Como ajudar seus filhos a atravessarem o divórcio

Cada criança reage de maneira diferente ao divórcio de seus pais. Compreender a necessidade de cada uma delas é a melhor maneira de ajudá-las no processo.

687 views   |   10 shares
  • As estatísticas mostram que quase metade dos casais nos Estados Unidos vai se divorciar. Muitas dessas famílias têm filhos que sofrerão o impacto das escolhas feitas por seus pais.

  • Quando você está enfrentando o divórcio em sua família há três importantes itens a considerar para que seus filhos naveguem em segurança por esse caminho rumo a uma nova definição de família.

  • Os pais devem ter um plano definido

  • Antes de discutir o divórcio com seus filhos, defina um plano entre vocês. Não envolvam as crianças nas discussões adultas. Antes de comunicar a decisão a seus filhos, conversem um com o outro e talvez seja interessante trazer um mediador para a conversa. Procurem saber de antemão, como isso vai afetar os seus filhos.

  • Por exemplo, há que considerar:

    • Moradia.

    • Custódia das crianças.

    • Visitas.

  • Conhecer os detalhes desses três importantes itens quando se trata de seus filhos vai ajudar a aliviar muitas das suas preocupações. Toda criança que enfrenta a possibilidade de divórcio quer saber onde todo mundo vai dormir. Se um dos pais está saindo, quando eles vão voltar a vê-lo? Eles vão querer saber como isso vai impactar a sua rotina do dia a dia.

  • Providencie tempo e lugar tranquilo para as perguntas

  • Permita que as crianças discutam suas preocupações e medos. Quando você permite que elas tenham esse espaço seguro e um canal aberto para tratar de suas preocupações individuais, perguntas e medos elas poderão processar as informações à sua própria maneira e de acordo com sua capacidade.

    • Permita-lhes perguntar.

    • Tranquilize-as através de suas respostas, que elas não fizeram nada de errado. Que o divórcio não é culpa delas.

    • Enfatize que infelizmente não pode ser diferente agora.

    • Esteja certo de que elas entendem que ambos os pais as ama e que isso nunca vai mudar.

  • Considere cada criança individualmente

  • Cada criança é diferente e sentirá o divórcio de maneira diferente. Considere suas necessidades, idade e personalidade ao lidar com os assuntos relativos ao divórcio. Não há uma maneira padronizada de ensinar os seus filhos sobre tais mudanças e como elas o afetarão.

  • As crianças mais velhas compreendem melhor as conversas e explicações detalhadas. A criança mais nova simplesmente precisa ser lembrada todos os dias que é amada e que não está sendo abandonada por um de seus pais.

  • Advertisement
  • Muitas crianças vão enfrentar o medo não só do divórcio, mas do desconhecido. É importante ajudá-los a entender, passo a passo, como os acontecimentos irão afetá-los. Isso não significa que eles precisam de todos os detalhes jurídicos e o passo a passo do divórcio. Mas eles precisam saber que esta novidade será normal amanhã e no dia seguinte e nos dias que virão.

  • As crianças nunca devem ser envolvidas em discussões ou disputas. Vocês devem trabalhar juntos ou com um conselheiro ou moderador para assegurar que você tem um plano facilmente detalhado para seus filhos. Se você tomar um tempo para planejar a conversa e estiver pronto para responder quaisquer perguntas tão honestamente quanto possível, é mais provável que você ajude seus filhos a atravessar essa transição para uma vida normal após o divórcio.

  • Traduzido e adaptado por Stael Metzger do original How to help your child through your divorce, de Lynn Scoresby.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Dr. A é um terapeuta familiar há mais de 35 anos e já publicou mais de 20 livros/programas de treinamento.

Website: http://www.FirstAnswers.com

Como ajudar seus filhos a atravessarem o divórcio

Cada criança reage de maneira diferente ao divórcio de seus pais. Compreender a necessidade de cada uma delas é a melhor maneira de ajudá-las no processo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr