5 coisas que você NÃO deve fazer enquanto sua esposa está em trabalho de parto

Dicas do que fazer e do que não fazer para saber mais sobre como apoiar sua esposa nas horas antes do nascimento do bebê.

36,686 views   |   33 shares
  • Sejamos claros e diretos: o parto é um dos momentos mais difíceis e dolorosos que a sua esposa vai ter na vida dela. Vai ser cansativo, longo e difícil, e por isso você quer fazer tudo para ajudar e apoiar sua esposa. Saiba que se existe uma hora que ela precisa que você dê o seu melhor, é essa!

  • Se tudo der certo, você vai sair da experiência vendo sua esposa com outros olhos. Depois do nascimento de cada um dos nossos 3 filhos, meu marido ficou dias me olhando admirado, me elogiando e usando expressões que iam de "rainha" a "gerreira". Isso me fez sentir bem e ver que ele reconhecia o esforço fenomenal pelo qual eu tinha passado. Esse reconhecimento é bom e deve existir. Vai ajudar sua esposa a se aproximar de você, fazê-la se sentir bem com ela mesma e até ajudar a afastar aquele comecinho de depressão pós-parto que quase todo mundo tem (culpe os hormônios, não sua amada esposa).

  • Se esse apoio durante e depois é importante, igualmente são as coisas que você NÃO deve fazer durante o trabalho de parto. Quais são elas? É simples: Use seu bom senso...

  • Mas como nem todo mundo tem bom senso, vou ensinar as 5 coisas proibidas de fazer mesmo assim:

  • 1. Não critique

  • Já vai ser difícil o suficiente sem você falando coisas como: “Você não está fazendo como praticamos” ou “Você tem que maner uma atitude mais positiva, ou vai ficar difícil”. Se você não é um homem naturalmente compreensivo, finja. Mas apoie e compreenda. As falas aqui devem ser sempre de estímulos, e os atos também. Se ela tem que caminhar pelo quarto, coloque o braço dela por cima do seu ombro e aguente uma parte do peso dela para ajudar e diminuir o cansaço. Se ela aguenta por horas, você também pode.

  • 2. Não passe o tempo todo enviando mensagens ou filmando

  • É bom ter lembranças desse momento, mas lembre-se que ela precisa do seu apoio mais do que o resto do mundo precisa de notícias atualizadas a cada 3 minutos. Além disso, é desconfortável ter a filmadora ou câmera no seu rosto quando a última coisa na sua mente é o quão apresentável você está. Um ou outro filminho de poucos minutos e algumas fotos com o bebê com poucos segundos de vida no colo da mamãe já cumprem bem o papel, acredite.

  • 3. Não coloque o foco em você

  • Como qualquer homem que já entrou na sala de parto pode te dizer, não é uma coisa divertida de se presenciar. Muitos homens (a maioria, na verdade) ficam enjoados, tontos ou coisas assim. Mesmo assim, nunca chame atenção para o seu mal-estar, agora não é o momento para isso. No nascimento do nosso primeiro filho, meu marido fez um sinal para a médica mostrando que estava quase desmaiando. A médica foi curta e clara: "Se quer desmaiar vai pro corredor e senta no chão, pai, aqui não tem ninguém que vai cuidar de você”. E é isso mesmo: tudo ali está ao redor dela. Se você começar a se sentir mal, não demonstre para sua esposa. Se afaste um pouco, respire fundo, se recomponha e volte pro lado dela. Se precisar, fique o resto do tempo olhando apenas para os olhos dela e não se concentre em nada mais. A coisa mais absurda que uma mulher em trabalho de parto pode ouvir saindo da boca do marido é: “Não estou me sentindo bem”. Você não está bem? VOCÊ NÃO ESTÁ BEM?!

  • Advertisement
  • 4. Não diminua os sentimentos dela

  • Sua esposa, além das dores físicas, vai estar se sentindo muito fragilizada emocionalmente. O medo do parto em si, as incertezas do que fazer e sentir quando essa criança finalmente chegar ao mundo e a responsabilidade para o resto da vida que ela está a ponto de receber se fazem esmagadoramente reais nesse momento. Às vezes você pode banalizar esse sentimento dizendo coisas como: “Que exagero!” ou “Não sei por que você está tão preocupada”. Não diga nada que a faça sentir-se boba ou diminuída. Você deve dizer coisas que demostrem que você a entende e que você está ali pra ela e para as responsabilidades futuras, como: “Eu sei que vai ser difícil, mas eu não vou sair do seu lado nem um segundo!”, e ainda: “Pode deixar que se acontecer alguma coisa, eu vou encontrar uma maneira de resolver, vamos passar por isso juntos!”(diga isso mesmo que você saiba no fundo que têm poucas coisas nessa área que você possa de fato resolver. Não importa, é só o que ela quer escutar).

  • 5. Não ignore os esforços dela

  • Sabemos que partos são normais, e que milhares de bebês estão nascendo todos os dias. Mesmo assim, isso não faz com que cada nascimento não seja um pequeno milagre em si, e que a sua esposa não seja uma verdadeira heroína por ter passado por isso. Existem mulheres que decidem não fazê-lo pelo seu corpo, sua carreira e pela responsabilidade que acarreta. O simples fato da sua esposa estar assumindo o papel de mãe já deve ser altamente elogiado e reconhecido por você. O trabalho de parto e o próprio parto em si não é fácil nem normal para ela, e não deve ser encarado como tal. “Não sei como você está sendo tão forte!” e “Eu não sei se conseguiria no seu lugar” são o tipo de coisa que ela quer e precisa escutar de você. Aqui não estamos mais falando em criticar ou diminuir (o que você já aprendeu que não deve fazer), mas sim do outro extremo: o de levantar, elogiar e exaltar sua esposa pelo que ela fez. Sua mulher está passando pelas horas mais difíceis e escuras da existência dela e está a ponto de receber o manto sagrado da maternidade, papel que ela vai manter para sempre. Isso deve ser reconhecido e adimirado, especialmente por você.

  • O trabalho de parto e o momento do nascimento, por mais desafiador que possam ser, podem unir mais do que qualquer episódio nessa terra você e sua esposa. Vocês podem sair dessa experiência se sentindo incrivelmente próximos e confidentes um do outro. Aproveite para aumentar o elo que tem com sua companheira e faça desse um momento momorável apoiando sua esposa.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Simony é casada, mãe de 3 filhos e optou ser mãe em tempo integral. É formada em Adm. Publica pela UDESC tem um MPA pela Brigham Young University.

5 coisas que você NÃO deve fazer enquanto sua esposa está em trabalho de parto

Dicas do que fazer e do que não fazer para saber mais sobre como apoiar sua esposa nas horas antes do nascimento do bebê.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr