Primeiros socorros para casos de queimadura em crianças

As queimaduras em criança podem se agravar caso você não tome as devidas providências emergenciais. Aprenda como proceder.

2,749 views   |   3 shares
  • Segundo o site infoescola, “As queimaduras são lesões causadas na pele provocadas por contato direto com: produtos químicos, radiação, calor ou frio, por certos animais e vegetais (como ex.: larvas, água-viva, urtiga), corrente elétrica, entre outros agentes, podendo atingir também os músculos, mucosas, vasos sanguíneos, nervos e ossos e que causam dores de intensidades e graus diferentes, dependendo da extensão das queimaduras, e que podem ainda levar a infecções”.

  • Ver um filho queimado deixa os pais muito angustiados e nervosos. Ao agirem impulsivamente com a intenção de tentar aliviar a dor da criança, eles podem acabar agravando a lesão, quando passam medicamentos errados ou colocam produtos inadequados sobre a lesão. Por isso é importante saber como agir corretamente diante de uma emergência e, em casos mais graves, tratar a queimadura adequadamente, segundo as instruções do médico.

  • Antes de aprender quais medidas tomar diante de uma queimadura, saiba que há três graus de profundidade de queimaduras tratáveis. Vamos falar resumidamente sobre cada um deles.

  • Queimaduras de 1 ° grau

  • Atingem somente a superfície da pele. Causam dor, vermelhidão, inchaço, mas não provocam bolhas.

  • Queimaduras de 2 ° grau

  • Atingem a epiderme e a derme (primeira e segunda camada da pele). Causam forte dor, deixam a pele avermelhada e com bolhas.

  • Queimaduras de 3° grau

  • São bastante profundas. Atingem a hipoderme, podendo chegar aos músculos e ossos. Tem a aparência esbranquiçada ou escurecida. Apresentam pouca ou nenhuma dor, pois danificam as terminações nervosas, que são responsáveis pela dor.

  • Cada tipo de queimadura demanda cuidados específicos, dependendo do que a causou, da sua extensão e profundidade. Exceto as causadas por eletricidade e explosivos, as queimaduras requerem os seguintes procedimentos emergenciais:

  • 1 – Esfrie o ferimento

  • . Coloque a parte queimada embaixo da torneira com jato fraco ou mergulhe-a num pote com água fria. Deixe por 15 a 30 minutos, até a dor passar. Se a queimadura do seu filho for grave, ligue para a SAMU, pelo número 192 e vá aliviando a dor dele, enquanto o socorro não chega. Se a extensão queimada for grande, coloque-o com roupa e tudo embaixo do chuveiro frio. Senão, mergulhe a parte afetada num balde ou outro vasilhame desinfetado.

  • Advertisement
  • 2 – Avalie o ferimento

  • . Dê uma boa olhada na lesão e identifique o grau da queimadura, conforme as descrições dadas acima.

    • Se for de 1º grau, não é necessário procurar um médico, exceto se tiver atingido uma área de extensão superior ao tamanho da palma da mão do paciente, ou se seu filho for um bebê. Este tipo de queimadura melhora, em geral, em 3 dias.

    • Se for de 2º grau, área afetada for pequena, você pode cuidar do ferimento e não há necessidade de procurar um médico.

    • Se for de 3° grau, você identificará logo no início e deverá proceder conforme orientado no item 1.

  • 3 – Proteja a lesão

  • Coloque uma gaze limpa sobre a queimadura de primeiro grau, para evitar que algo passe raspando sobre ela. Se houver necessidade de levar a criança ao médico, proteja o ferimento com um pano limpo e úmido.

  • 4 – Tratando a lesão

  • As queimaduras de 1º grau pequenas geralmente não carecem de tratamento. Entretanto, se houver necessidade, você pode passar Sulfadiazina de Prata a 1,00 %. Segundo o médico Eduardo Chem este é um medicamento que deve conter na farmacinha de casa. Em caso de dor, dê um remédio que ele já esteja habituado a tomar, como paracetamol ou ibuprofeno.

  • Crianças com lesões de 1º grau maiores e de 2º e 3º grau devem ser avaliadas e medicadas na emergência. Cuide das lesões segundo as orientações que receber.

  • Em geral, todo o tratamento das lesões graves é acompanhado por profissionais de saúde até que fiquem cicatrizadas. As queimaduras de 2º e 3º grau podem infeccionar e precisar de tratamentos mais intensos. Siga corretamente as instruções do médico.

  • Observações importantes

    • Não acredite nas receitas caseiras como clara de ovo, pasta de dente, manteiga e outras para tratar queimadura. Elas agravam a lesão e dificultam na hora da avaliação médica.

    • Jamais passe pomadas antibióticas sobre a queimadura, exceto sob prescrição médica.

    • Não coloque gelo sobre o ferimento.

    • Cuide para que a criança não tome sol na pele queimada. Quando o ferimento estiver cicatrizado, passe protetor solar para evitar manchas.

  • Advertisement
  • Outras fontes: ABC da Saúde, Portal da Saúde, Anvisa.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Primeiros socorros para casos de queimadura em crianças

As queimaduras em criança podem se agravar caso você não tome as devidas providências emergenciais. Aprenda como proceder.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr