Você é uma mãe "Lispector" ou "Pessoa"? Ensinando seus filhos a amar a leitura e escrita

Dicas sobre como estimular seus filhos a gostar de ler e aprenderem a escrever bem desde tenra idade.

1,182 views   |   1 shares
  • Quase todo mundo já leu alguma obra de Shakespeare. É um nome bem familiar conhecido por seus belos contos e monólogos fantasiosos. Mas, mesmo Shakespeare teve que começar por algum lugar. Aqui algumas sugestões de como as mães podem hoje ajudar a nutrir o hábito da leitura em suas crianças e inspirar os jovens Shakespeares de amanhã.

  • 1. Ler, ler, ler!

  • Shakespeare tornou-se o grande escritor que conhecemos hoje porque primeiro ele foi um leitor voraz. Se você quer instilar o amor à escrita em seus filhos, comece lendo para eles todos os dias desde o seu nascimento. À medida que crescem, deixe-os segurar o livro enquanto você lê para eles, ou deixe que olhem as gravuras e palavras nas páginas. Você se surpreenderá com a rapidez com que eles aprenderão a ler se você fizer da leitura uma prioridade em seu lar. Enquanto crescem, agende para eles um tempinho para uma leitura independente a cada dia. Uma hora ou trinta minutos antes de irem dormir funciona bem. Se tiverem tempo leiam alguma coisa juntos como família. Converse com seus filhos sobre o que você está lendo e deixe-os ver você com os livros. Fazendo da leitura prioridade, você verá que seus filhos farão o mesmo.

  • 2. ABC

  • Quando seus filhos tiverem idade para falar, comece a ensinar-lhes o alfabeto. Cartões coloridos são divertidos e uma maneira fácil de ensinar o alfabeto aos pequenos. Ensine o nome das letras e em seguida os sons. Quando seu filho tiver idade suficiente para segurar um lápis (por volta dos três anos), ajude-o a traçar letras. Esses exercícios ajudarão seu filho a desenvolver amor pela aprendizagem e desafiarão suas habilidades. As crianças também podem começar a desenvolver a leitura de sílabas nessa idade.

  • 3. Cópia e interpretação

  • Quando seu filho estiver com quatro ou cinco anos, dê-lhe frases para copiar e peça-lhe para fazer um desenho sobre aquilo que ele está escrevendo. Isso não apenas o ajudará a entender o sentido completo da sentença, como permitirá que ele comece a utilizar sua imaginação para interpretar aquilo que lê.

  • 4. Estrutura das frases e palavras descritivas

  • Quando estiverem por volta dos seis ou sete anos, comece a dar-lhes frases com um começo, mas sem um fim. Explique-lhe as partes que compõem um período e como usamos as palavras para descrever o objeto ou pessoas sobre os quais estamos escrevendo. Por exemplo, você pode sugerir a frase: "Eu quero um..." e explique-lhe que pode completar a frase dizendo: "Eu quero uma bola", mas que com essa frase ele poderia ganhar uma bola de basquete, que talvez não fosse o que ele queria, então para chegar onde quer exatamente ele poderia usar palavras descritivas como: "Eu quero uma bola roxa com margaridas” o que seria uma descrição precisa daquilo que a criança quer. Se você ensina a importância das palavras descritivas, os textos dela virão a ser mais ricos de significado e próximos a um de Shakespeare.

  • Advertisement
  • 5. Diálogo

  • Diálogo é importante em quase todas as histórias e uma habilidade importante para o futuro Shakespeare desenvolver. Uma maneira divertida de ensinar às suas crianças usar o diálogo é usando jogos do tipo balões de conversação. Nessa brincadeira escolhe-se uma figura e ganha o jogo quem preencher os balões de fala (a partir de alguns cartões com diálogos prontos) em branco com a mais divertida conversação que as personagens poderiam ter. Você pode tornar o jogo ainda mais desafiador incentivando-os a criar diálogos eles mesmo ao invés de usar cartões com diálogos prontos. Isso permite a criança realmente entrar na mente da personagem que ele vê na figura e consequentemente na mente de seus próprios personagens.

  • 6. Partes de uma história

  • A última técnica a ser ensinada a seu futuro Shakespeare é como desenvolver uma história. Mantenha-se na simplicidade explicando que uma história deve ter três partes, um personagem (ou personagens), um cenário e uma trama. A trama deve incluir um problema e uma solução (resolução do conflito). O problema é geralmente resolvido ao final da história e é chamado de clímax.

  • 7. Desenvolver a imaginação

  • Depois que seu filho já aprendeu como escrever uma história, o que você deve fazer é encorajá-lo a buscar ideias e colocá-las no papel. Torne-se sua musa e perceba o que o inspira. Existem jogos que ajudam a criar histórias, você pode buscar por eles na internet ou livrarias especializadas. Existem alguns que utilizam cubos e cartões com imagens que incentivam a criança a criar histórias a partir deles. Podem ser usados em qualquer idade e permite a criança desenvolver a imaginação. Não espere até que cresçam para utilizar esse recurso, use a partir dos quatro anos e quanta alegria você encontrará quando seus filhos começarem a dar vida à imaginação deles através da escrita.

  • Se sentir que é muito trabalho e que vai sobrecarregá-la já que você tem tantas outras demandas, não se preocupe. Comece lendo com seu filho todos os dias, independente da idade, e ele estará mais próximo de se tornar o Shakespeare de amanhã.

  • Traduzido e adaptado por Stael Metzgerdo original Shakespeare's mom - Teaching your child to write.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Tiffany Fletcher, autora de "Mother Had a Secret: Learning to Love my Mother and her Multiple Personalities" (Mamãe tinha um segredo: Aprendendo a amar minha mãe e suas personalidades múltiplas)

Website: http://motherhadasecret.blogspot.com

Você é uma mãe "Lispector" ou "Pessoa"? Ensinando seus filhos a amar a leitura e escrita

Dicas sobre como estimular seus filhos a gostar de ler e aprenderem a escrever bem desde tenra idade.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr