Como proteger os filhos dos perigos do mundo

Sugestões e ensinamentos de vida para ensinar os filhos a fazerem boas escolhas, sendo mais obedientes, ilustrando os riscos e situações que podem colocá-los em perigo.

2,570 views   |   4 shares
  • Nesse clima moderno e envolvente, os jovens participam de muitas atividades que podem colocá-los em sérios riscos, como: o alto consumo de álcool, cigarros, ambientes não salutares, festas que propagam a prostituição, sensualidade e drogas, locais onde nada é proibido, tudo é permitido. Os pais raramente conseguem imaginar ou visualizar as situações ou ambientes em que seus filhos se encontram. A verdade é que muitos filhos não compreendem esses riscos, que podem ser tão perigosos a ponto de roubar-lhes a própria vida.

  • Quando questionados pelos pais para onde vão, com quem vão, ou o que terá nesta festa ou evento, uma grande parte dos filhos nem sempre contam a verdade, deixando talvez uma sensação ilusória nos pais de segurança. Então, quais pontos devem ser avaliados pelos pais para que seus filhos possam sair com o máximo de proteção possível?

  • Investigar o ambiente

  • . Pode parecer um pouco absurdo, mas todo cuidado é pouco. É dar uma de detetive mesmo! Assim que comunicado ou feito o pedido de autorização aos pais, eles devem perguntar onde fica o endereço, se o bairro é seguro, o que vai ter na festa: bebidas? Drogas? E ir visitar o local para constatar.

  • Roupas

  • . Hoje em dia, a moda desponta entre os jovens e não existe mais aquele recato de antigamente, os shorts sempre curtos, as blusas mais decotadas e com pouco tecido, mostrando as partes do corpo, e chamando a atenção do público. Uma atenção bem negativa por sinal, pois o que pensam homens e mulheres a olharem para esses corpos com pouca roupa? Os pais devem estar bem atentos a isto, pois, como diz na Bíblia, o corpo é o templo do Senhor.

  • "Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?" (1 Coríntios 6:19).

  • Os pais devem orientar seus filhos a usarem roupas compostas, e extinguirem essa moda da pouca roupa. Isso só induz a maus pensamentos a respeito das pessoas que fazem uso delas.

  • Pureza sexual

  • . Hoje também é comum os jovens terem relações sexuais antes da hora certa, como se fosse algo completamente natural. Os pais que apoiam essa atitude, estão propícios a ter que lidar com uma gravidez indesejada, auxiliar no tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, depressão, e alguns transtornos emocionais, que podem ser causados por uma vida sexual prematura. A relação íntima deve apenas ser iniciada após o casamento, pois juntos o casal tem mais maturidade para lidar com uma gravidez ou com os problemas que vierem a surgir.

  • Advertisement
  • Conversa aberta

  • . Para tudo isso é necessário os pais conversarem constantemente com seus filhos. Conversas que sejam instrutivas e os oriente, pois o mundo tem mostrado e ensinado que drogas, sexo, pornografia e vícios são totalmente normais, quando equilibrados. Mas desde quando algo que pode fazer mal ao corpo e à mente pode ser benéfico? A mídia propaga isso, a todo vapor, porque precisam que esses produtos e eventos sejam vendidos para continuar a enriquecer seus bolsos, fazendo isto, a custo de banir a saúde mental e emocional dos jovens e adultos.

  • Cuidar do lado espiritual

  • . Talvez alguns pais achem bobagem e ultrapassado dar uma base sólida de ensinamentos para proteger os filhos. Mas esquecem-se que as escrituras têm mais bons exemplos e ensinamentos do que qualquer outro livro, pois elas não se preocupam apenas com o lado físico, mas principalmente com a parte espiritual, que precisa estar em equilíbrio com o corpo. Vemos isso nos mandamentos, como:

    • Não roubar.

    • Não matar.

    • Não cobiçar.

    • Evitar as contendas.

    • Obedecer pai e mãe.

    • Não adulterar - fornicar. (Êxodo 20).

  • Todos esses mandamentos dados por nosso Pai celestial foram com o intuito de nos proteger e resguardar contra os perigos de desobedecer às leis espirituais e do governo. E de nos proteger das consequências, como ser preso e banido de participar da sociedade, ser controlado pelos vícios e perder os bens mais importantes, como a família e amigos, ou até a morte.

  • Dizer NÃO!

  • Pais, saibam dizer não aos seus filhos, ainda que sejam chamados de chatos e incompreensíveis. Se houvessem mais pais que dissessem NÃO, mais filhos estariam a salvo hoje. É claro, por mais que os pais façam, sempre haverá riscos e fatalidades, mas estes serão minimizados pelo exemplo, diálogo e proteção. Dizer não é, também, uma forma de demonstrar amor. Lembre-se disso da próxima vez que seu filho quiser sair com más companhias, ou ir para ambientes não sadios, para que assim, eles possam retornar aos seus lares sem prejuízos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.

Website: http://fernandaferrazmeuspassospelocaminho.blogspot.com.br

Como proteger os filhos dos perigos do mundo

Sugestões e ensinamentos de vida para ensinar os filhos a fazerem boas escolhas, sendo mais obedientes, ilustrando os riscos e situações que podem colocá-los em perigo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr