Ajudando seus filhos a serem responsáveis pelas consequências de seus atos

Veja como ser justo ensinando a seu filho de maneira correta que seus atos têm consequências e que ele deve ter responsabilidades e reparar seus próprios erros.

2,107 views   |   12 shares
  • É verdade, nós amamos tanto nossos filhos que, muitas vezes, queremos protegê-los a todo custo. Mas devemos lembrar que em qualquer idade é preciso haver responsabilidades e princípios éticos. Nossos filhos precisam aprender pelo bom exemplo e compreender que a correção é para seu próprio bem e segurança.

  • Para alguns pais, é doloroso "penalizar" os filhos por terem feito algo de errado; para outros, a melhor forma de ensinar é com a "surra", mas, talvez, não se esteja pensando na eficácia da repreensão apresentada. Por exemplo, meu pai nunca levantou a mão para mim ou para meus irmãos e nós nunca o desrespeitamos.

  • Antigamente, eram aplicadas correções de forma severa e até violenta, não havia conversas, o sentar e conversar, explicar. As regras eram: "Se fizer algo de errado, vai apanhar." O que na maioria dos casos não adiantava, afinal, a violência não demonstra bom exemplo, pode inclusive formar traumas e destruir uma relação familiar. Então, como permitir que seus filhos arquem com as consequências?

  • Estabeleça regras

  • As regras são sumamente importantes, pois estabelecem e delineiam os limites de uma boa conduta, criam um relacionamento adequado baseado em valores e princípios, determinando hábitos e exemplificando no cotidiano os benefícios desses.

  • Discipline (retire um privilégio)

  • Esse método de educação é muito eficiente, se a criança for educada desde pequena sob esse aspecto, tem grandes chances de ser um adulto equilibrado, pois compreenderá que perderá algo de valor se cometer um erro. Tirar esse privilégio não envolve punir a criança, não permitindo ela de comer, beber ou usar o banheiro, envolve retirar, por um período, algo de que ela goste, vídeo game, brinquedo...

  • Informe

  • É relevante, ao repreender seu filho por um erro, que você informe o motivo e diga o que será tirado dele e o porquê será tirado, mas fale que assim que o comportamento dele melhorar e ele refletir e se desculpar, quando estiver arrependido, ele poderá ter de volta o bem retirado, momentaneamente. Não é preciso gritar, ameaçar ou bater na criança, isso trará sentimentos negativos, o melhor é conversar com seriedade, confiança, paciência, sem se irritar.

  • Pagar ou ressarcir

  • Se seu filho roubou, quebrou ou danificou algo de outra pessoa? Depois de uma boa conversa, o ideal é fazê-lo pagar pelo objeto. Se ele tiver mesada, pagará com ela; se não, os pais devem pagar e o filho passa a ter uma dívida com os pais. O filho pode pagar fazendo algo para os pais, cortando a grama, ajudando em alguma atividade doméstica ou melhorando as notas através do estudo.

  • Advertisement
  • Ensino prático

  • Caso seu filho tenha xingado alguém ou faltado com respeito, depois de fazê-lo desculpar-se, você pode e deve levá-lo a uma instituição filantrópica; faça ele participar de algum programa voluntário, com certeza, após alguns dias, ele sairá de lá mais humilde e respeitoso com seu próximo.

  • A melhor forma de educar é com amor e bons exemplos. A violência não gera consciência, apenas sentimentos negativos. Cuide e ensine de forma correta a seus filhos e eles lhe darão orgulho de quem são ou de quem se tornarão.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.

Website: http://fernandaferrazmeuspassospelocaminho.blogspot.com.br

Ajudando seus filhos a serem responsáveis pelas consequências de seus atos

Veja como ser justo ensinando a seu filho de maneira correta que seus atos têm consequências e que ele deve ter responsabilidades e reparar seus próprios erros.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr