Dicas para lidar com um luto prematuro

? Sugestões para aqueles que precisam lidar com um luto na família inesperado.

2,423 views   |   38 shares
  • Normalmente as pessoas são movidas por sonhos, vislumbram conquistas e desejam a felicidade. Na grande maioria das vezes uma outra pessoa faz parte destes sonhos de vida.

  • Mas quando a morte interrompe os sonhos, seja por motivo de doença, acidentes ou qualquer outra situação triste e desagradável, é como se o mundo acabasse para a maioria das pessoas. A dor, o medo, a incerteza, a angústia e o temor substituem os sonhos e alegria.

  • Segundo o site Psicologia e Saúde, demonstrar dor não é sinal de fraqueza ou inadequação pessoal e a pessoa pode sentir-se ainda pior se houver julgamentos à forma que a está demonstrando. Assim é natural que, mesmo por um momento, o choro e a comoção se tornem a ação normal de qualquer pessoa.

  • Chorar faz bem

  • Segundo o neurocientista Willian Frey, "As lágrimas provocadas pela emoção removem elementos acumulados nas horas de estresse e, literalmente, põem tudo para fora". Até Jesus Cristo chorou juntamente com as irmãs de Lázaro, quando estas lhe contaram que seu amigo havia falecido, mesmo sabendo que seria capaz de trazê-lo de volta à vida.

  • "Armazenar sentimentos negativos e passar por cima das emoções, deixando-as guardadas, pode gerar um quadro grave de depressão", diz a psicóloga Junia Cicivizzo Ferreira, especialista em psicologia comportamental pela Universidade Federal de São Paulo.

  • Recursos para a recuperação emocional

  • 1. Lembrar dos bons exemplos e viver de acordo. Todos devem ser lembrados quando partem desta vida de forma a nos inspirar a sermos melhores. Lembrar das experiências boas que se teve com o ente querido, do sorriso, da música preferida, das qualidades, de seus conselhos, e não ficar lembrando das coisas ruins e até mesmo o momento da morte, velório ou enterro, ninguém precisa sofrer duas vezes.

  • 2. Ter fé que se verão novamente. Independentemente da crença religiosa de cada um, a certeza de que veremos nossos entes queridos que se foram novamente é sempre confortante. Isso inclui o perdoar e o pedir perdão. O remorso pode causar depressão e falta de esperança extrema.

  • Advertisement
  • 3. Apegar-se à família. Buscar o suporte dos outros membros da família que ainda estão ao nosso lado é uma das melhores formas de lidar.

  • 4. Valorizar as relações pessoais. Muitas vezes dizemos de dizer o quanto amamos as pessoas, e se algo acontece com elas, sentimo-nos extremamente arrependidos de não termos demonstrado nosso amor. Valorizar e expressar gratidão e amor às pessoas ajuda a lidar com a dor de sua perda.

  • 5. Aprender com o ocorrido. Um exemplo são as pessoas que morrem prematuramente devido a acidentes de carro, quando a mesma ou outro desconhecido estava em alta velocidade, havia ingerido álcool ou mesmo não usava o cinto de segurança. Aprender a lição e fazer as correções necessárias na vida de forma que o mesmo não aconteça pode não diminuir a dor da perda daquela pessoa, mas pode servir de forma que sua morte não tenha sido em vão.

  • 6. Entender que a morte é parte da vida. Todos sabemos que para morrer basta estar vivo. O professor de filosofia Larry Laudan reuniou em seu Livro dos Riscosdados estatísticos sobre as chances de morte que todos temos, e concluiu que não há nada que possa não causar a morte, desde dormir, acordar, dirigir, trabalhar, enfim, viver. A verdade é que todos morreremos um dia. É só questão de tempo.

  • 7. Preencher o tempo. Quando se perde alguém é comum o desânimo tomar conta, afinal, muitas vezes temos família, e não podemos deixar de aproveitar os momentos com eles, ao invés de impedi-los de terem bons momentos. A maneira mais eficaz de se fazer viver é ocupar seu tempo com suas atividades normais e cotidianas. Sair com seus amigos ou familiares, fazer aquilo que gosta, exercitar-se, cantar uma boa música, trabalhar, estudar, sorrir, principalmente neste momento tão único, delicado mas inevitável.

  • Se a dor estiver insuportável pode ser necessário procurar um terapeuta, conversar com um conselheiro espiritual e tratar dos problemas mais íntimos que estão causando a dor extrema.

  • Procurar preencher o tempo com a vida, e quando a saudade bater, lembrar-se dos bons momentos. Independente de sua religião, a morte é uma certeza e uma passagem para todos. Qualquer problema ou adversidade que temos, o que se leva em conta é a forma de como lidamos com eles.

  • Viva sua vida, antes que o inevitável chegue.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Jose Alves Junior, 28 anos, casado com uma linda mulher, pai de três maravilhosos filhos, estudante de engenharia de produção, especialista em desenvolvimento de produtos, designer e escritor!

Dicas para lidar com um luto prematuro

? Sugestões para aqueles que precisam lidar com um luto na família inesperado.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr