Efeitos do video game no desempenho escolar

Efeitos negativos que o vício por vídeo games pode causar no desempenho escolar do seu filho. Pesquisas têm revelado que jogar muito video game traz um impacto negativo sobre o desempenho acadêmico. No entanto, um estudo mais completo realizado por

5,522 views   |   7 shares
  • Efeitos negativos que o vício por vídeo games pode causar no desempenho escolar do seu filho.

  • Pesquisas têm revelado que jogar muito video game traz um impacto negativo sobre o desempenho acadêmico. No entanto, um estudo mais completo realizado por Douglas Gentile, pesquisador associado da Universidade Estadual de Iowa, nos EUA, publicado no periódico Child Development Perspectives, afirma que o tempo jogado não é o único fator que deve ser considerado. Outros quatro fatores devem ser observados: o conteúdo do jogo, o contexto que o jogo dá, a estrutura e as mecânicas do jogo eletrônico.

  • Gentile afirma: “Os pais costumam focar no tempo ou no tipo de game que as crianças estão jogando. Mas minha pesquisa mostrou que há efeitos que não podem ser explicados apenas por esses dois fatores, e há mais fatores nessa equação. E é aí que entram os cinco fatores que eu citei”.

  • Os resultados da pesquisa são muito claros a respeito do conteúdodos jogos: “Esse é o fator mais bem documentado pelas pesquisas e são respostas aos conteúdos violentos, pró-sociais ou educacionais dos videogames que podem afetar o comportamento de quem joga”, afirma o pesquisador.

  • Sobre a estrutura – a forma como se apresentam as informações do jogo – ele afirma que “nesse ponto, os videogames podem melhorar a atenção e as habilidades visuais”.

  • O contexto é tanto quanto importante. O seus efeitos podem alterar a reação do jogador, quando se depara com situações na vida real. “Se o indivíduo joga um game violento com vários amigos, esse é o tipo de contexto que pode levar a uma maior agressividade. Isso porque há uma rede social, com pessoas, com laços afetivos, que apoia que o jogador seja violento com outros indivíduos de fora desse círculo. Outra leitura disso é que, dependendo dos indivíduos, o que pode aflorar é justamente o inverso: a cooperação e ajuda mútua, o que neutralizaria o efeito da agressividade”, ressalta.

  • O que foi observado na mecânica de jogo é que alguns controles usados requerem uma grande habilidade motora e equilíbrio. Jogar video game beneficia o jogador nesses quesitos.

  • Para finalizar, Douglas Gentile sugere que poderiam usar os resultados da sua pesquisa para criar um produto que produzisse um impacto mais positivo sobre os usuários.

  • Advertisement
  • Vejamos as contribuições e os prejuízos causados pelo video game na vida das crianças e jovens, e como isso se reflete em sala de aula:

  • 1) Melhora da

  • capacidade cognitiva.

  • O aluno poderá apresentar maior capacidade de absorver o conteúdo, raciocinar, concentrar-se nele, desde que ele não seja viciado em jogos ou gaste muito tempo jogando. Se este for o caso, o efeito pode ser inverso, principalmente em se tratando de concentração.

  • 2) Melhora na coordenação motora

  • Além de controles manuais convencionais, sendo alguns deles mais sofisticados, os sensores de movimentos e tapetes de dança permitem movimentos que ajudam o jogador a trabalhar sua coordenação motora. Trabalha-se a motricidade grossa (necessária para correr, pular, saltar, subir descer, rastejar, etc.), motricidade fina (necessária para escrever, pintar, desenhar, recortar, encaixar, montar/desmontar, empilhar, costurar, abotoar/desabotoar e digitar) e o equilíbrio.

  • 3) Melhora na atenção visual

  • Os reflexos visuais do jogador podem ficar mais apurados. Esses jogos ajudam a criança na reação às mudanças bruscas na área visual, no entanto, essas habilidades não são as mesmas que a criança precisa para prestar atenção na escola.

  • 4) Queda no rendimento escolar

  • A equipe do pesquisador Erin Hastings pediu aos pais de 70 meninos americanos, com idades entre 6 a 10 anos, que observassem e anotassem o tempo que seus filhos gastavam jogando, e como era seu desempenho escolar. Uma análise posterior revelou que o tempo gasto com jogos violentos estava relacionado diretamente ao seu baixo desempenho acadêmico, enquanto que os que jogavam jogos educacionais não apresentavam queda no rendimento.

  • 5) Comportamento agressivo e perda da sensibilidade

  • Muitos professores queixam-se de que os alunos brasileiros estão ficando mais violentos, aguerridos e covardes. A violência contra colegas de classe e professores têm virado notícia constante. Vários fatores contribuem para este cenário e os jogos violentos não só o intensifica como podem fazer nascer tais comportamentos.

  • Advertisement
  • Segundo a Revista Online Ilustrada Brasileira, “jogar jogos violentos leva ao aumento da excitação fisiológica, aumento dos pensamentos agressivos, aumento de sentimentos agressivos, aumento de comportamentos agressivos, e diminuição da disponibilidade de ajuda pró-social.

  • 6) Dificuldade de concentração

  • Um estudo feito com 1.300 crianças americanas conclui que altos níveis de exposição ao video game aumenta a chance das crianças apresentarem problemas de atenção. Os pesquisadores afirmam que “essa relação estava presente com a mesma magnitude tanto nas crianças quanto nos adolescentes e adultos jovens”.

  • 7) Isolamento social

  • 8) Depreciação da figura humana

  • Infelizmente o conteúdo perigoso, no video game, não se limita à violência. Alguns jogos têm também conteúdo pornográfico. Essa é uma mistura explosiva.

  • O psicólogo e professor Philip Zimbardo, da Universidade de Stanford, em seu livro The Demise of Guys: Why Boys are Struggling and What We Can Do About It (O Fim dos Caras: Por Que Meninos estão Lutando e o que Podemos Fazer Sobre Isso), alerta que os jovens viciados em jogos e pornografia tornam-se incapazes de lidar com a educação escolar tradicional e relacionamentos românticos.

  • Em uma matéria publicada no jornal britânico Daily Mail, há a afirmação de Zimbardo de que "ouso excessivo de video games e de pornografia (...), na busca por algo a mais, está criando uma geração que não gosta de correr riscos, que não consegue passar pelas dificuldades inerentes dos relacionamentos reais da vida, do trabalho e da escola".

  • Advertisement
  • Conclui-se que quando possuem um bom conteúdo e são jogados de forma equilibrada, os jogos de video game podem trazer alguns benefícios. Em contrapartida, especialistas alertam sobre o perigo dos conteúdos inadequados e do excesso de tempo gasto nesse tipo de atividade. Cabe aos pais monitorarem seus filhos para que nenhum excesso seja cometido.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Efeitos do video game no desempenho escolar

Efeitos negativos que o vício por vídeo games pode causar no desempenho escolar do seu filho. Pesquisas têm revelado que jogar muito video game traz um impacto negativo sobre o desempenho acadêmico. No entanto, um estudo mais completo realizado por
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr