Um tempo que não volta: Ensinando os filhos enquanto pequenos sem distrações tecnológicas

A importância de desconectar-se do ambiente virtual para viver experiências reais com seus filhos pequenos.

1,948 views   |   4 shares
  • Recentemente, uma amiga me contou uma experiência que teve quando decidiu desligar todos os aparelhos eletrônicos e dedicar uma hora para brincar com a filha.

  • Ela relatou que, ao brincar com a filhinha de 1 ano e meio, em um determinado momento a massinha de modelar dela caiu no chão. Então, ela se abaixou, pegou a massinha e colocou novamente na mãozinha da filha, que olhou pra ela e disse “Obigada”.

  • Logo depois foi a massinha da mãe que caiu no chão. A filhinha tentou se abaixar para pegar, mas a cadeira era alta e ela não conseguiu. Nesse momento, ela olhou para a mãe, fez carinho em seu rosto e deu a massinha dela para mãe.

  • Em apenas uma hora essa criança, de apenas 1 ano e meio, pôde vivenciar as virtudes divinas da gratidão e da caridade!

  • Ao ponderar sobre essa experiência, veio-me à mente as palavras de Rosemary M. Wixom, quando disse que "a maneira como falamos a nossos filhos e as palavras que usamos podem incentivá-los, inspirá-los e fortalecê-los em sua fé para permanecerem no caminho de volta à presença do Pai Celestial."

  • Que missão sagrada e que responsabilidade imensa!

  • Nessa época de constante evolução tecnológica, muitas vezes deixamos que as distrações virtuais (joguinhos eletrônicos, redes sociais, programas de TV, etc) nos impeçam de ter experiências reais com nossos filhos.

  • Infelizmente, acabamos perdendo muitas oportunidades significativas de ensino e demonstração de amor, como aquela que minha amiga teve com sua filhinha, por não conseguirmos nos desconectar do virtual para dedicar nossa plena atenção a nossos filhos.

  • Estar plenamente atento vai além de simplesmente ouvir. Significa estar inteiramente no momento presente, ouvindo, olhando nos olhos, interagindo.

  • Para ajudá-lo nesse desafio de não permitir que a tecnologia nos desconecte de nossos filhos, considere as seguintes sugestões:

    1. Reserve 1 hora do dia para desconectar-se de qualquer dispositivo tecnológico. Tudo mesmo! Desligue o computador, TV, aparelho de som e até o celular.

    2. Desligue o celular! Se você realmente precisar, deixe-o no modo silencioso e, de preferência, em outro cômodo da casa. A menos que você seja médico e vidas dependam disso, permita-se não ser incomodado nessa horinha especial.

    3. Faça uma atividade que seu filho goste. Se tiver mais de um filho, vocês poderão montar uma escala na qual cada dia da semana é a vez de um escolher qual atividade será realizada. Este outro artigo traz várias brincadeiras divertidas que poderão ser utilizadas por vocês!

    4. Aproveite este momento para incentivar, elogiar, encorajar!

    5. Permita que seu filho tente, vença limites, sonhe e, principalmente, tenha prazer naquelas coisinhas que só as crianças acham graça.

    6. Lembre-se que se algo derramar, rasgar ou manchar, sempre é possível consertar e limpar.

    7. Por fim, como disse certa vez Joseph B. Wirthlin “aconteça o que acontecer, desfrute!”. Esse tem sido meu lema desde então.

  • Advertisement
  • Ao seguir esses 7 passos, no início sua casa poderá parecer silenciosa demais e você poderá até sentir-se meio perdido.

  • Aos poucos, o silêncio será quebrado por conversas animadas e as risadas das crianças.

  • Faça a experiência e viva momentos inesquecíveis com seus filhos!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Marilia Condé Aguilar é advogada, escritora, esposa e mãe. Adora pesquisar e está sempre em busca de soluções práticas para ajudá-la a equilibrar suas responsabilidades familiares e profissionais.

Website: http://lar-umpedacinhodoceu.blogspot.com.br/

Um tempo que não volta: Ensinando os filhos enquanto pequenos sem distrações tecnológicas

A importância de desconectar-se do ambiente virtual para viver experiências reais com seus filhos pequenos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr