando. Você conseguirá raciocinar e ajudar melhor se estiver calma.

  • 3. Encontre um bom pediatra

  • Ter o acompanhamento de um profissional em quem confiamos e temos um bom relacionamento é vital para tirar as milhares de dúvidas e se tranquilizar. É importante que o/a pediatra dê a devida atenção ao que você pergunta, que explique bem, seja facilmente achado (com horário de atendimento amplo), que passe o número e atenda ao celular quando você precisar.

  • 4. Tenha contato e convívio com outras mães com bebês de idade parecida ao do seu/sua

  • Ver como outras pessoas lidam com as mesmas experiências é útil, pois você consegue outros ângulos de sua realidade. Contar suas histórias e desabafar com quem passa por coisas parecidas também ajuda a se sentir melhor. Não fique isolada, procure amigas!

  • 5. Arranje um tempo para si mesma

  • Os filhos(as) exigem muito de nós, mas assim como ninguém tira água de uma fonte seca, precisamos reabastecer as energias para ter o que doar. Lembre-se de fortalecer seu casamento, de se exercitar, de se alimentar bem, de passear, de se arrumar e de fazer as coisas que gosta de vez em quando. Afinal, estar bem é primeiro passo para cuidar bem de seu bebê.

  • Advertisement
  • Agora, esteja preparada para aproveitar toda a fofura de seu anjo sem se descabelar!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Suzana A. Ribeiro é autora dos livros: O Elo Forte, uma história contada por quatro gerações, Um Sonho Distante, o que existe além da memória e está escrevendo o terceiro volume da série.

Website: http://escritorasuzanaribeiro.blogspot.com.br/

Como evitar que seu primeiro filho a deixe maluca

Conversa para gestantes e mães de primeira viagem, dicas de sobrevivência super úteis para evitar que o primeiro filho a deixe maluca.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr