Não deixe que a depressão controle sua vida

A depressão pode ser uma doença terrível, mas você pode aprender a controlá-la. Veja como.

1,844 views   |   5 shares
  • "A depressão pode ser pior que um câncer terminal, porque a maioria dos pacientes com câncer se sente amada e têm esperança e autoestima.” David D. Burns

  • A depressão é um mal que afeta um entre dez adultos e pode levar à morte. Por mascarar dezenas de diferentes males, incluindo dores nas costas, problemas estomacais, ansiedade e fadiga, a depressão frequentemente passa despercebida sem ser diagnosticada ou é considerada um simples caso de melancolia.

  • Pesquisas mostram que, no entanto, a depressão é uma doença real que pode surgir de certos problemas neurológicos cerebrais. A depressão pode ser uma doença terrível. Pode destruir casamentos, carreiras e até mesmo levar uma pessoa ao suicídio.

  • Segundo o Dr. Philip Muskin, “não há nenhuma razão para que o cérebro de uma pessoa a mantenha prisioneira”. Infelizmente, o estigma ligado a doenças psiquiátricas impede que algumas pessoas procurem ajuda. Quando a pessoa deprimida vence esse estigma e aceita receber tratamento, ela tem 85 por cento de chance de melhora. Siga as sugestões a seguir para evitar que a depressão controle sua vida:

  • 1. Não ignore os sintomas autênticos

  • Sentir-se triste, melancólico ou “no fundo do poço” por duas semanas ou mais e não encontrar mais prazer nas atividades que apreciava pode ser um sinal de que você está sofrendo de depressão. Outros sintomas que devem ser observados são perda ou ganho de peso de três a dez quilos, apatia física e mental, baixa concentração, sentir-se inútil e ter pensamentos suicidas. Se você tem alguns desses sintomas, precisa falar com alguém. Caso tenha pensamentos suicidas, deve procurar um médico imediatamente.

  • 2. Não confunda tristeza ou decepção corriqueira com depressão

  • Todos temos períodos de tristeza, decepção ou pessimismo de tempos em tempos. Isso faz parte da vida normal. Se você passou por uma experiência desafiadora, como a morte de um ente querido, a perda do emprego ou outra experiência traumática semelhante, o tempo geralmente é a melhor cura. Permita-se sentir a tristeza ou a decepção que acompanha essas situações e não se preocupe se levar tempo até cicatrizar.

  • 3. Não tente lidar com isso sozinho

  • Converse com um amigo ou um membro da família em quem confia sobre como você se sente. É útil ter alguém que saiba o que você está passando, com quem possa conversar de tempos em tempos. Também é importante ter alguém que observe se seu comportamento está fora do normal ou exagerado e sugira cuidados médicos, se necessário. Se o modo como se sente interfere em sua vida normal, você deve procurar um terapeuta, psiquiatra ou especialista. Esses profissionais podem lhe oferecer as ferramentas que o ajudarão a lidar com a depressão ou podem receitar medicamentos adequados.

  • Advertisement
  • 4. Não se culpe ou se sinta envergonhado

  • Embora o estigma relacionado a problemas psiquiátricos tenha diminuído bastante nos últimos anos, as pessoas que sofrem desse mal podem, ainda assim, se sentir culpadas de alguma forma. Procure se lembrar de que o modo como se sente não é sua culpa e que é possível ser ajudado.

  • Apesar de muitos de nós ter de confrontar nossa própria depressão ou a depressão de alguém que amamos, não precisamos deixar que a doença controle nossa vida. Ao reconhecermos os sintomas e buscarmos ajuda, podemos lidar com a depressão e mantê-la sob controle.

  • Traduzido e adaptado por Wagner Vitor do original Depression doesn't have to take over your life, de Lynn Scoresby.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Dr. A é um terapeuta familiar há mais de 35 anos e já publicou mais de 20 livros/programas de treinamento.

Website: http://www.FirstAnswers.com

Não deixe que a depressão controle sua vida

A depressão pode ser uma doença terrível, mas você pode aprender a controlá-la. Veja como.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr