Alimento de gente x Alimento de bicho

Existem alimentos bons para o ser humano que podem ser muito ruins para a saúde dos animais. Veja aqui quais são.

276 views   |   shares
  • Visitar o supermercado rotineiramente para comprar o que há de mais fresco e nutritivo é quase um mandamento quando se trata de cuidado com a alimentação da família. Procuramos oferecer legumes, frutas e verduras para aqueles que amamos, pois sabemos que são alimentos saudáveis e importantes para todos os processos orgânicos. Além disso, evitamos ter em casa comidas ricas em gorduras transgênicas, colesterol, açúcar e compostos químicos, pois sabemos o mal que fazem.

  • Infelizmente, não costumamos ter o mesmo pensamento quando se trata da nutrição de nossos animaizinhos. A comida caseira não é ruim para eles, mas deve ser preparada do modo correto e ofertada de forma que todos os nutrientes que eles precisam estejam presentes em todas as refeições. As rações de boa qualidade que compramos nas lojas especializadas já têm tudo isso, o que facilita o trabalho. Animal não deve comer o “resto” da nossa comida. Não é saudável. Além disso, eles têm o metabolismo diferente do nosso. Há alimentos que são ótimos para o ser humano, mas não servem para outros mamíferos e aves.

  • Algumas “comidas de gente” podem ser altamente tóxicas a determinadas espécies animais e podem provocar morte. Listamos abaixo alguns deles:

  • Abacate

  • tanto a própria fruta, como as folhas, caule e raízes da árvore possuem uma toxina chamada persina, que provoca vômitos e diarreia em aves e mamíferos domésticos.

  • Bebidas alcoólicas

  • dependendo da quantidade de álcool ingerida por seu animalzinho, pode-se observar desde vômitos, diarreia, depressão, dificuldade respiratória, coma, e até mesmo morte.

  • Chocolate

  • um composto chamado teobromina é altamente tóxico aos cães, gatos e ferrets; dentre os sinais, estão vômitos, diarreia, arritmias cardíacas, tremores, convulsões e morte.

  • Cafeína

  • extremamente tóxica aos animais domésticos, afeta tanto o coração quanto o sistema nervoso; os sinais são muito similares àqueles observados nas intoxicações por chocolate.

  • Uvas e passas

  • não se sabe exatamente o mecanismo de ação da toxina, mas os cães são os mais suscetíveis a se intoxicarem; os sintomas são hiperatividade, vômitos, diarreia, arritmias cardíacas e problemas renais que levam à morte.

  • Nozes e castanhas

  • esses alimentos possuem uma toxina desconhecida que provoca efeitos deletérios nos sistemas nervoso, digestivo e muscular, como tremores, fraqueza, vômitos, depressão, inatividade e enrijecimento dos membros.

  • Advertisement
  • Cebola e alho

  • contêm um composto sulfúrico que pode causar irritação gástrica e danos nos glóbulos vermelhos sanguíneos, levando a anemia severa.

  • Além destes, sementes de maçã e pera, caroços de pêssego, nectarina, ameixa e cereja, sementes de mostarda, folhas e caule de batata e tomate, e ruibarbo podem levar a quadros de intoxicação em animais.

  • Por isso, devemos tomar muito cuidado com o que oferecemos a eles rotineiramente. E é sempre bom lembrar que não existe quantidade segura destes alimentos a ser ingerida. Pode bastar apenas um pouquinho e uma única vez para intoxicá-los seriamente.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Fernanda Trida é jornalista, médica veterinária, dona de casa, esposa, mãe de Marcela, com três anos, e de João, com um ano de idade.

Alimento de gente x Alimento de bicho

Existem alimentos bons para o ser humano que podem ser muito ruins para a saúde dos animais. Veja aqui quais são.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr