Pais e mães divorciados: Você nunca se divorcia dos filhos

Os pais divorciados podem sentir dificuldades para estar próximos a seus filhos. Algumas ideias que podem ajudar.

2,952 views   |   5 shares
  • Ser divorciado não significa que você se divorciou de seus filhos. É claro, você sabe disso, mas alguns pais parecem esquecer. Provavelmente muitos simplesmente desistem porque é difícil ficar perto de seus filhos, especialmente quando eles moram longe e você não tem a guarda.

  • Razões pelas quais alguns pais desistem

    • O seu ex-cônjuge torna difícil para você ver os filhos, ou até mesmo se comunicar com eles.

    • Você pensa em seus filhos, mas está tão ocupado tentando fazer a sua própria vida seguir adiante que você não acompanha a vida deles ainda que através de uma chamada telefônica.

    • Você não percebe o quanto significa para eles. As crianças têm certa dificuldade em demonstrar aos pais o quanto eles se importam, mas isso não deve desencorajá-lo. No fundo seus filhos estão ansiosos para ouvi-lo e estar com você.

  • Pura e simplesmente, os filhos querem ter um relacionamento amoroso com ambos os pais. Você não pode deixar a cargo deles essa aproximação, mesmo que eles já sejam adolescentes ou adultos. É o seu dever, não deles. Geralmente os filhos não sabem como fazer isso acontecer. Um filho adulto de pais divorciados disse, "Eu ligo para o meu pai, mas ele não atende. Eu odeio quando isso acontece. Para mim, significa que ele não se importa." Isso provavelmente não é verdade, mas parece ser o jeito desse pai. Pegue o telefone. Se não for possível atender quando um filho liga, não deixe de retornar a ligação. Seja pró-ativo em manter contato com seu filho, dê o primeiro passo. Na maioria das vezes, tudo o que precisamos é de um ouvido atento de um pai amoroso.

  • Algumas sugestões para ajudar você a ter uma estreita relação com seus filhos

  • 1. Ligue para eles regularmente

  • Uma vez por mês não é suficiente. Pelo menos uma vez por semana. Se não atenderem, deixe uma mensagem de voz. Sempre deixe uma mensagem. Não pense que eles simplesmente vão ver o número e ligar de volta. Depois de deixar a mensagem, se eles têm o seu próprio telefone celular, mande uma mensagem escrita dizendo que deixou a de voz e quer que eles te liguem de volta. As crianças sempre leem suas mensagens de texto, o que nos leva ao ponto seguinte.

  • 2. Envie mensagens de texto curtas

  • Às vezes, tudo que você precisa dizer é: "Eu estou pensando em você. Eu te amo.” Ou “Eu sinto sua falta”! “Como foi a prova de matemática (ou seu jogo) hoje?" Você nunca vai saber sobre a prova de matemática ou um jogo a menos que você fale com eles regularmente. Seus filhos precisam saber que você se importa.

  • Advertisement
  • 3. Ser empático com os seus sentimentos

  • E se eles falharam no teste de matemática? Mostre empatia com um comentário do tipo: "É chato quando a gente falha na prova. Eu sei. Eu já falhei também.” Isso é ser honesto. Eles vão adorar que você entenda. Então, você pode dizer: "O que você acha que pode fazer da próxima vez?" Assegure-lhes que você confia que eles encontrarão uma solução.

  • 4. Faça planos para estar com eles

  • E mantenha esses planos. Comunique essa intenção à mãe deles, mostrando cortesia a ela, ainda que ela seja pouco respeitosa com você. Sendo cortês mesmo assim, é provável que ela faça o mesmo por você eventualmente. Certifique-se de comunicar claramente os planos que você tem para os seus filhos.

  • 5. Esteja com eles o máximo que puder

  • Ou pelo menos tão frequentemente quanto os direitos de visita o permitir. Eles precisam saber que podem contar que você estará disponível para eles. Essas visitas serão mais significativas do que você possa imaginar. Não os decepcione. Se você já manteve contato através de chamadas e mensagens de textos, eles estarão mais propensos a estar com você. Seu relacionamento já estará estabelecido.

  • 6. Tenha calma

  • Às vezes, a voz de um pai pode elevar-se rapidamente sem que ele perceba. A criança vai perceber e pensar que você está gritando com ela. Esteja atento e não grite. Isso colocará uma barreira entre você e seu filho. Ninguém quer estar com um pai ou mãe que grita. Seja gentil e respeitoso, mesmo quando você precisa ser firme. Eles vão apreciar isso.

  • 7. Enviar presentes nos aniversários e Natal

  • Datas devem ser lembradas, mesmo que seja apenas um cartão com algum dinheiro, isso demonstra que você está pensando neles. Um presente é apenas outra maneira de dizer "eu te amo".

  • 8. Sempre mostre respeito para com a mãe deles

  • Isso será significativamente importante no respeito que eles vão sentir por você. Você pode mostrar respeito não passando por cima das decisões dela e não sendo frio. Seja gentil, ainda que precise ser firme no trato com ela.

  • Quando a mãe de seus filhos dificulta o seu contato com eles, não desista. Você não precisa agir como um vira-lata chorando na porta com o rabo entre as pernas. Quando se trata de seus filhos, levante-se, seja respeitoso, porém determinado. Encontre uma maneira de eles saberem o quanto são importantes para você. Quando souberem, eles vão gradualmente aproximar-se de você, mesmo que demore alguns anos para que aconteça. Vai valer a pena.

  • Advertisement
  • Traduzido e adaptado por Stael Metzger do original How divorced dads can stay close to their kids.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Gary Lundberg is a licensed marriage and family therapist, Joy is a writer and lyricist. Together they present seminars and author books on relationships. Their website is garyjoylundberg.com, email

Website: http://garyjoylundberg.com

Pais e mães divorciados: Você nunca se divorcia dos filhos

Os pais divorciados podem sentir dificuldades para estar próximos a seus filhos. Algumas ideias que podem ajudar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr