Amor e Casamento

O casamento tem sido considerado uma instituição falida. Saiba como o amor pode reverter esse quadro e construir relações mais firmes e felizes!

2,104 views   |   3 shares
  • O casamento é a união de duas pessoas que se amam. Elas decidem compartilhar suas vidas e, juntas, construir uma família. Fica muito claro que só o amor é capaz de celebrar esse tipo de união. Porque apenas com amor é possível superar as diferenças e, com respeito mútuo, vencer as dificuldades de uma vida a dois. Porém, nem sempre tem sido assim. Infelizmente muitos casamentos começam sem amor, alimentados apenas pela paixão e acabam por não possuírem uma base sólida. Segundo o site do Jornal Hoje, de acordo com pesquisas do IBGE, o número de divórcios no Brasil subiu de 1,8% a 3,11%. Isso é preocupante. Torna-se necessário rever os conceitos de amor nos relacionamentos. É preciso incentivar que os casais saibam realmente o que representa o casamento para que não se precipitem e cause sofrimentos desnecessários.

  • Para o amor, não há limites. Ele enfrenta todas as dificuldades que a convivência traz. Quando duas pessoas se casam por amor, constroem uma família numa base segura e seus filhos serão frutos desse amor. Mais do que isso, eles darão continuidade nas suas relações em família e também sociais. Muitos dos motivos que caracterizam famílias fracassadas têm suas raízes na falta de amor. É impossível ensinar algo se não há uma mínima vivência disso. Pais que se amam constroem lares felizese harmoniosos. E esse sentimento precisa ser alimentado para que dure e vença os vários desafios de uma vida em comum.

  • O amor é a base. O respeito é o adubo que mantém ele vivo. Portanto, é preciso ter atitudes diárias que possibilitem o crescimento desse sentimento que mantém as famílias unidas e, mais que isso, fazem com que elas não se desfaçam. Abaixo três pontos que devem ser levados em conta para que esteja presente no casamento:

  • 1- Respeito mútuo

  • Como já foi dito, o respeito é importante. Ele possibilita que o casal permaneça unido, com propósitos em comum. Saber compreender os limites do outro, não deixar que as diferenças atrapalhem a relação e entender que a união se faz no respeito a essas diferenças é atitude imprescindível para fortalecer o amor entre duas pessoas.

  • 2- Convivência

  • Advertisement
  • Conviver não é fácil, mas é possível. Ao decidir selar a união através do casamento, o casal está ciente de que não é mais “um”, pois ele passa a compartilhar sua vida com outra pessoa. Talvez essa seja a parte mais difícil de um casamento: incluir o outro. Mas se a pessoa entender que não se trata de uma divisão, e sim uma soma, fica muito mais fácil.

  • 3- Vontade

  • O amor é um sentimento que precisa ser alimentado e depende da ação das pessoas para permanecer vivo. É preciso vontade entre as partes envolvidas, ou seja, o casal. Entender que a ação é consequência da vontade e que o estabelecimento do amor no casamento depende de vontade e ação juntos.

  • Como se percebe, falar de amor não é mera questão de sentir e de falar. Talvez seja esse o equívoco que faz com que muitos casamentos acabem. O amor no casamento é uma construção diária, uma semeadura que culminará numa semeadura de sucesso. Quando os filhos chegam já encontram um ambiente feito de respeito, amor e outros sentimentos bons. Com certeza é esse o sonho de muitos casais que sonham com um lar feliz e um casamento eterno.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Lidiane Franqui é autora e criadora do Blog Lidiane Franqui e autora do livro "Ser feliz é possível". Ama escrever e acredita que a felicidade é construção de cada um.

 

Website: http://www.lidianefranqui.com

Amor e Casamento

O casamento tem sido considerado uma instituição falida. Saiba como o amor pode reverter esse quadro e construir relações mais firmes e felizes!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr