Sinais de ansiedade que você deve estar atento

Perceber a diferença entre a ansiedade “normal” e a patológica, contudo, não é uma tarefa simples.

1,320 views   |   4 shares
  • A palavra ansiedade é usada constantemente em nosso dia a dia com o intuito de definir sentimentos de espera angustiada por algo. Na realidade, a ansiedade nada mais é do que um estado físico de alerta que nos permite ficar atento a um perigo iminente e nos defendermos ou evitarmos possíveis ameaças. Sendo assim, a ansiedade é um sentimento comum que se manifesta em diversos tipos de situações como uma entrevista de emprego, um encontro amoroso, uma apresentação importante e coisas como essas, sendo a ansiedade, portanto, importante e saudável para a rotina das pessoas.

  • Entretanto, a ansiedade pode se transformar em uma doença quando seus sintomas são exagerados e constantes e, principalmente, quando a pessoa não consegue controlá-los.

  • O CNPq possui uma sessão inteira de pesquisas sobre a ansiedadeque pode ajudar a entender os diversos sintomas e situações onde a mesma se apresenta.

  • Perceber a diferença entre a ansiedade “normal” e a patológica, contudo, não é uma tarefa simples. Diante disso, apresento alguns sinais de ansiedade que você deve estar atento antes que isso se transforme em um problema maior:

  • 1 - Os principais sintomas da ansiedade são: taquicardia, sudorese, falta de ar, tensão muscular, nervosismo, enjoos, vômitos, fraquezas, dores estomacais, insônia, dores de cabeça, falhas de memória, dificuldades de concentração, pensamentos negativos, insegurança, medos, entre outros. A frequência diária desses sintomas por um longo período de tempo pode significar o início de uma ansiedade patológica.

  • 2 - Um dos sinais de que a ansiedade ultrapassou os limites da “normalidade” e atingiu a seriedade de um transtorno psicológico é quando esta é evocada apenas, ou principalmente, por situações ou objetos específicos, sendo que estes não apresentam perigo.

  • 3 - Quando a preocupação da pessoa com ansiedade está focada em sintomas individuais, tais como palpitações ou sensação de desmaio e medo de perder o controle, por exemplo, deve-se ficar atento à possibilidade da ansiedade ser um transtorno psíquico.

  • 4 – Se a ansiedade estiver frequentemente na rotina do indivíduo, trazendo prejuízos aos seus relacionamentos sociais e às suas atividades diárias ou mesmo for uma ansiedade aparentemente irracional ou sem motivo concreto é importante reconhecer as características patológicas dessa situação.

  • Advertisement
  • Quando se trata de ansiedade, é fundamental compreender que a linha que separa o normal do patológico é tênue, visto que os sintomas psicológicos e comportamentais que permeiam o transtorno iniciam como um comportamento ansioso comum até irem gradativamente avançando à forma patológica da doença.

  • Ao identificar os primeiros prejuízos do excesso de ansiedade em uma pessoa, é importante que ela seja levada a um médico psiquiatra e/ou psicólogo com o intuito de ter uma definição precisa de sua patologia já que há diversas formas de ansiedade. Além disso, o tratamento psicológico e farmacológico serão essenciais para impedir o avanço da doença.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Tahiana Andrade S. Borges é psicóloga clínica e especialista em Gestão de pessoas. É escritora free-lancer de sites e blogs, escrevendo sobre assuntos relacionados à Psicologia e Comportamento Humano.

Sinais de ansiedade que você deve estar atento

Perceber a diferença entre a ansiedade “normal” e a patológica, contudo, não é uma tarefa simples.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr