O papel da castidade na felicidade conjugal

Como ser mais casto em meio a tempestades de insinuações no mundo? Como fortalecer o casamento através da castidade ao cônjuge.

5,956 views   |   14 shares
  • Quando casamos, casamos porque amamos e desejamos passar o resto dessa vida mortal com o outro e desejamos sinceramente que esse amor perdure para todo sempre. O casamento exige entrega total, não parcial...

  • Para iniciar o tema, castidade significa ser puro, qualidade de se abster de experiências sexuais; significa estar ao lado do Senhor, ter virtude e valor.

  • Dentro de um casamento e até mesmo nos tempos de solteiro a castidade é um TESOURO precioso, que nos dá o maior presente existente que é a presença e companhia do Espírito de Deus.

  • Um plano de felicidade..

  • "A obediência à lei da castidade aumentará nossa felicidade na mortalidade e possibilitará nosso progresso na eternidade". (David A. Bednar). Talvez você nunca tenha parado para pensar, mas a castidade traz sim muita felicidade, além de dar proteção física e espiritual, ela nos faz perceber como é importante cuidarmos de nós e nos amar, não nos entregar a qualquer pessoa, a manter nossa sanidade mental e emocional, a ter virtude e bons pensamentos.

  • A importância da castidade no casamento

  • A castidade dentro do casamento é tão importante como o ar que respiramos, essa união única deve ser priorizada em todos os momentos. É fácil para muitos perceberem a beleza física no início do relacionamento, mas quando a idade chega, o corpo muda drasticamente. Com a velhice, muitos passam a perder o interesse no cônjuge; a castidade tem essa virtude de manter a beleza acesa do casamento, mesmo com o peso dos anos e as rugas aparentes. Ela nos faz perceber que o que conta de verdade é o amor que possuímos por dentro e que o externo é questão apenas de visão.

  • Castidade dentro do casamento não significa se abster de sexo estando casado, mas tê-lo única e exclusivamente com seu cônjuge, suportando doenças, acidentes, problemas e fortalecendo assim o amor e a lealdade entre o casal, que é o que faz um casamento de sucesso.

  • Valorizar o presente que possuímos dentro dos laços

  • Como ser mais casto?

  • Pense apenas no seu cônjuge.

  • Planeje encontros apenas com o seu cônjuge.

  • Ligue ou mande mensagens amorosas apenas para o seu cônjuge.

  • Seja atencioso e amoroso.

  • Trate-o como único.

  • Não flerte jamais com outras pessoas, nem se for em tom de brincadeira.

  • Seja honesto em suas funções e deveres. Respeite o outro em sua ausência.

  • Se abstenha da cobiça.

  • Não crie ideias românticas ou fantasias com uma outra pessoa.

  • Advertisement
  • Não ceda a insinuações amorosas ou sensuais.

  • Não busque ou tenha amizades virtuais que possam lhe levar por caminhos perigosos. Pense com carinho em sua família.

  • Coloque o bem-estar de sua família acima de todas as outras coisas.

  • Ponha-se no lugar do outro, como gostaria de ser amado, respeitado e como deseja receber atenção do cônjuge, faça o mesmo que gostaria para si.

  • Importe-se com as reais necessidades do cônjuge.

  • Se esforce por chegar cedo em casa.

  • Corte amizades e vícios que lhe fazem pensar de forma negativa e egoísta sobre sua família.

  • Mantenha sua privacidade no trabalho.

  • Não divida problemas pessoais com membros do sexo oposto, principalmente se tratar do companheiro.

  • Não busque consolo emocional, devido a carência, em outra pessoa.

  • Não assista, ouça ou fale coisas que lhe afastam do que é bom e virtuoso.

  • Não aceite convites traiçoeiros ou só com intenção de passar um tempo juntos para relaxar. (você relaxa em casa, do lado de sua mulher ou marido!).

  • Jamais se aventure em outra relação

  • , achando que o que a outra pessoa tem para dar é superior ao que você tem em casa. Lembre-se quem esteve disposto a casar com você e o esforço que tem para lhe dar o melhor, ainda que para você seja insuficiente; veja que se existe uma terceira pessoa ela é tão egoísta que não lhe respeita como uma pessoa casada e com filhos.

  • A segurança do lar

  • Quando existe um casamento casto, o casal tem o privilégio de trazer ao mundo os filhos do Pai Celestial e proporcionar desenvolvimento e amadurecimento para eles, que obtém um corpo para terem suas experiências na mortalidade. Quando essas crianças vêm através de lares equilibrados e seguros, com padrões morais e sadios, tendem a se desenvolver com postura, responsabilidade e consciência, menos filhos são induzidos a drogas, a terem contato com a prostituição ou a perda da infância, menos adolescentes serão pais antes da hora e menos tristeza dentro da esfera familiar decorrerá de uma escolha errada pela falta de castidade.

  • Por causa de tantos pontos citados, é que um casamento casto e puro é tão necessário dentro de nossa sociedade, pois o Senhor disse a respeito do casamento: "_Nem o homem é sem a mulher, nem a mulher sem o homem, no Senhor_” (I Coríntios 11:11).

  • Por que manter a castidade antes e depois do casamento?

  • Posso citar uma série de motivos motivadores:

  • Traz confiança.

  • Advertisement
  • Felicidade.

  • Segurança.

  • Aumenta o amor.

  • Cumplicidade.

  • Companheirismo.

  • Amizade.

  • Mais sorrisos e menos lágrimas.

  • Aumenta a intimidade do casal.

  • Fortalece a união.

  • Se torna mais sensível ao outro e aos mandamentos de Deus.

  • Renova as forças diárias.

  • Solidifica cada vez mais a relação dentro dos princípios sagrados e eternos.

  • Traz bênçãos físicas e espirituais.

  • A linda e pura natureza da fidelidade

  • A castidade requer fidelidade plena ao cônjuge, seja ela de desejos, pensamentos, atitudes ou intenções; essa fidelidade acompanha o indivíduo por onde quer que vá, este não se coloca abaixo do tesouro eterno e não tem medo de lutar todos os dias por essa fidelidade, porque sabe que além de agradar ao cônjuge, também agrada a Deus.

  • Quem domina?

  • Um fator interessante na castidade é que nela o espírito domina a carne e não o contrário, se a carne tende a ser "fraca" o espírito imediatamente repudia o pensamento nocivo e se liberta da tentação, nem que seja preciso correr como José do Egito, que fugiu da mulher de Potifar, pois prefere morrer ou ser preso a ceder às insinuações impertinentes da mulher perigosa e machucar seu chefe e magoar a Deus.

  • O desejo do adversário

  • O desejo do adversário é confundir nossa mente e se infiltrar camufladamente, colocando ou sugerindo situações perigosas, que só trarão desespero, dor, cegueira e a destruição de sua família. Pense nisso quando sua mente lhe levar por caminhos escuros e tortuosos, ainda que inicialmente pareça belo e saboroso, existe podridão no meio, mas com uma oração verdadeira, a paz é restaurada e o perigo se afasta.

  • A obediência aos mandamentos

  • Morôni, um homem muito inteligente e fervoroso nas coisas do Senhor, disse certa vez "que a castidade é o que há de mais caro e precioso do que tudo."Não pode haver nada no mundo que a compre!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.

Website: http://fernandaferrazmeuspassospelocaminho.blogspot.com.br

O papel da castidade na felicidade conjugal

Como ser mais casto em meio a tempestades de insinuações no mundo? Como fortalecer o casamento através da castidade ao cônjuge.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr