Casamento: Investimento em vida

Considerações sobre algumas razões que constatam que o casamento é uma instituição que se fortalece em nossa sociedade.

1,936 views   |   3 shares
  • Para a grande maioria o casamento é investimento em vida, em amor e bem-estar para os cônjuges na expectativa dos filhos que venham enriquecer a família. Felizmente, o casamento visto como investimento material é minoria em nossos dias e não representa a realidade de tão importante consórcio.

  • Longe de ser uma instituição falida, como querem fazer crer alguns, o casamento segue fazendo parte dos anseios tanto de homens como mulheres. Veja algumas razões que justificam essa afirmação:

  • 1) Quando escuto dizer que o número de divórcios aumentaram não me furto ao pensamento de que falidas são essas relações e não a instituição do casamento, já que a maioria das pessoas que se separam, casam-se novamente. Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em setembro de 2011, revela que nos seis anos anteriores, aumentaram em 50% o número de divorciados que subiram ao altar novamente.

  • 2) A pesquisa relata que, entre os divorciados que casaram-se novamente, os homens são a maioria. Eles representam 10% das uniões civis feitas em todo o país, mas os dados do IBGE mostram que as mulheres também buscam nova chance, pois, em seis anos, dobrou o número de separadas que decidiram casar de novo.

  • 3) A família é a base estrutural da sociedade, desde tempos remotos homens e mulheres se unem numa relação duradoura em que ambos educam e protegem seus filhos. Existe uma correlação do casamento com proteção e segurança que corresponde a anseios muito comuns nos seres humanos.

  • 4) Os laços matrimoniais têm sofrido muitas mudanças, originando os diversos arranjos familiares que observamos atualmente. Mas as mudanças podem não significar ameaças, muito menos o fim, e sim novas composições do relacionamento conjugal.

  • 5) Mudar pode ser muito positivo, isso se evidencia se observarmos a forma como o casamento era concebido num passado próximo em que eram os pais que negociavam, literalmente, o enlace. Ou seja, era um investimento material legitimado.

  • 6) O casamento, como é visto na atualidade, representa a união de duas pessoas que se amam e desejam compartilhar da vida juntos. Para tanto é preciso que estejam preparados para vencer os desafios que uma vida em comum exige, sem perder a própria individualidade e respeitando um ao outro.

  • 7) A facilidade com que se pode desmanchar um casamento hoje em dia, tem ocasionado um número expressivo de separações prematuras, ou seja, sem maiores reflexões sobre as consequências. Mas talvez também isso possa representar um ganho maior no futuro quando as pessoas poderão avaliar o sofrimento e a dor do arrependimento, tornando-se mais maduras e optando por manter o seu casamento.

  • Advertisement
  • Esses são apenas alguns itens que me fazem concluir que o casamento é uma instituição que se mantém e se fortalece com o tempo. É um dos maiores, senão o maior, investimento em vida, pois através desse consórcio as pessoas trocam experiências e aprendizados importantes para ambas.

  • Pelo casamento duas pessoas se colocam à disposição de crescerem juntas, buscando desenvolver qualidades essenciais no ser humano, tais como paciência, tolerância, cordialidade, respeito e amizade.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Casamento: Investimento em vida

Considerações sobre algumas razões que constatam que o casamento é uma instituição que se fortalece em nossa sociedade.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr