Como ajudar um cônjuge teimoso

Algumas dicas de como lidar com um cônjuge teimoso.

3,905 views   |   14 shares
  • Amor é a palavra chave para todos os males, quando decidimos dizer "sim" no casamento, decidimos amar e respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

  • Decidimos pelo "sim" para o desafio de amar. Mas como lidar com uma situação inesperada no casamento, que sempre imaginamos momentos antes do “sim”, que será repleta de alegria e felicidade? Pois bem, o desafio de amar não consiste em transformar nosso amado no que queremos que seja, se assim tentarmos teremos uma grande probabilidade de defrontarmos com o insucesso.

  • O casamento, não apenas em um dia, mas em muitos e muitos dias, assim esperamos, é uma jornada de exploração e demonstração genuína de amor, mesmo nos momentos mais desafiadores. A verdade é que amor é mais que um sentimento, também são ações, e ações são feitas de escolhas e decisões. Quando decidimos amar, decidimos que estamos no mesmo barco, prontos para o sucesso conjunto.

  • O amor não busca seus próprios interesses, é sofredor e transformador, quando demonstrado verdadeiramente tem o poder de fazer mudanças ou mostrar as mudanças nos dois, não apenas no teimoso.

  • Nessa jornada são naturais os confrontamentos de ideias e opiniões, afinal cada um teve sua criação, embora muitas vezes partilhasse dos mesmos princípios, região, mas ainda sim, diz o dito popular: “Cada cabeça uma sentença.”

  • Teimosia é persistir no erro, mas cabe uma pergunta: Será que todas às vezes foi ele quem errou? Ele que está persistindo no erro? Ou eu quero que seja simplesmente do meu jeito? Mas se concluirmos que ele realmente é teimoso, podemos fazer pequenas coisinhas que podem ajudar.

  • Amar verdadeiramente

  • Quando defrontamos com a teimosia, a persistência no erro nas ações de nosso amado, e nos momentos em que perdemos a paciência com tais atitudes, precisamos buscar dentro de nós os momentos bons e agradáveis, o que nos moveu a dizer “sim”; precisamos buscar o amor, e amar verdadeiramente nosso companheiro. Não há teimosia que resista ao amor.

  • Sorria e use as palavras mágicas sempre

  • Ninguém gosta de estar com uma pessoa rancorosa que vive de cara feia, nada é tão ruim quanto a grosseria e a falta de respeito. Ser rude e descortês é constrangedor e irritante. Num casamento duradouro não há espaços para palavras ásperas e rudes, pois isso pode matar o amor de qualquer pessoa.

  • Quando uma pessoa é guiada pelo amor, seu comportamento, ações e palavras condizem com a gentileza e educação; tais atitudes são intencionalmente favoráveis para o bem-estar do companheiro, e a lei de reciprocidade será verdadeira e natural.

  • Advertisement
  • Como diz o Livro “O desafio de amar de Alex Kendrick”: “O ponto principal é que o amor verdadeiro presta atenção em seu comportamento.”

  • Seja paciente

  • A paciência é um talento que pode ser desenvolvido e aperfeiçoado; uns são mestres nesse quesito e outros precisam melhorar. Podemos fazer uma avaliação simples: Quando somos defrontados pelas nossas atitudes com qual frequência me irrito ou quanto tempo levo para me defender sem que o questionador tenha terminado?

  • Ninguém gosta de ser defrontado, muito menos quando os erros ou algo que vá bater de frente com as atitudes são apontados. Para que nosso parceiro seja menos teimoso, precisamos ser pacientes.

  • Use do perdão

  • Muitas das atitudes do teimoso magoam, ou prejudicam o coletivo. Use do amor para perdoar quando se sentir ofendido ou lesado, seja caridoso e procure o verdadeiro perdão. Não fique remoendo os erros do parceiro, mas procure pensar nos acertos que também são muitos.

  • Converse francamente

  • Quando usamos do amor, somos educados, pacientes e não guardamos as mágoas dentro do coração; estamos mais preparados para conversar com nosso amado como conversávamos antes do “sim”. Conversar com amor e não apontar os defeitos, mas enaltecer as virtudes. Após tudo isso, o ambiente será propício e o amado saberá dentro de si o que precisa melhorar.

  • Se fizermos isso o coração estará mais preparado para ouvir o que temos a dizer e nunca se esqueça de usar as palavras mágicas como: por favor, eu te amo e obrigado.

  • Lembre-se, temos a responsabilidade de guiar e proteger o coração. Nunca desista, seja “persistente” com o teimoso. Decida ser feliz e fazê-lo feliz.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Gosto da boa literatura, dos mais diversos assuntos principalmente quando são relacionados à família e seu desenvolvimento. Sempre procuro ler e escrever, amo estar com minha família e dedicar tempo ao meu marido e a cada um de meus filhos.

Como ajudar um cônjuge teimoso

Algumas dicas de como lidar com um cônjuge teimoso.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr