Antes de falar com os filhos sobre a morte: 6 coisas a saber

Dicas de como falar com uma criança sobre a morte.

3,082 views   |   1 shares
  • A morte é um aspecto inevitável da vida, e a preocupação sobre como entrar nesse assunto com nossos filhos é atual, seja por ocasião de um familiar ou amigo que venha a falecer, acontecimentos mundo afora ou desastres que matam pessoas ou para prepará-los para a vida.

  • Em nossa preparação sobre como e o que dizer aos nossos filhos sobre a morte, nós descobrimos o que nós mesmos sabemos e não sabemos, e na conversa com eles, o que eles sabem e pensam a respeito.

  • O que nós diremos dependerá de suas idades e experiências, crenças, sentimentos, e situações. Algumas discussões sobre a morte são estimuladas por noticiários, onde não ocorre tanta emoção envolvida. Já outras são derivadas de casos familiares, o que pode ter muita emoção envolvida.

  • 1. Crianças são conscientes

  • Antes de percebermos, crianças possuem consciência da morte. São formigas, insetos, pássaros, até mesmo gatos e cachorros, seja no quintal ou na rua. Eles também podem já ter visto algo na TV, ou mesmo lido em livros de histórias.

    • Precisamos permitir que as crianças conversem sobre a morte.

    • Podemos informá-las, prepará-las para uma crise, e ajudá-las quando estão tristes.

    • Podemos encorajá-las mostrando interesse e ouvindo o que têm a dizer.

  • Estabelecer um relacionamento aberto, honesto e confortável com nossos próprios sentimentos sobre o assunto facilita esse momento, ajudando a nós mesmos em relação aos sentimentos que temos a respeito da morte.

  • 2. Barreiras na comunicação

  • Quando não há comunicação entre pais ou entre pais e filhos quanto aos difíceis assuntos, não significa que crianças não estão observando. Elas leem as mensagens que lhes passamos quando nossas faces estão tristes ou quando caminhamos de mãos dadas.

  • Não é sábio nem recomendável confrontar crianças com informação que elas poderão não entender ou querem saber.

  • Precisamos encontrar um equilíbrio entre a necessidade e a urgência que envolve:

    • Usar de sensibilidade e perceber quando eles querem falar sobre o assunto.

    • Não colocar barreiras que inibam suas tentativas de se comunicarem.

    • Oferecer explicações honestas e simples quando estão tristes.

    • Ouvir e aceitar seus sentimentos.

    • Não negar respostas dizendo-lhes que são muito jovens.

  • Examine seus próprios sentimentos e verifique se você está confortável em falar sobre a morte antes de conversar com uma criança.

  • Advertisement
  • 3. Você não precisa ter todas as respostas

  • Nem todas as respostas confortarão a criança, mas podemos compartilhar aquilo que realmente acreditamos, e expressar respeito ao fato de que nem todas as pessoas acreditam nas mesmas coisas. Se não soubermos alguma resposta, não há problema em dizer "Eu não sei a resposta para isso".

  • 4. Superando tabus

  • Falar sobre a morte pode ser um tabu, mas podemos superar isso aplicando a sensibilidade e o respeito à individualidade e idade da criança e ao seu ambiente, o que ela acredita e pensa.

  • 5. Confortando a criança

  • Uma criança pode sentir-se culpada pela morte de alguém da família. Ela precisa de reafirmação que é amada e sempre o será.

  • 6. Antes ou durante o funeral

  • Se uma criança deve visitar alguém à beira da morte ou mesmo o funeral da pessoa, dependerá de:

    • Sua habilidade em entender a situação.

    • Idade.

    • Sua relação com a pessoa que faleceu.

    • Seu desejo de ver a pessoa. Nunca deve ser forçada a tal.

  • Quando a morte acontece, a criança deve ser preparada previamente sobre o que ela verá e ouvirá, deverá ser apoiada e consolada depois, e o compartilhamento da dor ajudará pais e filhos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

Antes de falar com os filhos sobre a morte: 6 coisas a saber

Dicas de como falar com uma criança sobre a morte.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr