Dicas de como lidar com enxaqueca crônica

Enxaqueca é quando temos uma dor de cabeça crônica. Veja aqui a descrição dos sintomas e várias dicas de medidas preventivas para quem sofre frequentemente com enxaqueca.

2,704 views   |   3 shares
  • Algumas pessoas usam o termo “enxaqueca” para se referir a qualquer dor de cabeça, mas a enxaqueca é um tipo específico de dor de cabeça, que pode causar vários outros tipos de sintomas, como:

    • náuseas,

    • vômitos,

    • formigamentos,

    • intolerância à claridade,

    • barulho e cheiros fortes,

    • manchas na visão (pontos luminosos),

    • alteração da consciência (esquecimento momentâneo de palavras),

    • mal-estar geral,

    • além das fortes dores de cabeça.

  • A doença acomete principalmente mulheres de 15 a 55 anos, porém a intensidade, frequência e duração das crises, bem como a manifestação dos sintomas, variam de uma pessoa para outra. O primeiro passo para minimizar o problema é fazer um monitoramento pessoal para identificar o que desencadeia suas crises, e assim, procurar evitar as causas.

  • Seguem algumas dicas, que funcionam como medidas preventivas:

  • Dieta

  • Há quem tenha crises desencadeadas por alimentos (pois provocam reações nos vasos sanguíneos e nervos). Segue uma lista dos 12 alimentos mais suspeitos:

  • - Laticínios, chocolate, ovos, frutas ácidas, carne (principalmente de porco), trigo (pão, massas, etc), frutos de casca rija ou amendoins, tomates, cebolas, milho, maçãs, bananas.

  • Algumas bebidas ou aditivos também provocam dores de cabeça, que são as bebidas alcoólicas (especialmente vinho tinto), bebidas com cafeína (café, chás e colas), glutamato monossódico, aspartame e nitritos. Experimente eliminar os alimentos suspeitos, para melhora do quadro, e em seguida reintroduzí-los, aos poucos, na dieta a fim de detectar os responsáveis.

  • Além de evitar certos alimentos, procure consumir os que são comprovadamente seguros e saudáveis, mantendo uma dieta equilibrada. A ingestão de vitamina C pode ajudar a evitar e aliviar os sintomas (tome cuidado para não extrapolar o limite diário). Também existe uma mistura de 2 componentes naturais recomendada tanto para atenuar como prevenir a enxaqueca – 200ml de água de coco (de verdade, não industrializada, para hidratar) com uma colher de chá de pó de gengibre (que é o principal ingrediente, pode ser também tomado como chá).

  • Estudos comprovaram que a deficiência no organismo de substâncias como o magnésio e a riboflavina (Vitamina B2) favorecem o surgimento da enxaqueca. Você pode consultar um médico e realizar exames para saber se é o seu caso.

  • Exercícios

  • Advertisement
  • Uma vida sedentária torna a pessoa mais suscetível ao aparecimento das enxaquecas, portanto, pratique atividades físicas regulares. Aulas de ioga, pilates e outras técnicas de relaxamento também podem ajudar.

  • Sono

  • Se por um lado, ficar parado demais faz mal, descansar menos que o necessário também o faz! Dê prioridade à sua saúde, mantendo uma rotina de sono adequada, a exaustão faz mal de muitas formas, e causar enxaqueca pode ser uma delas.

  • Controle do Stress

  • É grande o número de pessoas que são acometidas por enxaqueca devido a alterações emocionais. Se você tem ficado muito nervoso(a) ou depresssivo(a), procure cuidar desses sintomas, é muito provável que eles estejam causando as crises de enxaqueca.

  • Luz artificial

  • Ficar muito tempo em ambientes iluminados artificialmente ou à frente de telas de TV, celulares e principalmente computadores, pode favorecer o aparecimento ou mesmo agravar os sintomas de vários tipos de cefaleia, inclusive os da enxaqueca.

  • Compressão

  • Alguns casos de enxaqueca tem início devido à compressão no couro cabeludo, por acessórios como capacetes, chapéus, bonés, enfeites ou óculos. Para saber se é o seu caso, basta retirar o que estiver exercendo pressão na cabeça e avaliar se houve alívio.

  • Quando a pessoa já está em crise, no entanto, é preciso utilizar medicamentos para aliviar os sintomas. Procure um neurologista para saber quais remédios você deve ter sempre em mãos para tomar logo que sentir os primeiros sinais de enxaqueca, e se necessário, fazer um tratamento preventivo. Quando as crises são muito fortes, no entanto, as medicações intravenosas (realizadas nos hospitais de pronto atendimento) costumam ser mais eficientes e surtem efeito mais rápido.

  • Importante – Nunca tente dirigir no meio de uma crise de enxaqueca, nem mesmo se locomover sozinho de lugar para outro, isso pode ser muito perigoso! Telefone para familiares, amigos ou serviços médicos e peça ajuda. Depois de medicado, é preciso ter paciência e aguardar o restabelecimento completo repousando em quarto escuro. Não é recomendado assitir TV, usar computadores ou celulares, ler nem escrever, sendo assim, aproveite para dormir ou meditar.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Suzana A. Ribeiro é autora dos livros: O Elo Forte, uma história contada por quatro gerações, Um Sonho Distante, o que existe além da memória e está escrevendo o terceiro volume da série.

Website: http://escritorasuzanaribeiro.blogspot.com.br/

Dicas de como lidar com enxaqueca crônica

Enxaqueca é quando temos uma dor de cabeça crônica. Veja aqui a descrição dos sintomas e várias dicas de medidas preventivas para quem sofre frequentemente com enxaqueca.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr