Como entender suas dívidas em 5 tópicos

Nem sempre compras parceladas constituem dívidas se forem pagas em dia e se forem planejadas no orçamento. As dívidas surgem por acúmulos de compromissos deste gênero e por outros fatores. Veja aqui quais são.

1,467 views   |   shares
  • 1. O que é dívida?

  • Definição direta e clara: Dívida é compromisso financeiro em atraso.

  • 2. Possíveis causas de dívidas

  • Sempre há motivos para atrasos de pagamentos. Um deles é a de natureza externas, isto é, são causas diversas, alheias às nossas vontades, das quais não temos como evitar ou controlar, apenas prever e prevenir.

  • Eis algumas das origens externas:

    1. Desemprego (Queda no orçamento familiar)

    2. Redução inesperada da renda.

    3. Falta do principal provedor da família.

    4. Doenças e acidentes pessoais na família.

    5. Sinistros por terceiros.

    6. Sinistros por intempéries e acidentes diversos.

    7. Má fé e abusos contra o consumidor.

  • Eis algumas das origens internas:

    1. Cartões de Crédito (Pagamento mínimo) e Cheques especiais e pré-datados.

    2. Desperdício.

    3. Facilidade de Crédito (Parcelamento)

    4. Compras não planejadas no orçamento.

    5. Esquecer que fez compras.

    6. Empréstimos para pagamento de dívidas e consumo sazonal.

  • 3. Tipos de Dívidas

  • Há duas modalidades de dívidas: As Formais e as Informais.

    1. Dívidas Informais: Fiados. Dívidas informais são todas aquelas onde não incidem juros por atrasos e nem ações judiciais diretas, por serem em geral de pequeno valor. São os famosos fiados na mercearia, empréstimos de colegas de serviços ou familiares, compras de artigos de "sacoleiras" para “pagar no dia de pagamento”, etc.

    2. Dívidas Formais: São todas aquelas em que os compromissos são formalizados por meio de contratos, ou pagos com cheques ou notas promissórias. Todas elas podem ser negociadas, ou diretamente com o credor, ou por meio jurídico.

  • 4. Analisando suas Dívidas

    • Liste todos os Compromissos Formais e Informais. Em seguida liste todos os formais, como carnês, faturas, empréstimos, etc.

    • Anote o que motivou; quem comprou e/ou autorizou a compra.

    • Anote o benefício gerado pela compra.

    • Anote as parcelas, mês a mês, com as respectivas datas de vencimentos, no caso das compras parceladas, ou empréstimos.

    • Faça um círculo vermelho em todas as parcelas ou compromissos em atraso. Estas são suas dívidas.

    • Analise o motivo que gerou o atraso, ou a situação que o levou ao débito.

    • Assinale qual débito você pode saldar primeiro com a renda atual e quando efetuará.

  • Advertisement
  • 5. Negociando suas dívidas

  • A melhor maneira de não se ter dívidas é pagar os compromissos em dia. A melhor maneira de não se ter compromissos financeiros é comprar à vista.

  • No caso das dívidas informais de maior valor, caso não possa pagar num momento, negocie, pagando uma parte, para que seu credor saiba que você pretende saldar a conta e ainda manter seu crédito.

  • No caso das dívidas formais, se houver mais de uma parcela, ou acúmulo de juros pelo pagamento mínimo em cartão de crédito ou do cheque especial, esse é o momento de pedir ajuda profissional, ou do PROCON, ou outro órgão de defesa do consumidor para um acordo jurídico favorável à sua situação.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Antônio Alexandre é Tecnólogo em Gestão Empresarial e trabalha como Diretor Administrativo na Weyes Technology Solutions, empresa de inovações em Tecnologia da Informação. Autor do livro "Salário e Prosperidade", é casado, pai de cinco filhos com um neto (ou neta) a caminho. Gosta do mar, nadar e passear de bicicleta na praia, além de ler e escrever.

Website: http://www.gestaosalarial.blogspot.com/

Como entender suas dívidas em 5 tópicos

Nem sempre compras parceladas constituem dívidas se forem pagas em dia e se forem planejadas no orçamento. As dívidas surgem por acúmulos de compromissos deste gênero e por outros fatores. Veja aqui quais são.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr