O que eu queria saber quando meus filhos estavam na escola

Todo pai e mãe deve comprender que a educação das crianças é no lar. A escola e os professores são auxiliares que devem ser valorizados e respeitados.

317 views   |   shares
  • Já se passou mais de uma década desde que meu filho mais novo concluiu o ensino fundamental. Meus netos são agora os alunos da família. Mesmo assim, o início de cada ano escolar continua a ser um grande problema, pois embora não tenhamos crianças na escola, minha esposa é professora do ensino médio.

  • Ao longo das últimas duas décadas, ela também trabalhou como assistente de diretor, especialista em recuperação de leitura, especialista em ciência, e como mentora de estudantes universitários em estágio de ensino. Porém, lecionar em sala de aula sempre foi sua maior paixão.

  • Através desses anos, temos discutido muitas vezes as coisas que gostaríamos de ter tido conhecimento quando nossos próprios filhos estavam começando a escola. Claro, nós também discutimos com os atuais alunos e pais condutas que poderiam melhorar sua experiência escolar. Aqui estão algumas sugestões:

  • O envolvimento dos pais é fundamental para o sucesso das crianças

  • . Os pais precisam participar ativamente da educação de seus filhos. Leia com seu filho todos os dias. Verifique se você tem livros em casa que estão ao nível apropriado de leitura deles de acordo com a idade. Se você não tiver certeza, pergunte a um de seus professores.

  • O MEC - Ministério da Educação e Cultura oferece um guia série a série e aconselhamento sobre como os pais podem acompanhar e estar familiarizados com os princípios de aprendizagem e metas anuais para seus filhos.

  • Comente a lição de casa com seu filho, os trabalhos e pesquisas. Dê ênfase à importância da educação. A participação direta dos pais é provavelmente o fator mais importante no sucesso e desenvolvimento educacional de uma criança. Assistência frequente em atividades escolares é um sinal de que a sua família agrega um alto valor à educação.

  • A entidade norte-americana "National Science Teachers Association" cita numerosos estudos que mostram que quanto mais precoce e frequente for o envolvimento dos pais melhores serão as habilidades de aprendizagem das crianças.

  • As primeiras séries são realmente fundamentais

  • . Se o seu filho está se esforçando no pré-escolar, primeiro ou segundo ano, não lhe diga que ele ou ela serão capazes de aprender melhor em anos posteriores. Preste atenção para o trabalho que seus filhos levam para casa e acompanhe as áreas onde você tem preocupações. Se um professor se preocupa em mandar um bilhete sobre algum problema, por favor, responda. Envie um e-mail ao professor ou deixe uma mensagem de telefone detalhada, uma vez que a maioria dos professores está ocupada durante o dia na escola.

  • Advertisement
  • Seja um participante

  • . Participe de reuniões de pais e professores e, se possível, seja um voluntário. Ofereça-se para ajudar com as atividades de sala de aula, a apresentação de documentos, ou ajudar os que têm dificuldade com a leitura. Certifique-se de que o professor sabe que você vê a educação como uma prioridade. Converse com os professores do seu filho, os orientadores educacionais ou diretor imediatamente se você tiver dúvidas ou preocupações.

  • Não seja uma pedra no sapato

  • . Alguns pais parecem acreditar que a melhor maneira de chamar a atenção para o seu filho é ser exigente. Através dos anos, alguns pais solicitavam que minha esposa fornecesse relatórios detalhados diários sobre o comportamento de seu filho. Um pai pediu um currículo de matemática individualizado para seu filho superdotado. Uma mãe sempre aparecia no início da aula querendo gastar 15 ou 20 minutos discutindo o progresso de seu filho. Um pai pediu à minha esposa que liberasse seu filho 30 minutos todos os dias para tratamento médico.

  • Responder a essas solicitações simplesmente não é viável para a maioria dos professores que frequentemente não têm tempo durante o horário de trabalho e ao chegar em casa precisam de tempo também para preparar a aula do dia seguinte.

  • Mantenha as crianças em sala de aula

  • . Minha esposa teve um aluno cujos pais queriam ausentá-lo da escola três vezes por ano, para férias em família. Cada uma dessas férias durava mais de uma semana. Não era de se estranhar que o aluno estivesse atrasado em todas as matérias. Em um estudo de 2008, o Centro Nacional para Crianças em Situação de Pobreza indica que as crianças que perderam 18 ou mais dias de aula no pré-escolar tiveram notas menores em matemática, leitura e testes de conhecimentos gerais no final da primeira série que aqueles que perderam seis dias ou menos.

  • Aproveite a assistência disponível

  • . Alguns pais receiam que seus filhos participem de programas de reforço escolar. Temem que a ajuda especializada possa resultar em provocação ou bullying por parte de seus colegas. Na maioria das vezes a assistência é altamente valiosa. Qualquer provocação é nada em comparação com os problemas que eles terão em anos posteriores, se tiverem problemas para ler, interpretar textos ou fazer contas.

  • Respeite os professores

  • . A maioria dos professores trabalha muito mais do que você pode imaginar. Doze horas de trabalho são muito mais comuns que oito horas. Os professores na escola da minha esposa têm 30 minutos para o almoço e parte desse tempo é utilizado para buscar as crianças no refeitório. Idas ao banheiro não são frequentes e quando precisam é com pressa, porque geralmente deixam a classe sozinha.

  • Advertisement
  • Atualmente é comum criticar e questionar a educação pública. Realmente há muitos problemas, e os professores que eu conheço trabalham porque gostam de ajudar as crianças. Eles alegremente sacrificam tempo e recursos pessoais para uma criança que precisa. Debater o modelo de educação nacional com eles sem valorizar seus esforços e apontar alternativas viáveis não é uma boa estratégia.

  • Reconheça o seu papel

  • . Crianças em idade escolar gastam 70 por cento de seu tempo fora de sala de aula. Os professores normalmente têm um máximo de 200 dias para interagir com uma criança. Esse tempo é dividido entre 20-30 crianças em média no ensino público. Há um limite para o quanto um professor pode fazer nesse breve período.

  • A coisa mais importante que eu gostaria de ter compartilhado com meus filhos antes de começaram a escola é dar o meu exemplo. A principal responsabilidade de educar uma criança reside com os pais. Professores e escolas são apenas recursos.

  • Traduzido e adaptado por Stael Metzger do original What I wish I'd known when my kids were in grade school, de Flint Stephens.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Flint Stephens has a master's degree in communication. He is an author and writes a parenting blog.

Website: http://www.utahvalleydad.com

O que eu queria saber quando meus filhos estavam na escola

Todo pai e mãe deve comprender que a educação das crianças é no lar. A escola e os professores são auxiliares que devem ser valorizados e respeitados.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr