Como ensinar as crianças a ficarem atentas ao perigo ou a estranhos

Pais e mães precisam estar atentos ? s dicas de segurança para os filhos. Veja dicas básicas.

6,624 views   |   19 shares
  • Nossos filhos não vão ficar a vida toda debaixo das nossas asas. Eles crescem bem rápido e como pais temos o dever de orientá-los desde cedo sobre as armadilhas que o mundo tem para oferecer. Desde as pequenas, como a tomada que ele não pode colocar o dedo, até aquelas que nos fazem ter frio na barriga só em pensar, como pessoas estranhas que podem querer fazer mal a eles.

  • A partir dos três anos as crianças já conseguem entender algumas coisas e então podemos dar algumas noções de cuidados. Mas lembrem-se: ensinar os filhos sobre segurança não tira a nossa responsabilidade como pais de zelar por eles.

  • Atravessar a rua

  • O exemplo é sempre a melhor forma de ensinar. Mostre que é preciso atravessar na faixa de pedestres, olhar para os dois lados e sempre em linha reta.

  • Quando a bola cair na rua

  • a criança não deve correr atrás dela antes de observar se há carros se aproximando. Muitos atropelamentos acontecem dessa forma.

  • Andar de bicicleta, patins ou skate

  • Ensine a sempre andar em locais seguros, sem movimentação de carros, e utilizar capacete e joelheira. Se for andar em lugar que tenha trânsito, sempre andar no fluxo dos veículos e antes de atravessar uma rua parar e olhar para os dois lados. Veja mais dicas neste link.

  • Empinar pipa

  • Sempre em locais abertos, sem fios e postes de energia. Fale sobre os perigos de utilizar o cerol e que a criança nunca deve tentar pegar uma pipa presa num poste. Além disso, há o perigo de quedas caso queira brincar em lugares altos, como lajes.

  • Piscina

  • Ensine a sempre nadar com um companheiro e respeitar as placas de proibição nas praias, os guarda-vidas e verificar as condições da água. Fale para não brincar de empurrar dentro da água ou simular que está se afogando. Saber ligar para um número de emergência (193 ou 192) e passar as informações de localização e do que está acontecendo em caso de perigo também é muito importante.

  • Se a criança se perder?

  • Em locais com muita gente, como shopping e praia, as crianças podem dar um susto nos pais. Estimule seu filho a decorar o número de telefone de casa ou o celular de um dos pais. Dependendo do local onde for o passeio um papel com os dados da criança e telefone também podem ser colocados no bolso dela. Ensine que não deve sair do lugar caso perceba que esteja perdido ou deve pedir ajuda para um policial, segurança, salva-vidas. Se estiver na rua ela deve entrar numa loja ou restaurante e falar com um funcionário do local.

  • Advertisement
  • Em caso de desaparecimento, a polícia deve ser informada imediatamente. Não há mais necessidade de esperar 24 horas para fazer o boletim de ocorrência. Quanto mais rápido se dirigir a um posto policial e registrar o sumiço, maiores serão as chances de encontrar a criança.

  • Internet

  • Nesses tempos de tecnologia os pais devem ter muito cuidado com o que os filhos colocam nas redes sociais. Ensine que não pode publicar informações pessoais dele e da família, como onde moram, onde estudam, os locais que frequentam e, muito menos, colocar fotos que identifique esses lugares. Estimule seu filho a falar sobre conversas que tenha em bate-papos, principalmente se ele achar que tem alguma coisa diferente, como falas sobre contato físico ou encontros. Fale também sobre os perigos de marcar um encontro com uma pessoa que ele conheceu pela internet.

  • Pessoas estranhas

  • Explique aos seus filhos que não devem conversar com estranhos e nem aceitar presentes ou doces de outras pessoas; nunca entrar no carro de um desconhecido ou até do vizinho da rua. Diga para entrar numa loja ou local com mais pessoas caso perceba que está sendo seguido e pedir ajuda. Além disso, ensine que ele sempre deve avisar onde está indo, mesmo que a saída seja com a mãe de algum amiguinho.

  • Nessa conversa, vale também falar sobre ser tocada por outra pessoa. Diga que um carinho na cabeça é aceitável, mas que, no restante do corpo, é melhor que apenas papai e mamãe tenham acesso. É isso que diz a autora do livro O Livro das Emergências – O que toda criança esperta precisa saber sobre segurança,_Aline Angeli. Ela também diz que os pais devem falar isso de forma tranquila já que crianças pequenas não têm malícia e encaram a explicação de forma prática.

  • Essas instruções precisam ser repetidas sempre que for necessário já que as crianças não vão entender da primeira vez que for falado. A repetição é sempre uma forma de lembrá-los o que fazer na hora que um incidente acontecer.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Caroline é uma jornalista catarinense que optou por ser mãe em tempo integral depois do nascimento dos filhos. Ama escrever e ainda acredita que pode mudar o mundo com isso.

Como ensinar as crianças a ficarem atentas ao perigo ou a estranhos

Pais e mães precisam estar atentos ? s dicas de segurança para os filhos. Veja dicas básicas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr