Como cuidar de alguém que teve um acidente vascular cerebral

Não se desespere quando deparar-se com uma enfermidade, a sua atitude é o que pode fazer deste momento de dor um momento de aprendizagem.

21,899 views   |   133 shares
  • Para cuidarmos melhor de alguém que teve um acidente vascular cerebral precisamos entender o que é, e quais são suas consequências. O acidente vascular cerebral, mais conhecido como AVC, é uma lesão cerebral causada por um fechamento nas veias do cérebro, que impede o fornecimento de oxigenação e glicose no tecido cerebral. Isso pode causar algumas consequências como: maior dificuldade na função motora, sensorial e na fala. Os fatores que mais provocam esse tipo de doença podem ser: obesidade, uso abusivo de fumo e álcool, além de uma vida sem práticas de exercícios físicos.

  • A família e os amigos são as pessoas pelas quais temos mais apreço nesta vida. E, quando algumas dessas pessoas que fazem parte do nosso ciclo de convivência passam por adversidades como essa, temos a tendência de nos preocuparmos e tentarmos encontrar meios de como ajudá-las a passar por essas dificuldades. Podemos nos sentir incapazes de saber como lidar com a situação, mas devemos ter em mente que será necessário receber todo tipo de ajuda, principalmente, a de familiares e amigos.

  • Embora a pessoa possa apresentar alguma diferença física ou psicológica devido a algumas sequelas da doença, o importante é não olhar para ela com sentimento de pena. Lembre-se: nossa vida é cheia de altos e baixos, ela é uma pessoa querida e, no momento, precisará de todo o seu apoio e cuidado.

  • Como cuidar de alguém que teve um acidente vascular cerebral?

    • Saiba todos os procedimentos como remédio, cuidados físicos e de higiene que a pessoa precisará ter.

    • Procure saber todos os serviços disponíveis para ajudá-la a se recuperar das possíveis lesões que possa ter, como acompanhamento profissional de fisioterapeutas, fonoaudiólogos, etc;

    • Procure saber quais os cuidados alimentares que a pessoa precisará ter.

    • O principal é dar muito carinho e atenção. Procure não privá-la dos acontecimentos sociais devido a suas limitações.

  • Dica: Quem pode ajudá-lo(a) melhor nestes momentos é um profissional da área, ele conhecerá o caso e conseguirá tirar as suas dúvidas.

  • Aprenda a ter alegria em meio às adversidades

  • Quem espera que a vida, seja feita de ilusão, pode até ficar maluco, ou morrer na solidão, é preciso ter cuidado, pra mais tarde não sofrer, é preciso saber viver.” (Titãs).

  • Não podemos prever quando uma doença como essa atingirá um ente querido, mas devemos encarar as dificuldades e, muitas vezes, aprender a conviver com elas. Só sabemos valorizar o doce quando provamos o amargo, ou seja, as mudanças de hábito que ocorrerão na sua vida não devem ser usadas como desculpas para deixar de alcançar suas metas, às vezes, precisamos apenas adaptá-las.

  • Advertisement
  • Por mais dor e tristeza que uma doença possa causar, precisamos extrair dela as lições que a vida quer nos dar. No começo, a adaptação pode ser difícil, mas ao trabalharmos constantemente pelo bem-estar da pessoa, tudo isso deixará de ser algo pesado passando a ser leve, porque acima disso está o profundo carinho que tem por ela e, com certeza, ela será eternamente grata por saber que existem pessoas que realmente a amam.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Jacira Silva dos Santos Araujo é casada, formada em letras pela Faculdades de Guarulhos. Seus passatempos favoritos são: ir ao teatro, ler bons livros, assistir bons filmes e principalmente estar ao lado de seu marido e parentes.

Como cuidar de alguém que teve um acidente vascular cerebral

Não se desespere quando deparar-se com uma enfermidade, a sua atitude é o que pode fazer deste momento de dor um momento de aprendizagem.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr