10 formas que a influência de uma mãe pode mudar o futuro da humanidade

Veja como ensinar os filhos a serem trabalhadores, bons pais e mães de família, e mudarem o mundo para melhor.

6,853 views   |   23 shares
  • “A maternidade é a maior influência em potencial, tanto para o bem quanto para o mal, na vida humana. A imagem da mãe é a primeira que se fixa na página em branco da mente da criança. É o seu carinho que desperta em primeiro lugar um senso de segurança; seu beijo, a primeira noção de afeição; sua bondade e afeto, a primeira certeza de que existe amor no mundo”. (David O. McKay)

  • Que sagrada responsabilidade e que desafio imenso!

  • Ao nos depararmos com a magnitude dessa tarefa, podemos nos indagar: Como despertar esse senso de segurança em nossos filhos em meio a tantos perigos físicos e espirituais? Como transmitir a certeza de que existe amor no mundo quando nos deparamos com uma sociedade corrupta, violenta e moralmente abalada?

  • Ao ponderar sobre essas questões, leve em consideração os seguintes conselhos:

  • 1) Simplifique sua vida

  • Faça uma avaliação sincera de suas atribuições e priorize o que for realmente essencial. Acredito que o grande desafio das pessoas de bem não está em escolher entre o bem e o mal, mas em conseguir escolher entre o que é bom e o que é melhor.

  • Lembre-se que a responsabilidade primordial da mãe é cuidar dos filhos. É claro que o pai e a mãe devem apoiar-se mutuamente nessa sagrada responsabilidade. Mas é preciso que você tenha isso sempre em mente ao definir suas prioridades.

  • Nossas atribuições diárias de nutrir, cuidar e ensinar os filhos podem muitas vezes parecer banais, insignificantes e difíceis. Mas ao lembrarmos que somos filhas de um Pai Celestial que nos ama, isso fará toda a diferença na forma como lidamos com elas.

  • “(...) Com o passar dos anos, serão cada vez mais gratas pelo que fizerem para moldar a vida de seus filhos de maneira que tenham retidão, integridade e fé. É mais provável que isso aconteça se passarem tempo suficiente com eles.” (Gordon B. Hinckley).

  • Portanto, faça o rol de suas prioridades e elimine as atividades que não forem essenciais ou que puderem ser dispensadas.

  • Você se sentirá incrivelmente leve após essa faxina em sua agenda.

  • 2) Ore POR eles e COM eles

  • Busque auxílio divino em seu encargo sagrado de criar os filhos do Pai Celestial. Ore por mais paciência, mais amor, mais sabedoria e o que mais você estiver precisando.

  • Mesmo que sua realidade atual seja diferente da que você tenha sonhado, seu amoroso Pai Celestial a conhece e a ama. Você nunca está sozinha.

  • Abra seu coração a Ele em fervorosa oração e Ele certamente lhe responderá.

  • Advertisement
  • Também dediquem algum tempo para orar com seus filhos. Permita que eles sintam sua fé. Lembre-se que “a oração feita por [uma mãe justa] pode muito em seus efeitos” (Tiago 5:16).

  • 3) Aproveite as idas e vindas

  • O tempo que você gasta levando e buscando seus filhos para a escola e para diversas outras atividades pode ser utilizado para conversarem sobre os mais diversos assuntos.

  • Pergunte-lhes como foi a aula, o que fizeram, o que gostaram ou o que não gostaram.

  • Além de somente ouvir o que aconteceu, ajude-os a se expressar perguntando como se sentiram a respeito.

  • 4) Seja amiga de verdade

  • Ouça o que seus filhos têm a dizer. Não se apresse em julgar e criticar. Converse, brinque, ria, cante com eles. Chore com eles quando for necessário, abrace-os e os elogie sinceramente.

  • Permita-se passar algum tempo com cada filho individualmente. Um tempo descontraído e sem pressa.

  • 5) Leia para eles

  • Literatura nacional e estrangeira, romances, aventura, poesia e, é claro, as sagradas escrituras. Além de incutir em seus filhos o hábito da leitura, você estará plantando as sementes do amor pelas escrituras.

  • 6) Façam refeições juntos

  • À medida que os filhos vão ficando mais velhos, isso se torna cada vez mais difícil, em razão das várias atividades de cada um. Mas esforce-se para fazer pelo menos uma refeição em família todos os dias. Nem que seja apenas um lanche.

  • O importante é que seja um momento para conversas alegres, nas quais seja possível compartilhar os planos e as atividades do dia e momentos especiais de ensino.

  • 7) Separe uma noite para a família

  • Reserve uma noite da semana para ser a noite da família. Esse será um tempo reservado para o ensino espiritual e para promover a união da família.

  • Escolha uma passagem das escrituras ou um ensinamento a ser debatido.

  • Lembre-se de fazê-lo de maneira leve e, de forma alguma, utilize essa noite familiar para dar broncas ou para tratar de problemas individuais.

  • O objetivo é ensinar e promover a união da família.

  • Aproveite essa noite, também, para fazer alguma atividade divertida que a família goste, como brincadeiras, jogos ou um passeio especial.

  • 8) Façam coisas juntos

  • Faça com que os passeios, aniversários, viagens e datas comemorativas sejam momentos especiais, dignos de boas recordações.

  • Envolva os filhos nos preparativos. Faça que a preparação já seja parte da diversão.

  • Permita que seus filhos ajudem nas tarefas domésticas. Mesmo que o resultado não seja tão bom, mesmo que você vá gastar mais tempo ensinando e, às vezes, até refazendo o que ele fez. Aproveite essa oportunidade de estar junto com eles, ensinando e incentivando os pequenos progressos.

  • Advertisement
  • 9) Tenha uma atitude positiva

  • Sei que nem sempre é fácil, mas tente encontrar alegria na jornada da vida. Se por um lado temos muitos desafios, por outro temos bênçãos inumeráveis!

  • Quando me sinto desanimada, um exercício que me ajuda a melhorar é fazer uma lista de todas as coisas pelas quais sou grata ao Pai Celestial. Mas todas as coisas mesmo! Até aquelas que muitas vezes passam despercebidas, como o ar que respiramos, o sol tão bonito, e tantas outras coisas.

  • Gosto muito da letra de um hino que diz:

  • “Conta as bênçãos, conta quantas são,

  • Recebidas da Divina Mão,

  • Uma a uma, dize-as de uma vez,

  • E verás, surpreso, quanto Deus já fez.”

  • 10) Ame verdadeiramente

  • Reserve tempo para demonstrar carinho e afeição a seus filhos.

  • O amor que sentimos por nossos filhos é algo tão enraizado em nosso ser que para nós chega a ser uma coisa óbvia. Entretanto, para eles pode não ser tão evidente assim, a menos que façamos um esforço consistente em demonstrar isso.

  • Expressar o amor por meio de atos já faz parte do dia a dia da mãe. É preciso ir além. É preciso dizer (com frequência!) as palavras mágicas: “Eu amo você! Não importa o que aconteça, eu sempre vou te amar”.

  • Todo sacrifício vale a pena quando nos esforçamos para criar nossos filhos em luz e verdade, amando-os de todo o coração.

  • Afinal, “aquela que pinta uma obra prima ou escreve um livro que influenciará milhões merece a admiração e o aplauso da humanidade, mas aquela que cria com sucesso uma família de filhos e filhas saudáveis e belos, cuja influência será sentida por muitas gerações futuras (...) merece a maior honra que o homem pode conceder e as mais ricas bênçãos de Deus”. (David O. McKay)

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Marilia Condé Aguilar é advogada, escritora, esposa e mãe. Adora pesquisar e está sempre em busca de soluções práticas para ajudá-la a equilibrar suas responsabilidades familiares e profissionais.

Website: http://lar-umpedacinhodoceu.blogspot.com.br/

10 formas que a influência de uma mãe pode mudar o futuro da humanidade

Veja como ensinar os filhos a serem trabalhadores, bons pais e mães de família, e mudarem o mundo para melhor.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr