Suas emoções dependem em demasia do sucesso do seu time de futebol?

Sua motivação depende de como seu time atua? Ou do que pessoas ou entidades famosas fazem? Como não deixar que isso afete sua rotina e a de seus filhos? Faça o teste e corrija o que for necessário.

1,173 views   |   2 shares
  • Vivemos em um mundo onde é comum nos depararmos com valores invertidos e pessoas pregando que cada um tem a sua realidade e, consequentemente, suas próprias concepções. Isso enfraquece a importantíssima noção de certo e errado.

  • Seja através da derrota de um time de futebol, das más notícias que vemos das pessoas que admiramos, nem sempre podemos basear nossa vida conforme o que acontece lá fora. A mídia atual também é a principal arma que ataca a decência, os bons princípios e costumes honrados. Podemos ver isso através de programas duvidosos, onde o palavreado muitas vezes chulo são motivos de riso ou incitam a raiva, protesto e a rebelião contra o país e uns aos outros, através de novelas vazias, sem nenhum conteúdo realmente útil; através de noticiários, que mais parecem uma relação de tragédias e mais recentemente, através de reality shows, onde a vida particular de alguns é ridiculamente exposta e acompanhada!

  • Para manter a saúde mental, espiritual e até física de sua família é necessário estar muito atento a essas a influências, e analisar friamente, os tipos de pessoas que apreciamos, os chamados ídolos.

  • Ser fã de algo ou alguém, implica intensa admiração

  • Será que nossos jovens não seriam mais beneficiados, admirando seus próprios pais/avós e seguindo seus exemplos, ao invés de viverem obcecados por “artistas” ou "jogadores" ou "times" de esportes que, na verdade, mal conhecem? A mídia chama atenção demais para qualidades de pouca importância, como beleza, boa encenação ou talento musical. Ensine sua família a dedicar tempo admirando coisas de maior valor.

  • Observe do que seus familiares riem, do que acham graça

  • Existem muitas piadas de mau gosto e comportamentos impróprios sendo exibidos diariamente bem como uma dramatização sem fim quando uma derrota acontece, incitando o ódio ao adversário. Deixar sua rotina diária ser modificada de acordo com esse tipo de mídia, ou como a mesma apresenta o resultado do acontecimento, indica certa confusão de valores. Você não precisa ficar sério ou ignorar o que acontece o tempo todo, mas é importante selecionar o que for engraçado ou que motivará suas ações.

  • Quando a TV é destaque dentro de casa, é comum que surjam imitações do que se vê

  • Se você já flagrou a si mesmo ou a seus/suas filhos(as) tentando imitar o comportamento, reações, formas de falar ou debochar dos acontecimentos, pode ser sinal de que a mídia está influenciando demais sua família. Lembre-se, você pode limitar essa influência, ninguém é obrigado a ver o que estão passando.

  • Advertisement
  • O tipo de revistas que temos o interesse de folhear em salas de espera também revela quão viciados estamos em acompanhar a vida alheia

  • Há inúmeras revistas que só tratam da vida dos ídolos do momento, que especulam a respeito de coisas sem importância que não mudariam o resultado nem nossos problemas reais. Esse tipo de notícia não agrega nada ao intelecto ou mesmo ao dia a dia. Escolha materiais mais refinados, mais voltados à cultura, que ajudem a aproveitar o tempo.

  • Experimente observar os programas que normalmente são vistos em sua casa

  • Observe com espírito crítico, fazendo-se perguntas como: Isso chama atenção, enaltece, que tipo de atributo? Se a resposta for: crimes, violência, infidelidade, mentiras, sexualidade, vulgaridades ou brigas, é melhor mudar o canal! O hábito de fazer essas triagens, mostra aos filhos o que é aceitável e estabelece um padrão familiar mais elevado.

  • Defina suas prioridades e os verdadeiros exemplos de sua família

  • Leia o artigo 5 formas de viver mais honestamente os exemplos ensinados por Jesus Cristo. Estabeleça Aquele que você tem plena confiança de ser um bom exemplo forte e real para você e sua família. Ensine seus filhos a seguir Seus passos. O mundo lá fora muda e o que é forte hoje pode não ser amanhã e aprender a lidar com as decepções e ser grato pela vida independente das dificuldades lá fora trazem benefícios para gerações inteiras.

  • Seja otimista e nunca perca a esperança

  • Leia o artigo Aprender com o passado, viver o presente e ter esperança no futuro. O que passou passou e a melhoria de nossa vida depende muito mais de como nós encaramos a vida, o que fazemos para melhorar no dia a dia do que como os acontecimentos externos nos afetam. Eles nos afetam, mas depende de você deixar para trás, fazer o melhor de seu hoje e ter esperança e fé de que o amanhã será muito melhor.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Suzana A. Ribeiro é autora dos livros: O Elo Forte, uma história contada por quatro gerações, Um Sonho Distante, o que existe além da memória e está escrevendo o terceiro volume da série.

Website: http://escritorasuzanaribeiro.blogspot.com.br/

Suas emoções dependem em demasia do sucesso do seu time de futebol?

Sua motivação depende de como seu time atua? Ou do que pessoas ou entidades famosas fazem? Como não deixar que isso afete sua rotina e a de seus filhos? Faça o teste e corrija o que for necessário.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr