Amando o outro com suas diferenças

Quando trabalho as habilidades da empatia e respeito, e as torno realidade em meu viver, passo a ter a condição de amar a diferença do outro.

1,531 views   |   1 shares
  • As escrituras dizem que é preciso que haja oposição em todas as coisas para que possamos crescer, fazendo nossas próprias escolhas.

  • Neste artigo, vamos falar sobre diferenças que não são, necessariamente, ruins. Na verdade, como diz a frase acima, será com as oposições ou diferenças que cresceremos, pois teremos a oportunidade de conhecer algo novo.

  • Ser diferente é natural do ser humano, aja vista que não existe uma única impressão digital igual à outra. Irmãos gêmeos são diferentes, até mesmo quando são gêmeos siameses são diferentes.

  • O que é difícil para o ser humano é aceitar ou até mesmo lidar com as diferenças, por menores que sejam. Isso incomoda, profundamente, um ao outro. Seja a diferença de cor, raça, religião, time de futebol, paladar, estilo musical, entre outras.

  • A dica principal para que a questão proposta pelo tema deste artigo seja solucionada resume-se em duas ações: empatia e respeito.

  • Empatia

  • é a capacidade de se colocar no lugar do outro, não necessariamente para passar a gostar do que o outro gosta, mas para perceber como ele se sente bem da forma como escolheu algo ou por ser como é. Ao se colocar na posição do outro, o qual qualificou como diferente, pode-se sentir sua satisfação e felicidade, assim como você com suas próprias escolhas e diferenças na visão do outro.

  • Respeito

  • a partir do momento em que consigo usar de empatia e olhar a situação no prisma do outro, consigo desenvolver outro sentimento, o respeito, que nada mais é do que aceitar aquilo que não entendo, não gosto ou mesmo não conheço, mas que por ter empatia sei que é importante para meu próximo.

  • Quando trabalho essas duas habilidades e as torno realidade em meu viver, passo a ter a condição de amar a diferença do outro.

  • Mais uma vez, citando as escrituras, ressalto os ensinamentos do Homem que mais demonstrou amor pelos diferentes, Jesus Cristo. Quando ao se ver preso injustamente na cruz disse: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem." (Lucas 23:34) Essa foi a maior demonstração de amor aos diferentes que se tem conhecimento, pois ele usou de empatia ao se colocar no lugar de seus opressores e percebendo que eles faziam o que pensavam ser a verdade, usou de respeito pedindo que o Pai os perdoasse.

  • Amar requer vários outros atributos, entre eles estão a empatia e o respeito.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Graduada em Administração de Empresas com MBA em Empreendedorismo. Casada mãe de 6 filhos, avó de 2 netos. Atua profissionalmente como Analista Instrutora da Educação Empreendedora no SEBRAE - SP. Como hobby gosta de artesanato, música e leitu

Amando o outro com suas diferenças

Quando trabalho as habilidades da empatia e respeito, e as torno realidade em meu viver, passo a ter a condição de amar a diferença do outro.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr