12 principais erros que um líder pode cometer

Saber reconhecer seus erros e enxergar onde precisa melhorar é o primeiro passo para mudar.

5,060 views   |   18 shares
  • A correria, as extensas obrigações na relação de trabalho e o grande acúmulo de tarefas podem sufocar tanto um líder, que ele deixa de perceber detalhes que formam a base de uma boa liderança. Desse modo, tudo na organização pode ser alterado negativamente por falta de boas atitudes ou do exercício de atitudes negativas tomadas pelos gestores.

  • Vejamos que graves erros os líderes podem cometer:

  • 1- Falta de vínculo, não construir laços

  • . Construir laços faz parte das características de um bom líder. Isso não quer dizer que você tenha que ser íntimo do colaborador, mas que você pode conhecer a pessoa e entender o que a motiva, o que a impulsiona, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

  • 2- Ser inacessível

  • . Esse é outro aspecto bem negativo. É muito ruim um gestor ser incapaz de sentar para ouvir ou estar atento e preocupado com as necessidades individuais de cada colaborador. Esse é um ponto muito desmotivante, pois o que ocorre, muitas vezes, é que o funcionário deseja conversar, propor ideias e sente que não tem espaço. Para isso, é preciso sensibilidade e dedicação tanto da empresa como do lado humano dos outros.

  • 3- Falta de foco nos talentos

  • . Os empresários e empreendedores, muitas vezes, ficam tão preocupados com os números e em alcançar objetivos, que além de forçarem a barra, esquecem do quanto a implementação de treinamentos com foco nos talentos é importante para a empresa e para os funcionários, pois através desses treinamentos haverá expansão de habilidades e competências.

  • 4- Não proporcionar oportunidades

  • . Outro fator é não permitir ou empreender novas oportunidades, por causa daquele conceito negativo de que o funcionário não merece ou não é capaz de receber tal designação. Um gestor nunca saberá como seu colaborador reagirá ou desempenhará um novo papel, se não permitir dar essa oportunidade. Ainda que seja num ramo ou trabalho arriscado e pouco conhecido, você pode se surpreender com o desempenho de seu funcionário. É preciso dar credibilidade.

  • 5- Não reconhecer o esforço

  • Nossa! Esse ponto é terrível. Qual profissional não gosta de ser reconhecido? Depois de um longo trabalho, todos querem pelo menos um " Obrigado!". Alguns líderes pensam que o profissional deve fazê-lo por pura obrigação. Esquecem que os seres humanos são movidos a estímulos, gentilezas, recompensas, e reconhecimento. Não custa nada elogiar o trabalho bem executado. Apesar de parecer tolo e passar despercebido, o ato de agradecer, elogiar e reconhecer é uma ótima ferramenta para motivar sua equipe!

  • Advertisement
  • 6- Não fornecer feedback

  • . Após a execução de todo o trabalho, os resultados devem ser entregues. O gestor deve dar respaldo, o famoso feedback, para que todos os pontos em questão sejam melhorados ou harmonizados, e o profissional tenha consciência da dimensão do retorno positivo ou não do seu desempenho.

  • 7- Não se importar com as emoções alheias

  • . Todo ser humano tem seus dias bons e ruins. Cada pessoa responde de modo diferente aos acontecimentos da vida. Um bom gestor sabe compreender as reações e emoções dos outros, sabe compreender momentos difíceis pelos quais o colaborador venha a passar, enxerga com sensibilidade e humanidade suas carências, medos, receios e expectativas, sabe apoiar quando é preciso e sabe gerar motivação, arrancando combustível emocional para o desenvolvimento, conclusão e retorno das metas estabelecidas.

  • 8- Não trabalhar a melhoria de conflitos internos

  • 9- Não dar assistência necessária

  • . Nesta vida, estamos suscetíveis a perdas e ganhos. Essa assistência pode basear-se em diversas áreas, desde conflitos entre clientes e colaborador, colaborador com colaborador, colaborador com a família, colaborador com a empresa ou colaborador com a liderança. Às vezes, chega um aniversário e o chefe não lembra, não manda nem um simples e-mail de felicitações, o funcionário faz o seu melhor trabalho e não é parabenizado ou bonificado por isso, ou o colaborador perde alguém muito importante na família e o chefe finge que nem sabia, e não oferece apoio.

  • 10- Falta de compreensão

  • . Seres humanos não são objetos, merecem respeito, merecem ser valorizados. Falta de compreensão, exigências, pressão. Isso tudo é muito comum, mas essa pressão pode não dar certo, ter efeito contrário e ao invés de estimular, acabar desestimulando.

  • 11- Achar que o funcionário é robô

  • . Existem gestores que pensam que seus colaboradores devem trabalhar exaustivamente. Exigem muitas horas extras, sem nem ao menos oferecer ou respeitar os horários de descanso e refeição. Desse jeito, o funcionário desenvolve uma séria doença física ou psicológica, devido ao excesso de trabalho e à incompreensão de seus líderes.

  • 12- Sobrecarregar de tarefas

  • . Todo mundo tem limites, respeite prazos e o tempo de execução de cada operário. Se quiser avaliar de verdade o tempo que ele pode levar em determinado projeto, assuma o papel dele por um dia e comprove, por experiência própria, quanto tempo ele levará para desempenhar esta ou aquela atividade.

  • Advertisement
  • Lembre-se, pessoas não são objetos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.

Website: http://fernandaferrazmeuspassospelocaminho.blogspot.com.br

12 principais erros que um líder pode cometer

Saber reconhecer seus erros e enxergar onde precisa melhorar é o primeiro passo para mudar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr