5 dicas valiosas para aprender a escolher bons livros para suas crianças

É na infância que a paixão pela leitura surge com mais facilidade. É nessa fase que os pais podem incentivar o hábito da leitura e assim fazer com que os filhos levem esse costume para a vida.

850 views   |   shares
  • Incentivar à leitura é uma responsabilidade que os pais adquirem logo que o seu lindo bebezinho nasce. Pelo menos poderia ser assim. Hoje em dia está mais fácil inserir o mundo dos livros aos pequenos. Existem livrinhos de material resistente que podem ser utilizados na brincadeira durante o banho, livros de pano que fazem ruídos e tem mordedor de silicone para as crianças que já conseguem manipular brinquedos, livros que juntam leitura e pintura com canetas e lápis especiais, além de várias outras opções. Por isso dá para ficar perdido dentro de uma livraria sem saber o que levar para a criança.

  • Algumas dicas na hora da compra são:

    1. Observe se seu filho tem um gosto especial por um tema, como dinossauro, floresta, princesas ou algum personagem de desenho ou filme.

    2. Livros interativos auxiliam na criatividade na hora da leitura.

    3. Texturas e sons também ajudam a prender a atenção dela.

    4. Se a criança tiver até três anos, os livros com gravuras vão chamar mais a atenção, juntamente com histórias curtas e repetitivas.

    5. Para os menorzinhos também se lembre de comprar os livros indicados para a idade deles. Eles são de papel resistente a mordidas e rasgos.

  • Além de comprar os livros, os pais também precisam lembrar que os filhos são uma pequena cópia de tudo o que é feito em casa. Sendo assim, quando os pais leem em casa, sozinhos ou junto com a criança, as possibilidades dela se tornar um leitor são maiores. A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, publicada no início de 2012 pelo Instituto Pró-Livro, afirma que os principais influenciadores das crianças na leitura são os professores (45%), mães (43%) e pais (17%), elevando ainda mais a responsabilidade dos pais, já que na mesma pesquisa publicada em 2007 o principal influenciador era a mãe. Hoje são os professores.

  • A jornalista Clarissa Peixoto, mãe da Helena de 3 anos, inseriu o hábito de leitura na filha de uma forma bem natural. Para ela o interesse pela literatura tem a ver com o fato de a pequena ver os pais lendo, comprando e falando sobre livros. Ela também separou uma prateleira da estante de casa para que a filha colocasse os seus livrinhos, deixando a menina responsável pela organização. Também explora a ideia de que é divertido ler, como se os livros fossem brinquedos.

  • Advertisement
  • O negócio é colocar em ação o desejo de ver os filhos lendo, não importa a idade. Abaixo seguem as listas dos melhores livros infantis de 2011 e 2012.

  • Os 30 melhores livros infantis do ano 2012
  • Os 50 lançamentos mais legais de 2011 

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Caroline é uma jornalista catarinense que optou por ser mãe em tempo integral depois do nascimento dos filhos. Ama escrever e ainda acredita que pode mudar o mundo com isso.

5 dicas valiosas para aprender a escolher bons livros para suas crianças

É na infância que a paixão pela leitura surge com mais facilidade. É nessa fase que os pais podem incentivar o hábito da leitura e assim fazer com que os filhos levem esse costume para a vida.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr