Atenção ao conteúdo da TV: Desfazendo maus hábitos televisivos das crianças

Alertas sobre os efeitos negativos que muitas horas de TV podem ter sobre seu filho. Para desfazer um mau hábito é preciso, primeiramente, reconhecê-lo. A lista abaixo não tem o objetivo de abolir o uso da TV pelas crianças, mas apenas alertar em re

897 views   |   shares
  • Alertas sobre os efeitos negativos que muitas horas de TV podem ter sobre seu filho.

  • Para desfazer um mau hábito é preciso, primeiramente, reconhecê-lo. A lista abaixo não tem o objetivo de abolir o uso da TV pelas crianças, mas apenas alertar em relação aos prejuízos que ela pode trazer aos pequenos e sugerir seu uso de forma mais saudável. Veja se identifica seus filhos(as) nas seguintes situações:

  • Consumismo desenfreado

  • Os infindáveis comerciais de brinquedos e até de roupas/ calçados infantis incentivam as crianças a pedirem mais e mais coisas que elas são facilmente levadas a pensar que precisam. Esse excesso de propaganda faz com que tenham mais dificuldade em se contentar com o que já possuem e leva a conflitos desnecessários.

  • Sedentarismo/ Má alimentação

  • Além dos comerciais de brinquedos, também há muitas chamadas de itens alimentícios, que em sua maioria, não são tão indicados. A criança quer comer o que vê na TV, e ao passar muitas horas na frente da telinha, acaba comendo muito mais do que deveria e, geralmente, apenas guloseimas! Sem contar que passar muito tempo parado, quando se é uma criança, não é normal.

  • Deveres de casa esquecidos

  • É muito comum a lição de casa ser negligenciada por conta de uma sucessão de desenhos ou jogos que ocupam a maior parte do tempo da criança. Quando isso acontece raramente, pode não fazer tanta diferença, mas se ocorrer com frequência, prejudica seu desempenho escolar.

  • Cenas indevidas

  • É importante supervisionar constantemente o que seus filhos(as) estão assistindo e permitir apenas canais 100% confiáveis, que sejam adequados até mesmo durante os intervalos, pois há muito conteúdo de baixo nível sendo exibido a qualquer hora do dia, com cenas de nudez, sexo e violência que não devem ser vistas.

  • Interação real

  • É preciso tomar cuidado com a enxurrada de programas criados para entreter as crianças pequenas, pois eles não substituem a atenção pessoal. Apesar de existirem programas muito bons, o que elas realmente precisam nessa fase, e o que mais ajuda em seu aprendizado é a interação com seres humanos, não com telas!

  • Assistir juntos

  • De vez em quando, pode ser bom dedicar um pouco de tempo para conhecer as coisas que eles gostam de assistir e conversar a respeito delas, isso pode servir para ensinar, ou simplesmente proporcionar um momento descontraído em família.

  • Televisão no quarto

  • Não é aconselhável ter televisões nos quartos, isso pode parecer inconveniente, uma vez que os membros da família queiram ver canais diferentes no mesmo horário, mas pensando no verdadeiro bem estar e na interação familiar, percebe-se que o melhor é ter uma TV na sala, e achar maneiras de compartilhar seu uso adequadamente.

  • Advertisement
  • Tempo

  • Primeiro, defina os limites do tempo que suas crianças podem passar assistindo TV, para não atrapalhar as outras áreas da vida. Segundo, dê seu tempo a eles, sempre que possível. Muitas vezes, é mais fácil deixá-los com a TV, mas o costume de brincar com os filhos faz muito bem tanto para as crianças como para os pais. E mesmo se os seus filhos(a) já não são tão pequenos, ainda assim há muito que podem fazer juntos, e TV não vai nem ser lembrada!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Suzana A. Ribeiro é autora dos livros: O Elo Forte, uma história contada por quatro gerações, Um Sonho Distante, o que existe além da memória e está escrevendo o terceiro volume da série.

Website: http://escritorasuzanaribeiro.blogspot.com.br/

Atenção ao conteúdo da TV: Desfazendo maus hábitos televisivos das crianças

Alertas sobre os efeitos negativos que muitas horas de TV podem ter sobre seu filho. Para desfazer um mau hábito é preciso, primeiramente, reconhecê-lo. A lista abaixo não tem o objetivo de abolir o uso da TV pelas crianças, mas apenas alertar em re
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr