Dicas de como sair de um relacionamento abusivo

Como sair de um relacionamento abusivo com provável violência contra a mulher usando a Lei Maria da Penha.

10,360 views   |   9 shares
  • Encontrar um amor é o sonho de toda mulher e viver feliz é o que se espera de uma relação. Toda mulher cresceu vendo e tendo em mente a frase de todos os contos de fadas: “E viveram felizes para sempre!” Elas sonham com seu príncipe e seu castelo, que o príncipe mova montanhas por sua causa, no entanto, há muitos príncipes que se tornam verdadeiros sapos, feios e asquerosos.

  • Alguns homens menosprezam sua raça, tornando-se verdadeiros animais no trato de suas mulheres, com humilhações de toda espécie, com palavras chulas e preconceituosas, com submissão de todas as formas, com humilhação emocional e física. Infelizmente é real a violência contra as mulheres, e é preciso muita coragem para dar um basta nisso.

  • Perceba

  • Muitas vezes, estamos tão apaixonadas que não percebemos o quanto estamos sofrendo nas mãos da pessoa, estamos tão iludidas que, por vezes, nos submetemos a essa situação, por isso é muito importante reconhecer a violência contra a mulher. No meu ponto de vista, penso sempre como uma filha de Deus e faço esta pergunta a mim mesma: É isso que uma filha de Deus merece?

  • Um olhar lá fora

  • É preciso olhar para fora da relação e ver o quanto podemos e devemos ser felizes, afinal estamos nesta terra para sermos felizes. Precisa ser dado um basta em toda situação que nos traz sentimentos diferentes da felicidade para percebermos que há vida lá fora, luz e amor.

  • A maioria das agressões começa verbalmente com a desvalorização da mulher, para que ela não perceba o quão bela é à vista de Deus, para que se esqueça de seu valor, para que não mais enxergue seu potencial e beleza.

  • Olhar para dentro de si

  • Como mulher, é necessário olhar para dentro de si e buscar o seu valor, seu potencial, sua beleza e grandeza, aumentar a autoestima através da oração e da fé. Uma dica simples e que faz toda a diferença é dar uma mudança no visual, sentindo-se mais bela e com amor-próprio.

  • Ajuda

  • Converse com uma pessoa da sua confiança, pode ser sua mãe, um familiar ou uma amiga querida, alguém que você tem a certeza de que irá ajudar, ao menos para partilhar a dor.

  • Termine

  • Isso é muito particular, mas acredito que uma pessoa que é abusiva ao ponto de menosprezar sua grandeza, de humilhar e até mesmo agredir não é digna de confiança, muito menos de que se aceite viver na mesma situação, por isso desconfie dos pedidos de desculpas ou do choro de arrependimento, a tendência é que a situação só piore.

  • Advertisement
  • Cuidado ao terminar

  • Muitos homens violentos não lidam bem com a ruptura e podem se tornar muito agressivos, por isso busque ajuda através da Lei Maria da Penha, sancionada em 2006 sob à Lei 11.340, criada para salvaguardar a integridade física, psicológica, sexual, patrimonial e moral da mulher que sofre violência doméstica. Procure ajuda nos Juizados Especializados de Violência Doméstica contra a Mulher ou no disque-denúncia, números 100, 180 e 190.

  • Alguns cuidados

  • Reconheça as atitudes abusivas.

  • Procure o amor-próprio e valorize-se.

  • Busque a orientação divina através da oração.

  • Busque ajuda de familiares e amigos próximos confiáveis.

  • Procure terminar sem brigas, mas, caso seja necessário, busque ajuda da justiça.

  • Toda mulher tem o direito de ser feliz, embora por um período tenha sofrido. Não pode uma pessoa que um dia foi seu amor estragar seu futuro e sonho. Com fé, ainda há tempo de um feliz para sempre.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Gosto da boa literatura, dos mais diversos assuntos principalmente quando são relacionados à família e seu desenvolvimento. Sempre procuro ler e escrever, amo estar com minha família e dedicar tempo ao meu marido e a cada um de meus filhos.

Dicas de como sair de um relacionamento abusivo

Como sair de um relacionamento abusivo com provável violência contra a mulher usando a Lei Maria da Penha.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr