Como ensinar seu filho a dizer "não" quando sentem que algo está errado

Proteja seu filho mesmo não estando por perto. Veja algumas medidas que podem ajudar-lhe a ensinar seu filho a reconhecer e evitar o perigo.

1,848 views   |   3 shares
  • Saiba como proteger seus filhos, mesmo quando não está por perto.

  • Todos os pais zelosos gostariam de poder proteger seus filhos 24h por dia, porém, essa é uma tarefa impossível, já que não se pode colocá-los em uma redoma de vidro. Os filhos estão no mundo e, portanto, sujeitos a todo tipo de influência, boa e má.

  • Embora não se possa colocá-los em uma redoma de vidro, pode-se ensiná-los a criar sua própria redoma para protegerem-se. A responsabilidade dos pais vai além de amar e educar. É preciso ensinar os filhos a serem capazes de reconhecer o perigo e de evitá-lo. Vejamos algumas medidas que podem ajudar:

  • 1 - Os filhos precisam saber claramente o que é certo e errado, e os pais ensinam isso aos filhos por meio de palavras e, principalmente, pelo exemplo. Estabeleça valores e aplique esses valores em sua vida. Se suas palavras não estiverem de acordo com suas atitudes, seu filho poderá não saber claramente o que é certo ou errado, e essa confusão será prejudicial no momento em que ele estiver sozinho e precisar fazer uma escolha. Portanto, estabeleça essa diretriz pessoal, de ser exemplo daquilo que ensina.

  • 2 - Estabeleça um elo de confiança com seu filho, esse elo pode ser construído através da escuta incondicional. Escute seu filho ao invés de brigar, julgar ou criticar. Quando houver a necessidade de correção, faça com amor, valorizando a atitude dele de procurá-lo(a); e depois construa com ele um entendimento acerca do erro e suas consequências. Ajude-o a encontrar alternativas para resolver a questão.

  • 3 - Faça do diálogo um recurso constante em seu lar, converse com seu filho, conte-lhe suas experiências de vida, e certifique-se de que seu filho saiba que pode conversar com você sobre qualquer assunto.

  • 4 - Ensine-lhe a tomar as decisões corretas antes das situações acontecerem, converse com seu filho sobre situações problema e possíveis saídas.

  • 5 - Trabalhe a questão da autoestima com seu filho, ajude-o a saber de si mesmo e a reconhecer seu valor individual. Você pode fazer isso reconhecendo as habilidades pessoais de seu filho e investindo no desenvolvimento dessas habilidades. Elogie seu filho e enfatize suas conquistas, evite críticas e julgamentos. Lembre-se, não existem críticas construtivas, criticar significa fazer comentários desfavoráveis sobre algo ou alguém, e esse tipo de atitude contribui para a baixa autoestima. Ao invés de criticar, proponha alternativas mais favoráveis. Pessoas com autoestima elevada são mais seguras para defender o que acreditam, e não se submetem às pressões sociais com facilidade.

  • Advertisement
  • Seu filho será perfeitamente capaz de dizer "não" quando sentir que há algo errado se possuir valores e princípios claramente estabelecidos (aprendidos através do exemplo dentro do lar), se ele confiar plenamente em você (sabendo que pode lhe contar qualquer coisa), se tiver desenvolvido o hábito de decidir antes o que fazer em determinadas situações e possuir autoestima elevada.

  • Essas medidas contribuirão para que os filhos criem sua redoma de vidro, aquela que os pais não podem criar por eles, apenas ensiná-los, e que lhes servirá de proteção quando algo estiver errado.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

Como ensinar seu filho a dizer "não" quando sentem que algo está errado

Proteja seu filho mesmo não estando por perto. Veja algumas medidas que podem ajudar-lhe a ensinar seu filho a reconhecer e evitar o perigo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr