Como reconhecer os diferentes tipos de bullying e proteger o seu filho

Vamos revisar os tipos de bullying existentes: físico, verbal, material, moral , psicológico, sexual, virtual , e as formas de proteger seu filhos desse mal crescente em nossa sociedade.

82,932 views   |   225 shares
  • Bullying é uma coisa séria e, infelizmente, mais comum do que imaginamos, portanto todos dever estar preparados para ele.

  • O bullying é alguma forma de agressão contra o próximo, intencionalmente. Não é uma briga ou uma discussão, vai muito além disso. Começa com ou sem motivo e sua intenção é intimidar a vítima, mostrar que é mais forte ou superior em algum sentido. É sempre um ato intencional, com o agressor ou grupo de agressores querendo ferir outra pessoa ou grupo.

  • É mais comum ouvirmos notícias de bullying acontecendo na escola, mas pode acontecer no âmbito profissional, ou mesmo na família.

  • A seguir listamos os tipos ou variações de bullying:

  • 1. Físico

  • O bullying físico é aquele que, como diz o nome, traz danos físicos para a vítima. O bully, ou agressor, bate, puxa o cabelo, belisca, morde, prende a pessoa em algum lugar ou realiza algum outro ato violento por um pequeno motivo ou sem motivo algum. Como qualquer outro tipo debullying, ele pode começar na educação infantil e ir até o ensino médio, piorando no decorrer dos anos, pois o agressor adquire mais malícia e mais força.

  • 2. Verbal

  • É o tipo mais comum e mais difícil de ser identificado, pela facilidade com que as pessoas dizem coisas impensadas. São as famosas piadinhas, gozações, apelidos, ameaças e fofocas. A diferença entre este tipo de bullying e a mera brincadeira é que na brincadeira todos se divertem com a piada, e no bullying, o alvo da piada sofre. Destaca-se que o sofrimento pela palavra pode doer mais do que qualquer soco.

  • 3. Material

  • É o ato de esconder, sujar, rasgar, estragar, jogar em algum local inacessível, riscar ou danificar os pertences da vítima. Lembrando que obully quer sempre mostrar a sua força, e destruir os bens alheios é uma forma de intimidação usada para tal.

  • 4. Moral ou Sentimental

  • Este tipo é parecido com o verbal, mas as principais diferenças são que, neste, não existem as provocações, somente os apelidos, e são coisas que atacam diretamente o lado emocional da vítima, podendo fazer com que ela se afaste do convívio normal com as pessoas e enfrente sérios distúrbios, como bulimia, anorexia, mutilação, entre outros.

  • 5. Psicológico

  • É uma variação do verbal ou moral. Pode fazer com que a pessoa sempre pareça culpada, e o bully faz coisas para culpar e prejudicar a vítima, o que pode acarretar problemas mais sérios, como depressão ou mania de perseguição.

  • Advertisement
  • 6. Sexual

  • Este é mais comum quando acontece com meninas. Os principais focos do agressor são as meninas que se desenvolvem mais rápido ou que são muito atraentes. Um caso muito comum é quando a vítima está alcoolizada ou, de alguma forma, indefesa.

  • 7. Virtual ou Cyberbullying:

  • É uma extensão dos outros tipos, mas virtualmente, o que pode ser feito através de um perfil anônimo, ou não identificável. Pode ser uma ameaça, zombação direta com a vítima, fofoca entre um grupo de pessoas para excluir a pessoa ou alguma armação para um posterior tipo de bullying que ocorrerá pessoalmente.

  • Leia também este artigo para entender melhor como obullying ocorre.

  • Vejam as dicas abaixo que você pode estar informado para a proteção de seus filhos:

  • Orientação

  • As escolas estão cientes da necessidade de se falar sobre o assunto. Se não, é uma boa ideia sugerir à diretoria da mesma o trabalho preventivo como aulas, trabalhos ou palestras para conscientizar os alunos.

  • Atenção

  • Fique atento ao comportamento de seu filho: esta é uma forma de reconhecer se ele está sofrendo alguma agressão. Também fique atento a como ele reage ao receber algum SMS ou e-mail, ou em como o nome dele está sendo citado em redes sociais.

  • Conversa

  • Fale com seu filho para que, caso seja alvo, ele reaja e/ou procure alguma ajuda. Lembre-se também de falar sobre as consequências dos atos individuais para que ele não se torne um bully.Leia este artigo que dá boas dicas de como saber se seu filho é vítima de bullying na escola.

  • Confiança

  • Cuide sempre da autoestima de seu filho, para que ele confie em si mesmo e não se sinta inferior.

  • Denuncias

  • Faça com que seu filho saiba que, caso o bullying ocorra, deve contar ao orientador e sempre à você, e que não deve ter medo de se abrir, lembrando que bullying é crime.

  • Fique atento ao comportamento de seu filho e não tenha medo de perguntar a ele quantas vezes julgar necessário, afinal, bullying não é brincadeira e todo cuidado é pouco. Passando confiança e segurança você poderá protejer seu filho das consequências desastrosas do bullying.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Tatiana tem grande paixão por escrever e pretende ajudar as pessoas com isso, ou entreter, no caso de seu blog http://inspiration-tatis.blogspot.com.br.

Como reconhecer os diferentes tipos de bullying e proteger o seu filho

Vamos revisar os tipos de bullying existentes: físico, verbal, material, moral , psicológico, sexual, virtual , e as formas de proteger seu filhos desse mal crescente em nossa sociedade.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr