Meus filhos devem pagar por seus estudos? Sim, pelo menos uma grande parte

Ajude seus filhos a aprenderem autossuficiência e responsabilidade nos estudos e para a vida.

696 views   |   2 shares
  • Meus filhos devem pagar por seus estudos? Sim, pelo menos uma grande parte.

  • Dê a seus filhos o "benefício" da expectativa de que eles paguem a maior parte de suas despesas após os 18 anos. Alguns pais acreditam que devem pagar por todo o período de curso superior de seus filhos. O problema é que esta atitude não gera ônus algum para aquele jovem que não consegue ou não demonstra grandes esforços em seus estudos.

  • Além disso, é preciso que haja uma transição entre a infância, onde os pais fornecem quase tudo, e a vida adulta, onde a criança se torna um adulto independente. Essa época de curso superior apresenta essa oportunidade.

  • Jovens adultos que arcam com parte dos custos para a faculdade estarão mais motivados a darem mais de si. "Cara, se eu não for aprovado nesse período, isso vai me custar uma grana para repeti-lo." Além disso, os jovens que assumem a responsabilidade de prover para si ainda que em parte, estarão mais preparados para tornarem-se adultos independentes.

  • Assim, os pais podem dar aos seus filhos a dádiva de esperar que eles contribuam para a faculdade de uma forma relevante.

  • Sente-se com seus filhos quando eles estiverem por volta dos 11 anos (ou agora, se eles estão mais velhos!) e falem sobre seus objetivos futuros. Incentive-os a prover parte da preparação para esses objetivos. Quanto custará o curso? Isso é muitas vezes um choque para os jovens. Quanto vão custar os livros? Esse é o segundo choque - livros são geralmente caros. Adicione a essa conta as despesas diárias. Liste aluguel (se forem morar fora), telefone celular, comida, gás, entretenimento, utilitários, roupas, viagens, suprimentos escolares e muito mais. Adicione os grandes itens - como um computador. Feitas as contas, é provável que seja uma surpresa assustadora para você e seu filho. Mas isso é uma ótima maneira de começar. Poderão então discorrer sobre esses custos e discutir quem vai pagar a conta. Tenha expectativas claras.

  • É bom ter essa conversa com o seu cônjuge, muitos anos antes, de modo que possam começar a poupar a sua parte na educação de seus filhos.

  • Uma vez que os custos e as expectativas são claras, você e seu filho podem desenvolver um plano. Discussão sobre a obtenção de um emprego em tempo parcial como jovem aprendiz a partir dos 16 anos e de trabalhar durante o tempo da faculdade. Discussão sobre como poupar dinheiro que vem de outras fontes como presente de avós, por exemplo. E falar sobre a obtenção de boas notas. Também se pode obter informações sobre bolsas de estudo (PROUNI) ou outros programas governamentais como o financiamento dos estudos que serão reembolsados após a formatura (FIES). Existem bastante informações na internet. São programas que vale a pena conhecer.

  • Advertisement
  • Você pode ajudar com a faculdade? Se positivo, ajude. Mas mantenha essa ajuda em nível relativamente pequeno. Lembre-se: o objetivo final da criação de filhos é torná-los autossuficientes. Claro que isso precisa ser em etapas, já que eles começam a pagar a mensalidade, talvez aluguel em um apartamento compartilhado ou república, comida e, de repente, tornar-se consciente de orçamento, poupança, e economia. Ainda que você possa pagar tudo isso, não prive seus filhos dessas excelentes oportunidade de aprendizado. Seria fragilizá-los ou pelo menos atrasar a sua educação para a vida por muitos anos.

  • Seus filhos reclamarão? Você acha que eles dirão: "Queridos mamãe e papai, muito obrigado pelas lições maravilhosas de frugalidade e poupança que estão nos ensinando. Nós sabemos que isso vai abençoar nossas vidas e pode até mesmo salvar nossos casamentos um dia. Sabemos que estamos aprendendo a valorizar tudo o que temos. Obrigado mais uma vez, com amor." Ah, certamente eles vão dizer isso logo após terem arrumado seus quartos e se oferecido para ajudar em qualquer coisa que precisarmos.

  • Claro que reclamarão! E continuaremos dizendo: "Um dia você vai nos agradecer." Isso é ser bons pais. Mantenha os olhos na meta. Educação mais responsabilidade - Ainda mais agora que é uma educação universitária.

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original Should my child pay for college? de Merrilee Boyack.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Merrilee Boyack é mãe de quatro filhos homens, avó de dois netos e advogada, autora, e palestrante profissional.

 

Website: http://www.MerrileeBoyack.com

Meus filhos devem pagar por seus estudos? Sim, pelo menos uma grande parte

Ajude seus filhos a aprenderem autossuficiência e responsabilidade nos estudos e para a vida.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr