A forma correta de encorajar seu filho a praticar um instrumento musical

Maneiras de ajudar seus filhos a gostarem de praticar um instrumento musical.

1,558 views   |   11 shares
  • Que pai não adoraria que seu filho fosse um grande músico? Seja qual for seu estilo de música preferido, todos podemos reconhecer e apreciar quando um instrumento é bem tocado, e ver um filho seu fazendo-o então... Orgulho puro.

  • Claro que desenvolver a habilidade de tocar um instrumento requer tempo e dedicação. Como pais, é nosso papel incentivar e apoiar como podemos nossos filhos nas horas de desânimo e preguiça, para que eles consigam passar os momentos monótonos das práticas e, desse modo, focar no seu objetivo: Tocar o instrumento bem.

  • Algumas maneiras de apoiar e encorajar nossos filhos a aprender um instrumento novo e desenvolver seus talentos são:

  • Deixe seu filho escolher o instrumento

    • Quase todos os pais adorariam ver seu filho tocando lindamente piano ou violino. Esses são, de fato, instrumentos admiráveis. Ainda assim, forçar seu filho a aprender um instrumento apenas por que VOCÊ acha o som bonito dificilmente vai funcionar. Seu filho tem chances muito maiores de persistir no aprendizado se ele escolher e gostar do instrumento.
  • Comece cedo

    • Na prática, você vai perceber que se esperar até a adolescência para iniciar a prática musical a chance do seu filho escolher instrumentos menos clássicos, como bateria, guitarra, teclado e afins são muito maiores (e tudo bem se esse for o caso, contanto que ele goste). Se você ainda é mais chegado a instrumentos clássicos, leve seu filho desde cedo para assistir orquestras. Faça com que ele tenha a oportunidade de encostar e conhecer os intrumentos. Assim, uma criança pode facilmente se apaixonar pela flauta, clarinete, violino etc. Além disso, quando as crianças são pequenas são como “esponjas” e aprendem tudo incrivelmente rápido. Depois dos 4 anos já é possivel manter a criança comportada por alguns minutos para uma aula (é um desafio, mas pode ser feito). A partir dos 7 anos as crianças ainda aprendem rápido e têm uma capacidade maior de concentração.
  • Faça uma festa durante as práticas

    • Isso é importante, especialmente no início. Se pelo simples fato do seu filho segurar no arco do violino ele já for ovacionado de pé, ele vai se sentir estimulado e reconhecido. Qualquer notinha (ou tentativa de uma) deve receber um parabéns e muitos sorrisos.
  • Tenha paciência

    • Nenhum, absolutamente nenhum instrumento é bonito quando aprendendo a ser tocado. Prepare-se: Uma musiquinha simples de poucas notas vai ter que ser repedida 20 ou 30 vezes. Se você reclamar ou der sinais de irritação, vai estar desencorajando grandemente seu filho.
  • Advertisement
  • Encontre um bom professor

    • Comprar um instrumento para o seu filho e falar: “Deu, está qui, agora aprenda!” não vai levar ninguém a lugar nenhum. Um professor crítico e chato também não. Escolha cuidadossamente o professor do seu filho por recomendação de amigos ou assistindo as aulas dele antes. Isso vale especialmente para crianças com menos de 10 anos. Para elas, gostar do professor vale quase a mesma coisa do que gostar do instrumento.
  • Encoraje seu filho a praticar num horário fixo

    • Seu filho precisa ter um horário certo para praticar, mas não seja chato em relação a isso. No início, crianças pequenas podem querer tocar o instrumento novo 2 ou 3 vezes por dia e depois ficar dias sem dar muita atenção. Nesses casos, você pode chamá-lo e pedir para ele te mostrar aquela musiquinha ou nota que ele aprendeu, mas não force-o a sentar e praticar por 30 minutos, por exemplo. Depois que tocar o instrumento quase diariamente já virar uma rotina, aí sim estabeleça um horário.
  • Ofereça prêmios

    • Estímulos a curtos e longos prazos funcionam muito bem, já que todo progresso deve ser reconhecido. Ofertas como: “quando você aprender 5 músicas, te levo para tomar um sorvete” funcionam otimamente para iniciantes.
  • Acompanhe o desenvolvimento

    • Por mais monótono que possa parecer, tente sentar-se ao lado dele e observar a prática. Não critique! Pelo contrário, elogie, bata palmas ou apenas escute com atenção. Quando seu filho percebe seu interesse, se sente mais estimulado. No fundo, toda criança anseia pela aprovação e atenção dos pais. Se ela acreditar que está recebendo isso quando toca o instrumento, vai gostar e querer sempre receber mais, e vai praticar com uma boa frequência.
  • Um lar cheio de música bem tocada é uma alegria para toda a família. Estimule e incentive seu filho para que ele possa desenvolver seus dons e talentos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Simony é casada, mãe de 3 filhos e optou ser mãe em tempo integral. É formada em Adm. Publica pela UDESC tem um MPA pela Brigham Young University.

A forma correta de encorajar seu filho a praticar um instrumento musical

Maneiras de ajudar seus filhos a gostarem de praticar um instrumento musical.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr