Dicas de como estabelecer uma mesada para seus filhos

A mesada pode ser uma ferramenta muito eficiente de ensinar educação financeira aos filhos.

1,634 views   |   2 shares
  • Embora muitas pessoas pensem que dar dinheiro aos filhos é uma forma de mimá-los e encorajá-los a não dar valor às coisas, a verdade é que a mesada é uma excelente oportunidade de proporcionar aos filhos uma boa educação financeira.

  • É óbvio que simplesmente dar dinheiro às crianças sem orientá-las pode, de fato, fazê-las se acostumar com a “mordomia”, e futuramente, elas provavelmente terão problemas financeiros, por não saberem como controlar o dinheiro. No entanto, quando os pais estabelecem uma mesada e mostram aos filhos como gastá-la, o filho estará aprendendo desde cedo a ser um consumidor inteligente. E provavelmente terá muito sucesso financeiro.

  • Como a mesada deve ser encarada

  • A Câmara dos Deputados criou, em 2011, um livreto, intitulado “Educação Financeira para Pais” extremamente informativo dando direção sobre como os pais podem ensinar aos filhos sobre questões financeiras, incluindo a definição e o uso adequado da mesada. Nesse livreto, há um trecho que define exatamente como os pais devem encarar a mesada, “(...) o objetivo da mesada é tão somente o de orientar os filhos, desde cedo, a como lidar com o dinheiro. Atualmente, os apelos ao consumo são enormes, e a mesada ajudará os pais a ensinarem noções de responsabilidade, planejamento e limites” (página 32).

  • A mesada não é um prêmio

  • Tomando como base a definição de mesada nesse mesmo artigo, é importante salientar que não é adequado dar dinheiro aos filhos como prêmio por alguma tarefa que ele tenha feito em casa, já que ajudar nos trabalhos domésticos é um dever dos filhos. Também não é apropriado que os pais abstenham os filhos de receber a mesada quando eles “aprontam”, já que o objetivo da mesada é ensinar a educação financeira. Em casos assim, é mais eficiente que os pais apelem para outros tipos de punição.

  • Idade e valor

  • Especialistas apontam que uma boa idade para o filho começar a receber a mesada é a partir dos sete anos, quando ele já tem uma boa noção de cálculos simples. No entanto, com cinco anos, a criança já pode começar a pôr suas moedinhas no cofrinho. Quando a criança começa a receber a mesada propriamente dita, por volta dos sete anos, como mencionado, é imprescindível o acompanhamento dos pais, para que eles saibam quanto e em quê o filho está gastando o dinheiro. Já começa a orientação de poupança também, quando os pais ensinam que uma parte do dinheiro deve ser guardada.

  • Advertisement
  • O escritor Gustavo Cerbasi, autor do best-seller “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos” escreveu também o livro “Pais Inteligentes Enriquecem Seus Filhos”, onde ensina ótimas lições sobre dinheiro aos pais. E uma das mais importantes é que os filhos aprendem sobre dinheiro com o exemplo que vêem em casa.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

Dicas de como estabelecer uma mesada para seus filhos

A mesada pode ser uma ferramenta muito eficiente de ensinar educação financeira aos filhos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr