5 lições que a história de Pinóquio não menciona

Ensinar honestidade aos filhos não é tarefa fácil, mas necessária, e que precisa de paciência. Não é uma lição ou algo que se precisa falar somente uma vez.

4,473 views   |   2 shares
  • Quem não se lembra quando era pequeno e nossos pais nos contavam a história do Pinóquio, e diziam que se mentíssemos, nosso nariz cresceria? Ainda hoje vejo pais e mães fazendo o mesmo aos filhos, o que faz parte da história, mas o problema é mais sério do que o conto de fadas.

  • Honestidade e integridade estão ligadas, e ambas trazem responsabilidades. Ensinar honestidade aos filhos não é tarefa fácil, mas necessária, e que precisa de paciência. Não é uma lição ou algo que se precisa falar somente uma vez.

  • O que fazer?

  • 1. Ensinar a mostrar emoções desde cedo

  • Encoraje seu filho a mostrar emoções, a falar dos sentimentos, a aprender a descrever o que está pensando desde tenra idade. Isso será imprescindível para ensinar muitas lições aos seus filhos, e ser honesto é uma delas. Tenha certeza que você aprenda a ouvir e deixe ele falar até o fim, não o corrija, não o interrompa, não fique brava com ele quando ele contar a verdade. Uma vez que ele consiga praticar isso e dizer-lhe exatamente como ele se sente ele criará um hábito.

  • 2. Não o confronte

  • Isso mesmo. Se ele quebrou um copo e você já sabe que foi ele, não há necessidade de olhar pra ele e perguntar quem quebrou o copo. Ao invés disso, diga algo como "você sabe que não deve pegar os copos do armário e que deve segurá-lo com as duas mãos, não é?". Quando confrontamos crianças, e mesmo adultos, e eles são culpados do ato em si, possuem a tendência natural de negar que o fizeram, assumindo um comportamento defensivo, e acabam por contar uma mentira se muito pressionados. Crianças pequenas também tendem a inventar histórias às vezes que são frutos da imaginação. Percebendo que são invenções, não a confronte, mas traga-a de volta à realidade mudando de assunto sutilmente.

  • 3. Pais devem ser honestos

  • E honestidade não se mede apenas pela capacidade de falar a verdade, mas conferir o troco que o caixa do supermercado lhe deu e devolver se tiver a mais, ser responsável pelos seus atos, assumir quando necessário, não trair a confiança de ninguém, etc. O exemplo dos pais é o principal ao ensinar honestidade aos filhos.

  • 4. Mostre que mentiras não funcionam

  • Mais que contar a história do Pinóquio, você pode usar alguns exemplos reais, de acordo com diferentes idades, de pessoas que mentiram e se deram mal. Mesmo quando a criança negar algo que você saiba a verdade, você pode dizer de forma que não a faça se sentir pressionada. Por exemplo, ela está jogando bola, e uma bola quebra a janela, ela corre em sua direção gritando, “Não fui eu! Não fui eu”, você pode dizer algo como ‘’Você queria muito que não tivesse sido você quem quebrou a janela?” e dê-lhe espaço para explicar o que aconteceu, como limpar a sujeira, medir o vidro para ser reposto, ajudar a instalar, enfim. Seja consistente com a forma de ensiná-la.

  • Advertisement
  • 5. Encoraje escolhas positivas e bom comportamento

  • Reforce o bom comportamento, quando ele contar uma verdade, quando assumir uma ação na frente de outras crianças ou quando resolveu tomar a decisão correta.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

5 lições que a história de Pinóquio não menciona

Ensinar honestidade aos filhos não é tarefa fácil, mas necessária, e que precisa de paciência. Não é uma lição ou algo que se precisa falar somente uma vez.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr