Harmonia no casamento: Dicas para acalmar uma discussão

Interferir numa discussão não é tarefa fácil, afinal é preciso manter e expandir a calma num ambiente em torvelino; pensar em algumas dicas pode ajudar muito.

1,298 views   |   1 shares
  • Acalmar os ânimos diante de uma discussão pode ser tarefa bem complicada, porque, no ápice da briga, as pessoas se tornam muito rígidas em seus posicionamentos e justificativas e não aceitam ceder em suas decisões. A emoção negativa tem por efeito bloquear o raciocínio lógico, fazendo com que a pessoa fale e aja sem pensar.

  • Para intervir e oferecer ajuda é preciso muito cuidado, afinal, é uma situação delicada, mas também não se pode deixar que a discussão tome direção mais violenta. Algumas sugestões podem ser bem práticas:

  • 1- Seja imparcial

  • Se você pender para dar razão a alguém corre o risco de acirrar mais a discussão e ainda tornar-se parte dela. Busque o máximo de imparcialidade e nunca diga quem está certo ou errado, afinal, dar a sua opinião não é o objetivo do momento. Considere que numa discussão ninguém está totalmente certo ou errado e se mantenha o máximo possível neutro.

  • 2- Ouça os envolvidos

  • Para entender as pessoas e tentar encontrar uma solução, você terá que ouvir o que cada um tem a dizer. Uma maneira interessante é pedir que falem de maneira alternada de forma que um não interrompa o outro. Assim todos se sentirão ouvidos e terão oportunidade para se acalmar e pensar melhor na questão.

  • 3- Não busque razões

  • Não busque respostas para atitudes; não procure razões para o que aconteceu; preocupe-se apenas em oferecer possibilidades de entendimento. Releve informações que você julga serem prejudiciais e não se envolva tão pessoalmente no conflito. Não deixe a discussão se voltar para você, caso as pessoas não queiram sua ajuda, não insista e deixe que elas, então, se entendam.

  • 4- Dê oportunidade para que decidam por si

  • Um grande engano é querer solucionar questões alheias, fuja da tentação de resolver o problema, afinal isso não compete a você, e sim aos que estão diretamente ligados a ele. O seu papel é facilitar a situação acalmando os nervos e promovendo o diálogo. É preciso tomar muito cuidado com conselhos, lembre-se que nem sempre o que é bom na sua ótica será visto da mesma forma por outras pessoas.

  • 5- Busque a conciliação

  • Não tenha receio de tentar acabar com uma briga, na maioria das vezes uma pequena interferência racional faz com que as pessoas busquem maior discernimento. Uma postura conciliadora é sempre uma forma de ajudar as pessoas a deixarem a inflexibilidade e buscarem seus reais interesses. Conciliar é trabalhar para a efetivação do entendimento e engrandecimento das relações; sempre vale a pena!

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Harmonia no casamento: Dicas para acalmar uma discussão

Interferir numa discussão não é tarefa fácil, afinal é preciso manter e expandir a calma num ambiente em torvelino; pensar em algumas dicas pode ajudar muito.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr