Paz e amor no lar: Cultivando a amizade entre seus filhos

Veja algumas ideias do que pode ser feito para cultivar a amizade entre seus filhos e diminuir as desavenças promovendo o amor entre irmãos.

3,177 views   |   2 shares
  • Todos os pais desejam ver seus filhos se dando bem, se respeitando e sendo amigos, não é? Será que esse tipo de relacionamento surge de uma hora para outra? Não. É algo que se conquista através de decisões sábias, dia após dia, e, em alguns casos, pode levar muito tempo.

  • Grande parte da responsabilidade por estabelecer um lar harmonioso recai sobre os pais. Se eles estiverem realmente dispostos a transformar o seu lar num refúgio para sua família, em especial, para seus filhos, eles precisam:

  • Fazer com que seu relacionamento conjugal seja um exemplo a ser seguido.

    • Agir da forma correta quando surgirem as desavenças entre seus filhos. A reação deles diante de tais conflitos pode tanto abrandar quanto intensificar a rivalidade entre eles.

    • Dar-lhes amor, carinho e atenção individual, e na mesma intensidade.

    • Promover o amor, a amizade e o respeito mútuo entre eles.

  • É importante salientar que o futuro dos filhos depende muito das experiências que eles vivenciam dentro lar.

  • Darei, a seguir, algumas ideias de como os pais podem incentivar a amizade entre seus filhos. Antes disso, sugiro que leiam o artigo “Como lidar com as rivalidades entre os irmãos” a fim de verificar se estão agindo corretamente, ou para tentar identificar se há necessidade de alguma mudança de atitude na forma como lidam com seus filhos.

  • Agora, vamos às ideias:

  • 1. Incentivar o perdão contínuo

  • Quando os irmãos discutem ou brigam é importante que os pais promovam uma reconciliação imediata, não importando a intensidade da briga.

  • 2. Incentivar a compreensão e tolerância

  • Os pais precisam ajudá-los a serem compreensivos e tolerantes quanto às suas diferenças. Ao perceberem que as diferenças de idade e personalidade fazem com que tenham gostos, interesses e reações diferentes, aprenderão não só a tolerar essas diferenças, mas usar de mais tato ao lidarem uns com os outros.

  • 3. Falar positivamente sobre um filho para o outro

  • É uma coisa que eu faço bastante e funciona mesmo. Quando converso individualmente com meus filhos, gosto de dizer coisas do tipo: "O teu maninho te ama, né!" ou "Viu como ele gosta de brincar contigo?" ou, então “Ele adora te imitar! Deve ser porque ele gosta do teu jeito!" Frases como estas fazem com que eles se sintam amados e admirados por seus irmãos.

  • Advertisement
  • 4. Estabelecer regras que incentivem a interação entre eles

  • Aqui em casa temos algumas regras importantes. Uma delas diz respeito ao horário e tempo de uso do computador e dos jogos eletrônicos. Pela manhã, eles não podem ligá-los. Este tempo é reservado às lições de casa e às brincadeiras em conjunto. Depois que estabeleci esta regra, a amizade entre eles cresceu. Agora, é comum vê-los brincando juntos em horários em que poderiam estar no computador ou fazendo outras coisas sozinhos.

  • 5. Comprar brinquedos ou jogos que eles precisem jogar juntos

  • Na hora de presenteá-los, deve-se dar preferência a jogos de dois ou múltiplos jogadores ou brinquedos que permitam a interação na hora de brincar.

  • 6. Criar tradições familiares que os aproximem

  • Faz quatro anos que eu criei uma tradição que eles adoram. Chama-se o abraço familiar. Nós damos um abraço coletivo e dizemos duas frases em uníssono: "Amo vocês três!" e "Nossa família é para sempre!" As crianças pedem seguidamente para dar o abraço familiar. Muitos podem achar sem graça, mas meus filhos se divertem fazendo isso.

  • Deve-se usar de criatividade ao criar as próprias tradições familiares. Elas proporcionam momentos únicos que serão recordados com saudade quando os filhos não estiverem mais morando com os pais.

  • 7. Envolvê-los em projetos de serviço

  • Ao criar oportunidades para que os filhos possam trabalhar juntos, tanto para servir a própria família quanto familiares, amigos e pessoas carentes, cria-se um dos melhores meios de desenvolver laços de amor, amizade, cooperação e altruísmo. A família que trabalha unida, permanece unida.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Paz e amor no lar: Cultivando a amizade entre seus filhos

Veja algumas ideias do que pode ser feito para cultivar a amizade entre seus filhos e diminuir as desavenças promovendo o amor entre irmãos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr