Como apoiar um filho que está se divorciando

Um filho em dificuldades é sempre grande preocupação para os pais; mas é preciso analisar muito bem as ações, mantendo-se como ponto de apoio e evitando julgamentos.

616 views   |   shares
  • É natural que os pais tenham sempre um sentimento de proteção em relação aos filhos, mas para amparar filhos adultos em dificuldades é sempre bom ater-se aos limites para que suas atitudes não se configurem em intromissão na vida particular deles. Um filho que está se divorciando provoca muita preocupação nos pais, mas é preciso lembrar que ele é uma individualidade capaz de responder pela própria vida.

  • Evite julgamentos

  • Se seu filho está passando por um trauma tão intenso como o divórcio, ele precisa da sua compreensão e não do seu julgamento. Não caia na tentação de se colocar contra ou a favor de um ou de outro e evite ficar comentando o lado negativo da situação. Controle o ímpeto de manifestar a sua opinião a toda hora, muito menos faça cobranças. Tenha todo cuidado para não tomar atitudes que não lhe dizem repeito, por mais que você ame seu filho não tem esse direito. Evite expressões do tipo: “Eu bem que avisei” ou “você não merecia isso”. Jamais incentive seu filho a qualquer ato de violência, nem mesmo em palavras.

  • Promova a paz

  • Seja sempre o elemento pacificador; procure manter o próprio equilíbrio emocional a fim de poder ajudar seu filho a equilibrar-se também. A calma gera boas energias, harmoniza a mente e proporciona maior discernimento; isso é o que seu filho mais precisa nesse momento. Procure ajudá-lo a refletir sobre o assunto; muitas vezes as pessoas entram num processo de separação mais por egoísmo e orgulho do que pela falta de amor. Se você conseguir acamá-lo de forma que ele pondere com maior clareza sobre o que está acontecendo, estará, certamente, colaborando para a felicidade futura de seu filho. A paz é sempre boa conselheira!

  • Ponto de equilíbrio

  • Aja de forma que seu lar e seus braços estejam abertos e representem o refrigério, verdadeiro Oasis no deserto das atribulações de seu filho e netos, se os tiver. Seja a sombra envolvente onde eles encontrem o descaso, o ombro amigo onde derramem suas lágrimas e o colo que os proteja e mantenha seguros. Demonstre compreensão, mas não justifique ações impensadas ou mesmo os erros de seu filho. Aja de forma que ele entenda que se errou pode buscar redimir-se e que lançar toda a responsabilidade no cônjuge nunca é justo.

  • Imparcialidade

  • Caso tenha essa oportunidade, procure mediar a situação de seu filho e o cônjuge. Mas, cuidado, você terá que ser imparcial para não aumentar ainda mais os conflitos. O fato é que eles têm muitas coisas a resolver, uma separação é um processo muito sofrido e brigas, discussões e mágoas só fazem por piorar. Assim, caso você não consiga manter-se neutra o bastante, incentive-os a procurar alguém que facilite o diálogo e consequente entendimento entre eles em relação aos fatores emocionais e práticos que precisam ser tratados.

  • Advertisement
  • Dê-me uma alavanca e um ponto de apoio e levantarei o mundo.” Arquimedes.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Como apoiar um filho que está se divorciando

Um filho em dificuldades é sempre grande preocupação para os pais; mas é preciso analisar muito bem as ações, mantendo-se como ponto de apoio e evitando julgamentos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr