Como entender o sistema de classificação de filmes

Um guia simples pra escolher quais tipos de filmes vamos assistir é a classificação indicativa. Saiba nesse artigo como são feitas as classificações e quais são seus devidos códigos classificativos.

19,806 views   |   28 shares
  • Quem já não foi pego de surpresa enquanto assistia a um filme e de repente passa uma cena desconfortável ou algo que os pais não queriam que os filhos vissem? É por essa e por outras razões que existe um guia simples que favorece muito na hora de escolher um bom filme para assistir: o sistema de classificação indicativa.

  • Além de filmes, o que mais recebe classificação?

  • Programas de TV, DVD, jogos eletrônicos e jogos de interpretação (RPG). Muitos países adotaram essa medida como lei para filmes e jogos.

  • O que faz uma obra receber determinada classificação?

  • As condições para que o filme esteja na faixa indicada variam entre países, e estão geralmente relacionados ao nível de exposição de conteúdo violento, sexual e ao uso de drogas ilegais.

  • Quais são as categorias?

  • Um método classificativo é o de faixa etária que indica diretamente qual é a idade mínima recomendada para assistir o filme. No Brasil, segundo o Portal do Ministério da Justiça, as classificações indicativas são dadas pelos códigos:

  • L (verde) – Livre para todos os públicos.

  • 10(azul)– Não recomendado para menores de 10 anos.

  • 12(amarelo)– Não recomendado para menores de 12 anos.

  • 14(laranja) – Não recomendado para menores de 14 anos.

  • 16 (vermelho) – Não recomendado para menores de 16 anos. Por poder conter nudez parcial ou violência.

  • 18(preto) – Não recomendado para menores de 18 anos. Contém conteúdo explícito apropriado somente para adultos.

  • Para quem compra ou assiste filmes sem legenda em inglês, segundo o site MPAA que explica a classificação indicativa vigente nos Estados Unidos por exemplo, os códigos de classificação indicativa são:

  • G – O filme não contém nada que os pais se ofenderiam caso assistissem com seus filhos.

  • PG

  • – Os pais devem verificar o que se passa no filme, pois pode conter conteúdo não apropriado para os filhos mais novos.

  • PG13

  • – Os pais devem ficar atentos porque o filme pode conter conteúdo não apropriado para pré-adolescentes.

  • R – O filme contém algum tipo de conteúdo adulto. Os pais devem certificar-se sobre o filme antes de permitir que seus filhos adolescentes assistam. Em geral os pais são recomendados a não levar seus filhos jovens para assistir este tipo de filme.

  • Advertisement
  • NC-17

  • – Conteúdo apropriado somente para adultos. Não permitido para jovens ou crianças.

  • Com essas dicas com certeza fica mais fácil escolher o próximo filme para ver com a família.

  • Algumas famílias optam por não assistir filmes não recomendados para menores de 16 anos e exploram os ensinamentos e a diversão dos demais tipos de filmes. Por fazer parte de uma dessas famílias posso dizer que essa escolha traz muitos benefícios e evita a exposição precoce ao conteúdo inapropriado.

  • Experimente se reunir com sua família e discutir este assunto, se for apropriado estabeleçam metas familiares. 

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Guilherme Kuceki é consultor SAP e professor, e trabalha como Gerente da Comunidade e Publicista para o site Familia.com.br.

Como entender o sistema de classificação de filmes

Um guia simples pra escolher quais tipos de filmes vamos assistir é a classificação indicativa. Saiba nesse artigo como são feitas as classificações e quais são seus devidos códigos classificativos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr