Como gerenciar o estresse no trabalho

O estresse nunca afetou tanto a sociedade quanto tem afetado no século XXI. Várias são as causas, mas a pressão da vida moderna e o excesso de competitividade no mercado de trabalho estão entre os principais.

3,192 views   |   3 shares
  • O estresse sempre existiu e atinge todas as pessoas em maior ou menor grau, inclusive as crianças, já que ele pode ser causado por motivos imensuráveis. No entanto, alguns fatores, tais como o acelerado estilo de vida atual, as exigências sociais excessivas e a má administração do tempo, fizeram com que a sociedade e os profissionais de saúde encarassem o estresse como o atual mal do século, e não mais como uma emoção insignificante.

  • O estresse e a qualidade de vida

  • Diversos estudos já provaram que o estresse afeta negativamente não só a saúde emocional do ser humano, mas também a saúde física, sendo ele, muitas vezes, o grande responsável por doenças cardiovasculares, hormonais, digestivas. Por isso, aprender a gerenciar o estresse em todos os aspectos é essencial para manter a qualidade de vida. O problema é que não é nada fácil controlar o estresse, especialmente no trabalho, que é um dos locais mais propícios para causá-lo.

  • O estresse no trabalho

  • Além dos problemas emocionais e físicos que o estresse pode causar, existem outros problemas que afetam diretamente o desempenho no trabalho. Em muitas empresas, a carga de atividades é desmedida, e o colaborador acaba regredindo ou mostrando baixa produtividade, o que pode aparentar incompetência ou desmotivação do colaborador. Como consequência, se nada é feito para amenizar o estresse dos colaboradores, a empresa acaba sendo prejudicada em pequena ou grande escala.

  • Quando começar a controlar o estresse

  • Especialistas dizem que uma dose pequena de estresse é normal, mas deve ser controlada de preferência no início, ou seja, antes de alguns sintomas mais sérios aparecerem, tais como sinais de doença física e mental, descritos na pág. 4 deste artigo. A maioria das pessoas, no entanto, preocupa-se em conter o estresse ou lidar com ele somente depois que já está fora de controle, e ocasionou sérios problemas emocionais e físicos.

  • Eliminar os fatores que provocam o estresse nem sempre é possível. Você não pode simplesmente abandonar o emprego se está sofrendo pressão demais no trabalho, nem abandonar a família, se está com problemas em casa. Na verdade, abandonar as causas do estresse vai simplesmente trazer outros fatores que ocasionarão estresses diferentes. O que especialistas recomendam é que o estressado procure meios de lidar com os problemas, e consequentemente com o estresse propriamente dito.

  • Advertisement
  • Como lidar com o estresse

  • O estresse é mais bem combatido quando o fardo é dividido com alguém. Isso significa que aquele que está estressado demais pode não conseguir melhorar se não buscar ajuda. Causas emocionais, como é o caso do estresse, podem ser aliviadas por intermédio de terapia com um psicólogo, e em casos severos, também de um psiquiatra, que poderá receitar algum medicamento para aliviar a ansiedade, a depressão e a irritabilidade. Mas aquele que está estressado jamais pode esquecer que a amenização para o estresse deve partir primeiramente dele mesmo. Por isso, qualquer atitude positiva pode ajudar, e principalmente mudanças de hábitos rotineiras, por exemplo:

    • Analisar quais são as maiores causas do estresse. Quanto mais específica for a busca, mais chance haverá de aliviar o estresse.

    • Depois de analisada, o ideal é que o estressado coloque no papel, isto é, deixe bem claro para ele mesmo o que está ocasionando tanto estresse. A psicologia sempre defende que a consciência sobre o problema é o primeiro passo para amenizá-lo.

    • Então, é hora de fazer um plano de ação para combater as causas do estresse, quando possível, ou organizar a rotina de modo que alguns erros cotidianos sejam corrigidos. Muitas pessoas nem percebem, mas algumas das principais causas do estresse não são necessariamente o trabalho, problemas familiares, problemas com pessoas, etc. São a falta de organização, a má administração de tempo, má alimentação e distúrbios do sono. Boa parte do estresse pode ser amenizada se esses problemas forem tratados.

    • Se possível, pedir ao chefe um tempo para reorganizar a vida. Então, o estressado pode aproveitar para descansar e dar um tempo a si mesmo para avaliar bem seus problemas.

    • Tratar da saúde é crucial. Muitos problemas de saúde são causados pelo estresse, conforme já comentado aqui. Então, um dos passos primordiais para uma boa qualidade de vida é tratar de problemas provenientes do estresse. Se está obeso, por exemplo, procure um nutricionista e uma atividade física prazerosa que o ajudará a perder peso e de quebra lhe garantirá algum tempo de distração. Os outros problemas de saúde devem ser encarados da mesma forma. Por isso, procure um médico para curar qualquer mal que esteja afetando sua saúde física e emocional.

    • E mais importante: estipule horários para o trabalho e não fuja demais deles. Ou seja, não fique muito tempo a mais no seu local de trabalho, nem leve serviço para fazer em casa. Nos fins de semana, desligue o celular e aproveite para descansar e fazer coisas que lhe dão prazer. Jamais se esqueça de sua família e das coisas importantes de sua vida. Afinal, o trabalho não é tudo.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

Como gerenciar o estresse no trabalho

O estresse nunca afetou tanto a sociedade quanto tem afetado no século XXI. Várias são as causas, mas a pressão da vida moderna e o excesso de competitividade no mercado de trabalho estão entre os principais.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr