Dicas de como elogiar sabiamente seus filhos

O excesso de elogios pode não fazer tão bem aos filhos quanto se imagina. Veja quando o elogio pode atrapalhar ao invés de ajudar.

4,752 views   |   6 shares
  • Um estudo realizado há alguns anos apontou um resultado um tanto inusitado: elogiar demais uma criança pode atrasá-la, ao invés de estimulá-la. A pesquisa foi tema de uma matéria publicada em 2007 pela Revista Época (clique aqui para ler a matéria na íntegra), que explica dois tipos de elogios. Um pode fazer muito bem, enquanto o outro pode se reverter em cobrança. Então a questão é: como elogiar?

  • Evitar rótulos

  • Segundo a pesquisa publicada pela Revista Época, quando se elogia a pessoa ao invés da postura dela diante de uma situação, você está afirmando que ela é daquele jeito e não pode mudar. Um exemplo é quando alguém ouve constantemente que é inteligente. Essa pessoa acredita que não pode nunca errar, então, muitas vezes evita situações um pouco mais difíceis com medo de não parecer inteligente. Não que haja problemas em chamar alguém de inteligente. O problema são os excessos.

  • Seria mais prudente elogiar a criança pelo esforço. Por exemplo: “Parabéns por você ter tirado uma nota tão boa, você se esforçou muito”, e não “você é muito inteligente, sempre tira boas notas”. Se o segundo caso for mais frequente, imagine a frustração de uma criança quando ela não tirar uma nota tão boa. Ela pode se sentir fracassada.

  • Não incentivar a competição

  • Muitos pais incentivam que os filhos sejam melhores do que os outros. Eles nem imaginam o mal que estão causando aos filhos, que vão passar a vida tentando superar os outros, e sempre encontrarão pessoas mais bonitas, mais inteligentes, mais ricas. Pelo menos é isso que vão acreditar, por estarem sempre se comparando aos outros. Ao invés de dizer ao filho “seja o melhor aluno da turma”, um bom conselho seria dizer “filho, procure sempre fazer o seu melhor”.

  • Você percebe a diferença? Na primeira frase, o filho é estimulado a usar outras pessoas como parâmetro para superá-las, e a competição será sempre sua arma para buscar prestígio dos outros. Já na segunda frase, os pais estarão incentivando o filho a se esforçar para buscar satisfação pessoal dentro do seu limite, por isso raramente se sentirá frustrado. O que não impede que os pais incentivem o filho a usar outra pessoa para tê-la como exemplo de sucesso. Mas daí não é uma questão de disputa, e sim de incentivo. Diga ao seu filho que não existem pessoas mais bonitas ou mais inteligentes, por exemplo, mas sim com aparências e habilidades diferentes, e que todas são importantes para a sociedade.

  • Advertisement
  • Ou seja, elogiar faz muito bem para os filhos. Só tome cuidado como, quando e quanto elogiar. Tomando esses cuidados, esbanje amor e carinho, afinal, o mundo está carente demais de afeto. E nossos filhos são um grande presente de Deus, não é mesmo? Então vamos cuidar bem deles.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

Dicas de como elogiar sabiamente seus filhos

O excesso de elogios pode não fazer tão bem aos filhos quanto se imagina. Veja quando o elogio pode atrapalhar ao invés de ajudar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr